sábado, 27 de abril de 2019

Tinha tudo para correr mal (33º Capítulo)

Apesar de as pessoas até continuarem a gostar de acompanhar a história de "Tinha Tudo Para Correr Mal" do ponto de vista do Rodrigo e apesar do feedback positivo, acho que a maioria das pessoas preferia ter a Eduarda de volta. Contudo e porque estou a pensar fazer a "história do Rodrigo" mais curta em capítulos, aproveito para vos perguntar se teriam curiosidade em ver a história do ponto de vista de alguma das outras personagens?
"- Já sei o que quero que a Eduarda me dê de prenda de casamento! - Diz a Ana fitando a Eduarda que levantou os olhos da sua chávena de café para fitar a amiga com ar desconfiado.
- Não usar aquele vestido cor-de-rosa! - Limita-se a dizer.
- Boa noite! - Diz a Joana chegando ao café, sinto o meu coração a bater, mesmo depois de um dia de trabalho está linda.
Tasse bem, eu sei que isto é foleiro.
- Sabes que não se deve negar nada à noiva... - Acrescenta o Ivo.
- Nem comeces. - Responde a Carlota que aparentemente também não gostou do tal vestido cor-de-rosa...
Ou será o vestido das damas de honor? Tasse bem, são coisas de mulher! Nem me vou meter, senão quem vai de cor-de-rosa serei eu!
- Vá, deixa-me pedir! - Suplica a Ana fazendo beicinho.
- Boa noite! - Diz o Artur sentando-se na mesa ao lado da irmã.
- Parem de chegar às pinguinhas! Estão sempre a interromper o meu pedido à Edu! - Grita a Ana chateada.
- Vá não sejas assim é uma incontinência amigável! - Brinca a Eduarda.
Todos olham para ela, eu olho porque não percebi a piada, a Joana, a Carlota, o Ivo e o Artur estão-se a rir, se não perceberam a piada disfarçaram bem, mas é o olhar fulminante da Ana que chama atenção. 
- Vá, diz lá o que queres antes que ganhes rugas! - Brinca a Eduarda o que volta a deixar a Ana novamente chateada, mas ela faz aquele gesto esquisito de rodar a cabeça e "regressa" à conversa sorridente.
- Quero que me digas o que está na divisão interdita.
Desatamos todos a rir, é óbvio que nunca vai acontecer!
- Nem penses. Até podias ser o Papa a dizer que ias salvar a minha alma do inferno!
- Isso é obviamente exagerado... - Diz a Carlota.
- Até porque ela, já nem tam alma para ser salva. - Brinca o Ivo.
É bem provável que nem o diabo queira a alma da Eduarda! Mas tasse bem, não dizem que Deus é grande e perdoa toda a gente?
Vejo a Eduarda queimar o Ivo só com o poder do olhar.
- Isso é bem verdade! - Concorda ela com o seu sarcasmo. - Mas diz-me lá, estás metido nesta história?
- Não diria metido... - Começa o meu primo por se explicar, por algum motivo quando a Edu e a Ana estão em desacordo nenhum de nós gosta de se meter mas ele muito menos.
- Explica lá, que agora estamos curiosos! - Digo na esperança que o deixar em maus lençóis.
- Confesso que comentei com a Ana que estou curioso com a divisão interdita, mas em minha defesa todos estamos...
Olha, parecemos o Noddy, todos a abanar a cabeça ao mesmo tempo.
- Mas a ideia da prenda foi dela! - Explica o Ivo bebendo o seu fino.
Nisto, e do nada, a Carlota desata a rir, de repente já ninguém quer saber da prenda de casamento e todos olham para ela.
- Lembrei-me de uma publicação que li onde se dizia que não se devem contrariar as noivas porque elas ficam "bridezillas", nunca pensei ser real até ver a cara da Ana agora.
Eu sou burro, mas esta miúda devia ter filtros, se a Ana se transformar numa bridezilla é bom que ela se cale antes que ela se comece a passar.
- Toda a gente sabe que isso acontece às noivas... - Diz a Joana calmamente, nada como meter uma manta sobre um fogo.
- Menos à Eduarda, a Eduarda não sente nada! - Brincou o Artur rindo.
Ainda gostava de perceber de onde surgiram tantas piadas sobre o casamento falhado da Edu, mas pelo que eu vi do ex-marido dela, realmente existe muita coisa que não faz sentido.
- Ah sim, por falar em casamento... E a minha prenda? - Pergunta a Ana.
- Querida, até me podes pedir a lua, um dragão ou um unicórnio, eu dou-te mais depressa um destes do que te digo que está atrás da porta misteriosa.
- Então vamos fazer uma aposta. Se até ao casamento não me deres um unicórnio quero que me digas o que está atrás da porta! 
- Ainda bem que não me pediste a lua! - Brinca a Eduarda rindo. - Mas desafio aceite. De que cor queres o unicórnio?"


Se ainda não leram...




2ª Parte: 


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

12 comentários:

  1. Mais uma vez, gostei de acompanhar a história deste grupo.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  2. Até eu estou desejosa de saber o que está atrás dessa porta :o

    ResponderEliminar
  3. Bom domingo :)
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  4. O que estará por detrás da porta? Encontrar um unicórnio? Só se for de peluche...
    Boa continuação!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Muito bom :))

    Bjos
    Votos de um óptimo Domingo.

    ResponderEliminar
  6. Estava à espera de continuar a ler sobre o romance dos dos amigos, mas fica para um outro capítulo :)

    ResponderEliminar
  7. Mais um capítulo bem light e divertido, que se lê muito bem!...
    Mas o que estará atrás da porta?
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

loading...