sábado, 23 de fevereiro de 2019

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (24º Capítulo)

Estou muito feliz pelo feedback positivo que tenho recebido em relação à história, e já ando aqui a pensar nos próximos capítulos de forma a usar as ideias que me deram, e claro terei que dar umas voltar e reviravoltas.
"Estou sentada na mesma cadeira de sempre, com os mesmos amigos de sempre, a tomar o mesmo café de sempre a fumar a mesma marca de tabaco de sempre (já deu para ver que eu não gosto de variar). Estou calada enquanto os outros falam tento perceber se existe alguma coisa errada com este grupo de loucos:
1º A Carlota está a comer uma torrada, mas ela come sempre um folhado misto.
2º A Ana foi fazer o preenchimento das sobrancelhas, não gosto do resultado e aposto que ela também não, quando franze o sobrolho fica muito esquisita.
3º O Ivo não deixou as chaves do carro em cima da carteira que está em cima da mesa.
4º O Artur não está a roer as unhas como é habitual fazer sempre que a Ana fala sem parar.
5ª e mais inquietante de todos: Não consigo detetar nenhum comportamento estranho na Joana e no Rodrigo.
Entro em colapso. 
- Pronto já chega! O que é se passa com vocês? - Pergunto em êxtase enquanto fito todos os meus amigos.
- O que queres dizer? - Pergunta a Carlota deixando carinhosamente a parte do meio da sua torrada para o final.
- Porque é que não estás a comer o teu folhado misto? - Atiro.
- Porque já tinham acabado, então pedi uma torrada.
OK, é válido.
- E tu Ivo, porque é que não tens as chaves do carro em cima da mesa como tens sempre?
Quero ver como é que se vão safar desta!
- O meu carro voltou a avariar, vim com a Ana no carro dela. - Responde ele ainda atónito.
Vejo a Ana sacar das chaves do carro e a rir-se.
Também é válido, mas não prova nada.
- Estás a rir de quê? Perdoa-me pelo que vou dizer, mas de certeza que já toda a gente reparou, o que é que se passa com as tuas sobrancelhas?
- Li numa revista que agora se usavam as sobrancelhas mais grossas, então fui fazer um preenchimento, mas obviamente que não correu bem, assim que possível vou depilar esta porcaria!
- Acho que fazes bem. - Digo eu chateada comigo mesma.
- O que é que se passa contigo? - Pergunta o Artur.
- Achei estranho, todos nós estarmos a fazer coisas fora do normal hoje, apenas isso.
- Eu estou normal. - Diz o Artur.
- Ah isso é que não estás, hoje ainda não roeste as unhas.
- Não sou maluco nenhum, coloquei um daqueles vernizes com sabores amargos... - Diz ele com uma careta.
Levanto-me chateada. Chateada comigo, não com eles. Esta estranha normalidade da Joana e do Rodrigo quando todos os outros estão a agir de forma completamente diferente está a mexer-me com os nervos.
- Vou embora, hoje estou estranha! - Digo afastando-me.

Meia hora depois

Sentei-me na varanda a fumar, a ideia do Rodrigo e da Joana juntos é estranha para mim, e por muito que eu gostasse não consigo ficar feliz por eles. Sou uma pessoa horrível não sou? Devia estar feliz pela minha amiga ex acompanhante de luxo e do meu amigo mulherengo terem finalmente assentado, mas não estou, não consigo estar porque sei que nenhum deles vai levar esta relação para a frente. Mais tarde ou mais cedo eles vão chatear-se e depois o meu grupo de amigos tal como o conheço vai deixar de existir.
Algures dentro de casa a minha campainha está a tocar. Não me apetece ver nem falar com ninguém, mas mesmo assim arrasto-me até ao intercomunicador.
Eu até ia dizer "macacos me mordam", mas com o espírito e com a sorte que estou hoje, era bem provável que a pessoa que está lá em baixo trouxesse um zoológico escondido para me morder.
- Não estou! - Digo eu pelo aparelho.
- Abre a porta, quero falar contigo.
- Já te disse que não estou! Estás a falar com um atendedor automático!
- Estás com muita piada hoje...
- Falamos amanhã no café!
- Hoje!
Rendo-me e abro a porta da entrada do prédio, e fico encostada à minha porta de casa e assim que a porta do elevador se abre...
- O que é que queres Rodrigo?
- Falar contigo!"
Alguém tem palpites sobre o que vai acontecer a seguir?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

16 comentários:

  1. Tá super bem escrito, fogo, tens mesmo jeito :o

    Beijinhos,

    https://damselme.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Hmmmm, o que será que o Rodrigo quer? Estou curiosa.

    ResponderEliminar
  3. Sinto que esta conversa entre os dois será intensa :o

    ResponderEliminar
  4. Hahahahaha muito bom :D ha dias em que de manhã de tarde Nao se pode sair à noite :D
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pela publicação :))

    Hoje:- Mundo de espinhos e rosas.

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda - Feira.

    ResponderEliminar
  6. Oh isso não se faz, deixaste-me com curiosidade para saber o que vai acontecer.

    Quero ler mais... boa continuação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Heheheheh! Já sei do que eles vão falar!... Comecei pelo fim... :-P
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Instragam