sábado, 27 de outubro de 2018

Tinha tudo para correr mal (8º Capítulo)

Espero que continuem a gostar tanto desta história como no primeiro dia, Tenho adorado receber o vosso feedback.
Esta semana vi no blog da Andreia "As gavetas da minha casa encantada", um post de perguntas e resposta sobre a história que ela escrever recentemente. Gostei do facto de os leitores conseguirem perguntar à autora todas as suas questões e de ela responder abertamente. Acham que seria algo giro de fazer com o "Tinha Tudo Para Correr Mal"?
E porque para a semana já é Halloween decidi fazer uma publicação especial para celebrar a data, curiosos? Então vamos a isso.


"Tudo começou quando o Artur disse "vamos a uma festa de Halloween!". Depois todos ficaram entusiasmados e assim começaram os planos. A ideia até me agradou porque assim posso ser rude para as pessoas, porque estando mascarada ninguém me vai reconhecer no dia seguinte.
E cá estamos nós, com a nossa originalidade elevada ao expoente máximo no que toca a fatiotas (sim, não bastava virmos à festa do amigo do Artur, como tivemos que vir devidamente vestidos), a Ana e o Ivo vão ser o casal da noite, desta vez eles deixaram ser a Barbie e o Ken que são 364 dias por ano e tornaram-se nos épicos Chuckie o boneco diabólico e a sua respetiva noiva. A Joana como sempre irrita de tão bonita e sexy que é e apresentou-se mascarada de CatWoman.
E se por um lado o Artur veio mascarado do boneco assustador que aparece no filme Saw, a sua querida e amorosa irmã decidiu assumir o seu lado negro ao disfarçar-se de Annabelle (como se já não tivéssemos bonecos diabólicos suficientes). O Rodrigo como sempre optou pela coisa mais simples e mascarou-se de Zombie (alguma coisa me diz que em vez de cérebros ele vai comer miúdas, mas não é nada comigo).
E eu? Pois bem, eu disse que só vinha se ninguém me conhecesse... Pois bem, qual é a melhor indumentária para isso? Múmia! Sim, estou literalmente enfaixada e gastei uma fortuna em ligaduras, desta forma não só estou estou irreconhecível como mal me consigo mexer.
- Tenho calor! - Queixei-me cerca de uma hora depois de estar na festa.
- Eu avisei. - Respondeu a Ana enquanto dançava. - Podia vir mascarada de algo sexy, encontrares um rapaz jeitoso, mas não... Tinhas que vir como um faraó em decomposição.
Olhei para ela entre as ligaduras que me tapavam os olhos, mas acho que ela não viu o sarcasmo neles.
- Não vale a pena fazeres essa cara que eu sei que estás a fazer... Ninguém a vê. - Riu-se ela. O meu orgulho ficou ferido.
- Vou dançar! - Exclamei chateada. O plano era avançar confiantemente para a pista de dança, mas arrastei-me como uma criatura morta-viva  que era.
Pelo menos ninguém me podia acusar de não estar a levar a sério o espírito da coisa.
- Olá! Adorava tirar-te essas ligaduras todas. - Diz-me um sujeito mascarado de lobisomem.
Quer dizer, eu acho que é um homem, mas tendo em conta o peito copa A, pode ser também uma mulher peluda.
- Adorava que o fizesses, mas com uma condição! - Disse sorrindo entre as ligaduras. Será que ele viu o meu sorriso?
- Diz lá qual é a tua condição.
- Depois de me tirares as ligaduras, enforcas-te com elas! - Respondi. Ele não viu o sorriso, mas percebeu a lógica e afastou-se chateado. Alguma coisa me diz que foi uivar para a lua.
O karma é uma coisa tramada, e quando se é má pessoa, tudo pode acontecer, principalmente se tiveres ligaduras à volta do corpo. Não é preciso ser um cientista para perceber que consegui tropeçar e cair nas minhas próprias pernas.
- Estás bem? - Perguntou um rapaz super giro estendendo-me a mão para me ajudar a levantar. Ironicamente parece que ninguém viu o meu momento apoteótico.
- Acreditas em mim se eu disser que isto foi tudo planeado?
- Nem por um segundo. - Respondeu ele.
- Então aceito a ajuda! - Concordo aceitando a mão desde delicioso e sensual conde Drácula.
Quando fiquei de pé em frente a ele vejo-lhe finalmente o rosto de perto, olhos azuis, cabelo preto, maxilar definido.
- Vlad Tepes isso é tudo teu? - Pergunto apontando-lhe para a cara.
- Sim. - Respondeu ele com um sorriso.
Oh Meu Deus!!! Por favor morde-me!
- Ah, ainda bem, se a carreira como vampiro não der frutos podes sempre ir para modelo! - Respondi afastando-me.
- Já vais?! Ainda não sei o teu nome, gostava de te ver... Quer dizer, ver sem parecer que saíste agora da pirâmide.
- Tenho que regressar ao meu sarcófago.
Quem é que eu quero enganar, não posso ir embora sem boleia, não consigo conduzir com esta fatiota vestida.
- Não podes conduzir assim...
Oh além de bonito é inteligente.
- Ceeeeerto! E então como te chamas?
- Filipe."


Agora também podem acompanhar as novidades no Facebook, e no Twitter.

12 comentários:

  1. Hmmmm, quem será o misterioso Filipe? Agora fiquei curiosa.

    ResponderEliminar
  2. Oh que essa tua historia está cada vez mais a ficar bastante interessante

    Beijinhos
    Novo post //Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Acho que é uma forma de se incluir os leitores na história, além de se dar a oportunidade de satisfazer certas curiosidades :)
    Quanto a este capítulo, é claro que adorei e que me ri muito. Imagino o sacrifício que deve ter sido andar em modo múmia. E estou mesmo curiosa para conhecer este Filipe

    ResponderEliminar
  4. Gostei de ler. Imaginar a cena é hilariante.
    Um abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adorei imaginar a cena toda, nem imaginas o que eu me ri só de imaginar a cena!

      Eliminar
  5. Minha querida Isyamiga

    Com a provecta idade de 77 aninhos, uma mulher, 3 filhos,3 noras, 4 netos e uma neta - sou virgem! Nada de espantação, nasci a 20 de Setembro de 1941, donde... 🤣

    Adorei a festa e só tenho pena de não me teres convidado para participar. Iria disfarçado de globo terrestre (peso 10900 gramas) mas não daria qualquer passo de dança pois teria de dizer passo por mor da bengala. 👌

    Espero tua visita e já te inclui na lista dos blogues que sigo. E embora sejamos da mesma especialidade (sou jornalista e escrevo uns livrecos) as nossas colheitas são muito diferentes: sou muito mais novo🎂

    Muitos qjs deste teu amigo e admirador
    Henrique, o Leãozão 🦁

    ResponderEliminar
  6. Que cena!!!
    Bem divertido o momento numa época em que se festeja e se surpreende!!!bj

    ResponderEliminar

loading...