Translate

sábado, 7 de março de 2020

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (73º Capítulo)

A semana passada perguntaram-me se esta história ia ter 100 capítulos. Confesso que não percebi se isso se tratou de uma piada, ou se referia ao facto de as pessoas estarem saturadas.
Seja como for, já vos disse que estou a preparar o final, mas não quero que as coisas aconteçam a correr e umas, em cima das outras, por isso tenho demorado mais do que estava a pensar. De qualquer forma, queria saber se estão cansados, caso seja isso tentarei terminar o mais rápido possível.
"O amor estava no ar... E eu digo, "estava" porque apesar de todo o romantismo, a noite de núpcias da Ana e do Ivo teve que ser em casa, uma vez que o voo deles foi cancelado por causa do corona virus
Dito isto, e porque o conceito de privacidade não existe neste grupo anómalo de pessoas, decidimos aproveitar que todos estávamos livres, para realizarmos uma reunião muito importante: Descobrir quem é a Inspetora!
- Podes sempre escrever um texto de maneira a que ela se sinta obrigada a sair da concha... - Diz a Joana.
- Não acredito que vá funcionar... Está visto que a Inspetora está a fazer jogo com a Agente, não vai se revelar assim... - Explica o Artur.
Deixo-os falar na esperança que algum chegue à mesma conclusão que cheguei à três dias atrás.
- Não estamos a pensar como deve ser! - Exclama a Carlota, todos a fitamos admirados, e eu tenho esperança que aquele pequeno génio lhes diga o obvio. - A Eduarda já disse que quer finalmente quem é a Agente, por isso ela não tem nada a perder... O ideal é arrastar a Inspetora e convida-la para um confronto. 
E é por isso que esta miúda é um génio.
- Se a Agente disser que se vai revelar, a Inspetora vai ter que se revelar, caso contrário vai perder credibilidade! - Acrescenta Ivo.
- Podias falar com o Fábio, de certeza que ele vai adorar a ideia de ter um exclusivo... - Diz o Dinis. - Uma emissão em direto do dia em que a Agente e a Inspetora finalmente se confrontam.
Começo a sorrir, isso já estava mais do que pensado, mas gostei do raciocínio deles. Estou genuinamente orgulhosa, por isso tiro da minha mala uma folha de papel que lhes estendo. 
- Esse é o texto que vai ser publicado na próxima semana... - Digo, enquanto pega no papel e começa a ler para todos.
Neste texto, afirmo que quero dar a conhecer a verdadeira mulher por trás da Agente, e que como tal, gostaria de conhecer a minha "ajudante" a famosa Inspetora.
- Está muito bom, mas e se ela não aceitar? - Pergunta a Joana.
- Vai ter que aceitar, caso contrário passa a ser eterna sombra da Agente. - Explica o Dinis. - Tanto a Agente como a Inspetora vieram trazer uma lufada de ar fresco às mulheres, elas são aquilo que quase todas as mulheres gostariam de ser... Se a Inspetora recusar, além de mostrar que tem algo a esconder, vai perder a credibilidade das mulheres que a leem...
- Isso tudo faz muito sentido, mas não sei se será assim tão simples... - Refuta a Carlota.
- Não é o plano perfeito, mas a mim parece a melhor opção. - Respondo.

Duas semanas depois.

Entro a correr pela esplanada do café, obviamente que correr em saltos agulha me faz parecer um Bambi recem nascido, mas neste momento não quero saber, a crónica da Inspetora saiu à dois dias, ela disse que aceitava o desafio, e que me ia contactar para me dar mais informações sobre o nosso "encontro".
Meu Deus, nunca nenhum encontro me deixou tão feliz!
- A notícia deve ser boa para te fazer correr. - Brinca o Rodrigo.
Atiro o papel onde está impresso o e-mail que recebi da Inspetora e sento-me para recuperar o fôlego. Estou mesmo mal, talvez devesse mais exercício físico. Enquanto me preocupo com a minha condição física os meus amigos leem atentamente o e-mail. 
- O que é que diz? - Perguntam todos ao Artur que está a segurar o papel.
Ele estende o papel ao próximo, mas esclarece os que ainda não leram.
- Basicamente e como nós sabíamos, a Inspetora aceitou o desafio, mas com a condição de não ser em vídeo. Ela diz que só aceita, com a condição de ser em áudio. - Explica ele.
- O que é que o Fábio diz disto? - Questiona o Dinis.
- Não só concordou como já falou com a revista em que a Inspetora está, está tudo alinhado e até já falaram com uma estação de rádio para transmitir a emissão em direto. Eu vou ser entrevistada numa sala e a Inspetora noutra. Com direito a contrato que diz que não nos podemos cruzar nesse dia. - Explico.
- Bem eles realmente pensaram e tudo... - Diz a Ana que acabou de ler o papel.
- O que me deixa com mais questões do que aquelas que tínhamos antes. - Diz a Joana, bebendo o seu sumo natural, todos a fitamos - Tem que existir um motivo muito forte para ela não aceitar um cara a cara. E todo esse processo de confidencialidade e afins... Das duas uma, a Inspetora é alguém que conheces, ou então não é quem diz ser...
- Vamos a ver é ela é feia como um bode. - Brinca o Rodrigo.
- Mesmo que seja alguém que eu conheça, as únicas pessoas que eu sou a Agente estão sentadas nesta mesa, por isso essa teoria não faz sentido... - Digo fitando os meus amigos. 
Será que algum deles é a Inspetora? Durante algum tempo eles desconfiaram que o Dinis era Agente, será que ele pode trabalhar para duas revistas? A Carlota também é mais esperta do que parece e sei muito bem que existem coisas sobre ela que eu não sei, mas ela não seria capaz de me fazer isto. O Artur pode ter criado a personagem de Inspetora mesmo antes de saber que eu era a Agente como uma maneira de se expressar, e a Joana também pode ter criar esta segunda personalidade para escapar à vida que tinha, ela realmente ganhou muito dinheiro como acompanhante, mas será que o dinheiro vinha todo dessa atividade?
- E este confronto, já tem data? - Pergunta o Ivo.
- Para a semana! - Respondo.
- Não quer má, mas acho que isto tem tudo para correr mal. - Diz a Carlota."

E então, quem é que vocês acham que é a Inspetora?! Eu já sei quem é a Inspetora, mas adorava ouvir os vossos palpites. Aliás decidi mesmo oferecer uma caneca do "Ontem é só Memória" a quem adivinhar a resposta a esta pergunta. E porque não quero que isto impossível, posso vos dizer que a Inspetora é alguém que apareceu na história. Por isso digam-me os vossos palpites.


1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo64º Capítulo | 65º Capítulo | 66º Capítulo | 67º Capítulo |

5ª Parte - Eduarda
68º capítulo | 69º capítulo | 70º Capítulo | 71º Capítulo72º Capítulo |

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

17 comentários:

  1. Lamento o que vou dizer, mas não gostei nada deste capítulo. Começou logo no início logo com corona vírus, que acho que nada tem a ver com a história e assim ficou arrumada a lua de mel, acho que faria mais sentido essa parte da lua de mel ter acontecido e acho que merecia um capítulo nesta história. Também acho que estás a fazer o que dizes que não queres fazer, terminar tudo a correr, uma coisa atrás da outra. Esta é a parte que me faz desinteressar por uma história, a pressa de a terminar e a forma como tudo acaba bem, detesto esse tipo de histórias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo o que queres dizer, a referência ao corona vírus foi para enquadrar o texto no contexto real, quanto à lua de mel... Bem não achas mesmo que os vou deixar sem a lua de mel, pois não?

      Eliminar
  2. Também não gostei. Depois de tanto tempo a preparar o casamento, tirar-lhes o direito à lua de mel, desiludiu-me. Percebo a introdução do coronavirús como uma tentativa de datar a história no momento atual, mas não me convence. Gente jovem não desiste de uma viagem tão sonhada por um vírus qualquer, a há tantos locais possíveis de uma lua de mel de sonho, onde ninguém fala em vírus.
    Eu penso que a Inspetora é a Carlota, mas eu não sou grande coisa como adivinha.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia da lua de mel, foi apenas cancelar neste momento, pois é a realidade de muitas pessoas, mas não exclui a hipótese de eles terem a lua de mel...

      Eliminar
  3. Oh, achei que teríamos direito a lua de mel :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vamos ter... Tal como a vida, apenas não é como a gente quer!

      Eliminar
  4. Fascinating. I will have to come back later and read the back story to make a guess...
    And how I wish Summer WAS just a memory. Ours was brutal here this year and I will be glad to see it gone completely.

    ResponderEliminar
  5. E Viva o bom dia com alegria-,*)))))))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Your blog is very interesting <3 I like your new post!!
    I am following you and invite you to me
    https://milentry-blog.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Muy interesante! 👌👌👌 Feliz noche! 🎀🎀🎀

    ResponderEliminar
  8. Não faço ideia da resposta para essa pergunta, vou ficar sem a caneca
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar

Instragam

Follow Us @soratemplates