sábado, 6 de julho de 2019

Tinha tudo para correr mal (43º Capítulo)

Devo confessar que estava com algum receio que o post da semana passada se tornasse aborrecido e quebra-se o ritmo da história, mas para minha surpresa parece que as pessoas gostaram e tive um feedback muito positivo. 
Entretanto voltamos à normalidade, ou melhor, à normalidade deste peculiar grupo de amigos.
"Não sei como é que isto aconteceu... Acreditem que não sei mesmo como é que chegamos a este ponto, nem é normal que as fluam assim tão rápido...
Quer dizer, ninguém se sente à vontade na presença de estranhos, mas este estranho é diferente não é? Vamos lá ver uma coisa e sejamos honestos, é difícil dispensar a presença de um moreno de olhos cinzentos e cabelo preto, com cerca de 1.85, com maxilar definido e com um corpo tão jeitoso que nem dá para explicar sem me babar.
Não sei no que é que estão a pensar, mas eu estou apenas a falar do Dinis, o vizinho jeitoso e divorciado da Ana e do Ivo. Não sei como, mas ele veio tomar café connosco.
 - Vocês gostam da Agente? - Pergunta o Dinis pegando na mochila.
Ficamos todos a olhar para ele, apesar de ter muitos leitores masculinos a maioria dos homens não gosta de assumir que leem a Agente ou a Inspectora.
- Calma, não pensem já mal de mim. - Brinca ele.
Acreditem ou não este Deus grego tem uma falha nos dentes mas pessoalmente acho que esse erro de fabrico só o torna mais mortal e menos Deus.
- Mas... - Começa ele, e todos olham novamente para ele, espantados. - Eu gosto de ler, vá confessem, já todos aqui leram a Agente! - Todos abanamos a cabeça. O Ivo e Rodrigo abanam a cabeça como se fossem duas crianças apanhadas a fazer asneiras e isso dá-me vontade de rir. 
Para grande surpresa, o Dinis abre a mochila e tira de lá o exemplar da revista onde todas as semanas saem os textos da Agente.
- Como é que tens isto? A revista só sai amanhã! - Grito. Juro que a minha intenção não era gritar, mas fiquei eufórica com a possibilidade de ler, antes de toda a gente.
- Sou um dos fotógrafos desta revista, se pedirmos com jeitinho eles dão-nos um exemplar antes de a revista ir para as bancas... - Brinca ele estendendo-me a revista.
A Ana quase salta para cima da mesa para pegar na revista, estamos aqui todos a olhar para uma revista, mas deve ser o mesmo tipo de expressão que as pessoas fazem ao ver um OVNI, quer dizer nunca vi nenhum, mas suponho!
- Essa gaja até diz coisas acertadas, mas não entendo a euforia. - Diz a Eduarda enquanto fuma.
- Deves ser a única mulher que não delira com a Agente! - Diz Ana pedindo autorização ao Dinis para ler a revista.
- Vamos a ver a Eduarda não gosta da Agente porque em muitas coisas elas são muito parecidas! - Ataco enquanto dou uma gargalhada. Não vale a pena comprar já guerra.
- Claro, sou completamente parecida com uma gaja que nem tem nome próprio nem fotografia. Vamos a ver a Agente até pode ser um gajo muito feminino! - Responde ela, depois, vira-se para o meu irmão (como acontece sempre que faz este tipo de comentários) - Sem ofensa...
E depois a resposta da praxe:
- Não ofendeste. - Responde automaticamente o meu irmão.
- Mas é fácil tirar essa dúvida! - Exclama o Ivo, estava ver que ninguém tinha a brilhante ideia de ter ideias. - Se o Dinis trabalha na revista de certeza que já viu ou conhece alguém que tenha visto a Agente...
- Pois, isso é tudo muito bonito... - Começa o Dinis e todos lhe prestam a máxima atenção.
 Serei a única a achar que a Agente não se ida deixar apanhar assim tão facilmente? 
- Mas a verdade é que nunca ninguém viu a Agente. - Termina ele para desilusão de toda a mesa.
- É impossível, alguém deve ter contacto com ela, e obviamente que ele recebe um ordenado... Tem que existir algum registo... Alguma coisa... - Dizia o Rodrigo confuso.
- Segundo o que ouvi dizer a única pessoa que alguma vez viu a Agente foi o diretor, e foi só uma vez por questões contratuais, desde esse dia, ela recebe em total anonimato e envia os textos por uma conta de e-mail anónima... Acreditem é tudo muito misterioso! - Confessa o Dinis, dá para perceber que tal como nós ele morre de curiosidade de conhecer a verdadeira identidade da Agente.
- Isso parece um mito urbano! - Brinca o meu irmão.
- Mas tenho que concordar a gaja é inteligente! - Diz a Eduarda. - Fez um bom negócio e é isso que a está a tornar famosa.
- Bom negócio? - Pergunta o Dinis admirado. - Dizem que a Agente é provavelmente a pessoa mais bem paga a seguir ao diretor!
- Estás a brincar??? - Pergunta a Ana admirada.
- Isto cada vez mais tem contornos de mito urbano... - Concorda o Ivo.
- Eu pessoalmente acho que o mistério fica cada vez mais denso! - Concorda o Rodrigo.
- É realmente misterioso, ela surgiu do nada e agora é uma das personalidades mais faladas de  sempre... E ninguém sabe quem é e isso só lhe trás mais fama! Ela pode ser qualquer pessoa! - Diz o Dinis. - É simplesmente genial!
Tenho que concordar que foi uma aposta genial, e que a Agente veio alterar o jornalismo de opinião, mas nenhum disfarce é perfeito e mais dia, menos dia alguém vai descobrir algo... Se é que já não descobriram...
- Bem tenho que ir embora, amanha, tenho que acordar cedo... - Diz o Dinis levantando-se. - Fiquem com a revista e divirtam-se, eu já a li!
Ele sorri e afasta-se, deixando, 6 cabeças confusas a fitar a revista em cima da mesa.
- Gostava mesmo de saber quem é a Agente! - Diz o Artur que adora um bom mistério.
- Isto já não se trata de revistas cor-de-rosa nem de textos de opinião, trata-se de um mistério ao nível do melhor policial... - Concorda a Ana. - Não achas Edu?
- Acho que todos nós conhecemos a Agente! - Diz a Eduarda para espanto de todos.
Ela tem razão, mas nunca a Agente se iria render, nem se revelar sem dar luta.
- A Edu tem razão... - Diz o Ivo. - O Dinis é a Agente.
- O Dinis é gajo, não vai falar como uma gaja só para... - Dizia o Rodrigo.
- O Ivo pode ter razão! Se pensarmos bem, a Agente nunca falou nem no feminino nem no masculino, ela nunca disse "nós mulheres" ou "nós homens" ela é ambígua e diz "as mulheres" ou "os homens"... - Reparo eu que li todos os textos da Agente.
- As pessoas limitaram-se a acreditar que a Agente era uma mulher, porque escreve numa revista que é maioritariamente comprada por mulheres... - Acrescenta o meu irmão.
- O Dinis trabalha na mesma revista, não acredito que ninguém nunca tinha visto a Agente nem acredito nesse mito urbano que se criou à volta da Agente. - Explica o Ivo. - O Dinis tem o disfarce perfeito, trabalha na revista como fotografo e nos tempos livres é o Agente mais procurado de Portugal.
E pronto, foi assim que a dúvida ficou no ar!"

Espero que tenham gostado deste capitulo e que tal como as personagens já estejam a tentar descobrir quem é a ou o Agente.
 
1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo |   

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

15 comentários:

  1. Tenho sérias dúvidas que seja o Dinis a Agente!
    Gostei muito :)

    ResponderEliminar
  2. Nice!

    Carina | https://carinazz.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. O Agente mais procurado de Portugal? Imagino se souberem que é um Deus Grego :))
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Mais um que gostei de ler :))

    Hoje:-Nos trilhos do anoitecer...

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda-Feira.

    ResponderEliminar
  5. mas que duvida hein, ainda nao sei quem é o agente

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderEliminar
  6. Eu cá acho que não é o Dinis mas sim um dos outros personagens da história, mas...

    ResponderEliminar

loading...