sábado, 30 de março de 2019

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (29º Capítulo)

Reparei que algumas pessoas não gostaram muito desta mudança de narrador, contudo decidi tentar mais alguns capítulos até decidir se continuo ou não com o Rodrigo como narrador.
"Pode parecer que ando sempre metido em esquemas... Eu até podia negar, mas se o fizesses estava a ser mentiroso, e se existe coisa que eu não sou é mentiroso. 
Estou a mentir! Mas só minto por boas causas... Atualmente só tenho que lidar com a mentira que estou prestes a contar a toda a minha família...
- Explica-me lá outra vez porque é que estamos a fazer isto? - Pergunta a Eduarda com a sua cara sem expressão. 
- Porque o meu avô faz hoje 99 anos, provavelmente este será o seu último aniversário, quero que ele morra com uma boa ideia de mim... Quero que pense que eu encontrei uma boa mulher, que terei muitos filhos e serei aquilo com que ele sempre sonhou.
- Que bonito gesto! - Exclama ela com sarcasmo. Mas a verdade é que, se arranjou para vir comigo e não se recusou quando eu lhe pedi que durante esta tarde se fizesse passar por minha namorada.
- E como é que está o Duarte?
- Está bom, aliás deve estar semi nu deitado no meu sofá enquanto eu estou em fuga com um namorado falso que quer fazer feliz o avozinho! - Exclama novamente ela. - Porque é que a Joana não veio contigo?
- Primeiro porque o Ivo e a Ana vão estar na festa e tinha receio que eles percebessem alguma coisa, segundo, provavelmente ninguém se acreditaria que eu andava com um mulherão como ela.
- Tens noção que acabaste de me insultar, não tens?
- Desculpa! Não era isso que queria dizer!
- Eu sei. Mas se não vieste com a Joana porque raio vens com o carro dela?
- Para o meu avô acreditar que estou bem na vida. - Digo orgulhoso do meu plano enquanto estaciono o carro e corro para o lado do pendura para abrir a porta à Eduarda.
- Ora bem, a história é muito simples até porque eu não quero mentir muito!  
- Estás a fazer um ótimo trabalho não haja dúvida!
- Vá colabora comigo. - Peço, ela encolhe os ombros. - Eu sou um gestor de clientes.
- AH! Isso não é mentira, isso é o nome chique, que dão aos desgraçados que trabalham em telemarkting como tu!
- Vês! Eu disse que não ia mentir muito! - Acrescento orgulhoso de mim mesmo e da roupa que levei à lavandaria só para vir bem cheirosa e engomada. - Tasse bem, voltando, eu sou bem sucedido e ganho bem, digamos que sou um dos chefes da minha empresa, mas não entres em detalhes. 
- Mesmo que quisesse não conseguia!
- Ainda bem. - Tenho que me despachar, estamos quase a chegar à porta. - Tu és a minha nova namorada, temos uma relação séria e estável, estamos a pensar ir viver juntos em breve, e tu és... és... - Agora que penso nisso, eu não faço ideia qual é a profissão da Eduarda. - Vais ser médica!
Ela desata a rir no meio do jardim do meu avô.
- Qual é a piada?
- Queres mesmo que eu seja uma médica numa casa cheia de velhotes? Tens noção que a probabilidade de um deles se sentir mal é grande, e eu serei uma péssima médica se não souber ajudar! 
Ela tem razão, tem toda a razão! Como é que eu não pensei nisso antes?
- Bem vais ser arquiteta ou advogada qual preferes?
- Não posso ser uma czarina russa ou uma princesa das arábias?
- Uma casa quê?
- Czarina! - Explica ela, mas continuo sem perceber onde ela quer chegar. - Posso ser advogada, acho que percebo alguma coisa do assunto para me safar se me apertarem lá dentro.
Tasse bem, problema resolvido mesmo a tempo da porta abrir, e olhem só o meu querido primo Ivo todo bonito e bem vestido, ao lado da sua namorada perfeita. Como é que eles conseguem estar sempre impecáveis?
- Olha afinal sempre trouxes-te a tua namorada! - Brinca o Ivo abraçando a Eduarda que está a dar o seu melhor para não se começar a rir.
- Olha Rodrigo, afinal o teu primo que tem a mania que tem piada também veio! - Responde ela certeira como sempre.
Temos que nos controlar os quatro para não rir. Vou procurar o meu avô, ele está na sua cadeira de rodas no meio da sala. Depois de o saudar apresento-lhe a Eduarda.
- Avô, esta é a Eduarda, a minha namorada, estamos a pensar ir viver juntos em breve! - Estou orgulhoso do meu discurso, mas sei que muita coisa pode correr mal.
- Olá senhor! - Diz educadamente a Eduarda.
- Olá senhor! - Diz educadamente a Eduarda.
- Ela é bonita e tem as ancas largas, vai ser boa para ter filhos!
Sinto a Eduarda a ficar tensa, aposto que ela não gostou da piada machista. 
- Para já não estamos a pensar em filhos... - Estou desesperado, tenho que acalmar as coisas, antes que o meu avô diga mais alguma coisa que leve a Edu, a tirar-lhe a botija de ar e a sair disparada pela porta fora. 
- Rodrigo!!! Eduarda! - Grita o Ivo. - Venham ver as obras do jardim! 
Abençoado Ivo! 
Como devem imaginar não existem obras significativas no jardim que levassem a uma euforia tão grande, mas valeu a pena.
O dia passou a correr, e à noite quando me fui despedir do meu avô ele apenas me segredou ao ouvido "Sei que mentiste, mas obrigada pelo esforço."
- Como é que descobriste avô?
- Nunca na vida ias arranjar um mulherão daqueles!
- Pois não. Acredites ou não arranjei uma mulher melhor, e para o ano vais conhece-la!
Sai da festa com um sorriso. Será que para o ano ainda estarei com ela?"




Gostaram deste capítulo? Deixem o vosso feedback.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

20 comentários:

  1. Tens imenso jeito para escrever
    Beijinhos, https://damselme.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Os avós têm um sexto sentido apurado :D
    Gostei muito!

    ResponderEliminar
  3. Ai se também me dissessem uma piada dessas não sei como reagiria!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  4. Ai se também me dissessem uma piada dessas não sei como reagiria!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  5. Bonito post
    Gostei de ler
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - É só para avisar

    ResponderEliminar
  6. Que post legal, gostei de ler.
    Beijos

    www.byglamour.com

    ResponderEliminar
  7. tbm nao sei como reageria a uma piada dessas!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderEliminar
  8. Confesso que não sou muito fã desta nova versão com novo narrador, não é a mesma coisa.

    ResponderEliminar

Instragam