Translate

sábado, 6 de junho de 2020

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (86º Capítulo)

Agora que as coisas parecem estar a voltar ao normal, está na altura de voltarmos a caminhar para o final desta história, mas nunca sem esquecer os temas da atualidade que devem abordados.
"Não acredito no que os meus olhos estão a ver... Quer dizer, eu acredito porque não se tem falado de outra coisa, mas ainda tenho dificuldade em acreditar que em pleno século XXI, durante uma pandemia mundial e numa altura em que as pessoas deviam estar mais unidas do que nunca, eis que a humanidade me surpreende pela negativa.
- Estas coisas assustam-me... - Diz o Artur tristemente. 
- Não sei como é possível existirem atitudes racistas... A humanidade já deveria ter superado o facto de a cor da pele não ser importante... - Continua a Ana. - Ainda por cima, numa sociedade que apela constantemente aos direitos humanos...
- Muitas pessoas falam da tolerância, e do amor ao próximo, mas a verdade é que ainda existe muita boa gente com o pensamento de hegemonia racial dos brancos... - Diz o Dinis bebendo a sua cerveja.
- O problema é que atualmente existem vários tipos de tipos de racismo... Sinceramente acho que já nem podemos dizer que o problema é só com os negros... Hoje em dias as pessoas são contra os negros, contra os chineses, contra os gays e lésbicas, conta os ciganos, contra os pobres... Olha contra tudo! - Resume a Joana.
- Acreditem ou não eu tenho medo deste mundo... - Diz o Artur. - Ainda no outro dia fui fazer umas compras e o Fábio veio comigo... Não é muito normal andarmos aos beijos e abraços em sítios públicos, mas calhou de darmos as mãos... Acreditas que muitas pessoas ficaram a olhar admiradas para isso? Ficamos mesmo a sentir-nos mal...
- Acredito que homossexualidade cause alguma confusão na mente das pessoas de mais idade, mas... - Diz o Ivo.
- Uma das pessoas era uma senhora que podia ser nossa avó, mas ela ficou surpreendida, percebemos que ela não gostou do que viu mas não disse nada e continuou a fazer as suas compras... - Explicou o Artur. - O mais irónico é que estava um casal jovem, provavelmente até mais novo do que nós, que ficou embasbacado, a olhar fixamente para nós e a comentarem coisas entre si... Foi horrível... 
- E só estavam de mãos dadas... Imagina se tivessem dado um beijo, ou um abraço... - Diz a Carlota que detesta ver o irmão ser descriminado pela sua sexualidade.
- Existem casais heterossexuais que andam ai a exibir-se a fazer quase tudo o que existe para se fazer em publico e só porque é um homem e uma mulher parece que ninguém se importa... Se um casal homossexual simplesmente dá a mão ou um beijo, eis que os falsos puritanos parecem surgir de buracos fictícios na parede! - Reclamo.
- E é a mesma coisa que acontece com o racismo... Os brancos até podem cometer crimes, mas de certeza, e todos nós já ouvimos muitos casos em que isso aconteceu, a pena e as desconfianças vão ser sempre maiores se for um preto... - Diz o Rodrigo para nossa surpresa. 
- Eu posso esconder que sou gay e tentar ter uma vida normal em sociedade, mas um negro, não pode esconder... É muito frustrante!
- Mas aí é que está o problema! Os negros não podem esconder o tom de pele, mas os gays também não deviam de esconder as suas orientações. Não é justo que isso aconteça... - Revolta-se a Carlota. - Não é justo que as pessoas vivam com medo por serem quem são! 
- Esta conversa está a ficar muito pesada, e era suposto estarmos a nos divertir... - Diz a Joana tentando acalmar o clima pesado que se gerou na nossa mesa.
- Vamos caminhar um pouco... Eu conheço uma excelente gel ataria onde podemos ir. - Digo com um sorriso, já a ponderar visitar o David que está de volta ao trabalho.
- Um gelado é realmente uma boa sugestão... Vou buscar a Peache a casa... Assim ela vem passear connosco. - Diz o Artur. - Encontramo-nos no parque de estacionamento à beira rio?
- Sim... - Digo. - Também vou buscar o Mário e o Luigi... - Digo começando a afastar-me.
- Se não se importarem, vou perguntar à Lili se quer vir também com a bebé Vitória passear. - Diz a Joana pegando no telemóvel, todos concordamos, estamos a afastar uns dos outros quando subitamente o Artur chama.
- Ei!!! - Exclama ele aproximando de nós e formando um círculo de pessoas curiosas. - Será que posso convidar o Fábio? 
Nem era preciso perguntar, mas sim, todos entendemos, o Artur sempre foi muito recatado em relação aos seus namorados, se ele quer trazer o Fábio, então é porque a coisa é séria, e apesar de feliz por ele, fico preocupada que a felicidade dele esteja comprometida, pelo facto de estar apaixonado por uma pessoa do mesmo sexo."

Espero que tenham gostado deste capítulo, qual é a vossa opinião sobre este assunto?


1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo64º Capítulo | 65º Capítulo | 66º Capítulo | 67º Capítulo |

5ª Parte - Eduarda
68º capítulo | 69º capítulo | 70º Capítulo | 71º Capítulo72º Capítulo73º Capítulo74º capítulo | 75º Capítulo | 76º Capítulo | 77º Capítulo | 78º Capítulo | 79º Capítulo | 80º Capítulo | 81º Capítulo | 82º Capítulo | 83º Capítulo | 84º Capítulo | 85º Capítulo |


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

18 comentários:

  1. Passando a fim de desejar um Sábado muito feliz
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Sempre bons diálogos, que parecem a vida real! :)
    -
    Bom fim de semana!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Continuo a gostar de acompanhar.
    E a Joana tem razão. O mundo está cheio de preconceitos. Parece que em vez de evoluir a humanidade está em involução. E é muito estranho pois quanto mais avança nos conhecimentos, na ciência e na educação, mais cresce a sua intolerância, maldade, avareza, agressividade e ódio e mais diminui a sua compreensão, bondade, generosidade, a paz e o amor.
    Abraço, saúde e bom fds

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente, a humanidade arranja sempre forma de demonstrar o seu pior lado.
    Parece que quanto mais evoluímos, quanto mais nos instruímos, menos cultos nos tornamos. Este tipo de atitudes nunca deveria ter existido. Mas já não podemos mudar o passado. Podemos e devemos, sim, mudar o presente, para que o futuro seja melhor. E em pleno século XXI isto é, no mínimo, ridículo

    ResponderEliminar
  5. Perdi alguns post, vou ter que voltar para ler os anteriores
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  6. Very interesting post! 👏👏👏 Thanks for sharing! 🌈🌈🌈

    ResponderEliminar
  7. un capitulo interesante, a ver como sigue.

    ResponderEliminar
  8. Muito bom esse capítulo.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderEliminar
  9. Bom dia em alegria
    para mais uma semana que desejo em harmonia ´_))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Mais um capitulo que adorei acompanhar!
    Adorei os diálogos, e os pontos de vista expressos!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Instragam