Translate

sábado, 11 de janeiro de 2020

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (65º Capítulo)

Confesso que adorei retomar a "normalidade" desta história. Gosto de fazer capítulos fortes e pesados, mas confesso que a ideia do "Tinha Tudo Para Correr Mal", não acrescentar realidade, nem dor ou sofrimento aos leitores, mas sim abordar (também a realidade) de uma forma divertida e irónica.
Também ando a pensar começar a encaminhar esta história para a reta final, mais de um ano de história começa a aborrecer e eu, pessoalmente quero agora novas histórias e abordagens. Por isso se tiverem alguma questão sobre a história que queiram ver respondida, deixem-na nos comentários.
"Estou a ter um deja vú! O ano passado, a esta hora, neste dia, estávamos a fazer exatamente isto. Sim, estávamos convencidos que íamos ser pessoas mais saudáveis e estávamos a correr neste mesmo parque.
E porque ano novo exige uma vida nova, eis que mais uma vez repetimos os padrões e tiramos as roupas desportivas dos armários para mais um mês em que vamos tentar ser saudáveis mas sem sucesso.
É sempre assim, ano após ano!
- O meu objetivo este ano é conseguir manter esta rotina fit pelo menos até o dia 01 de fevereiro! - Brinca a Joana, todos sabemos que antes de dia 20 de janeiro já nenhum de nós vem fazer estas corridas pelo parque.
- Com a preguiça com que eu ando, provavelmente nem a dia 15 chego! - Brinco sentando-me num dos bancos do jardim.
- Vocês já se renderam? - Pergunta o Ivo correndo sem sair do sitio. 
- Não, eu nunca me rendo, faço apenas paragens estratégicas para pensar na próxima abordagem... - Brinca a Eduarda sentando-se ao meu lado.
- Vá malta, só mais uma volta ao parque! - Exclama a Ana que para variar está cheia de energia. - Temos que destruir as calorias dos bolos e do álcool das festas!
- Eu tenho é que acabar com essa tua obsessão pelas calorias! - Exclama a Eduarda.
- Não sei como é que não estás redonda! - Reclama a Ana fitando a Eduarda.
- Tenho uma boa genética! - Brinca a Eduarda que só por pura sorte é que não veio correr com um cigarro numa mão e uma barra de chocolate na outra.
- Um dia a idade vai-te bater e depois vais-te lembrar as minhas palavras!
- Não te preocupes, eu lembro-me sempre das tuas palavras... Fazes questão de as dizer várias vezes! - Responde a Eduarda com sarcasmo.
- Bem, eu tenho que ir para casa, tenho que ir buscar o bebé à ama. - Diz a Joana olhando para o relógio.
- Bebé? A Lili ainda não lhe deu nome? - Pergunta a irmã enquanto faz os alongamentos.
- Ainda não se decidiu... Sinceramente acho que ela ainda não acredita no que lhe está a acontecer... - Diz a Joana. - Ela disse-me que gostava de voltar a estudar, está a pensar frequentar as aulas do 12º ano à noite para fazer os exames nacionais e se candidatar à faculdade, e anda à procura de trabalho durante o dia, não quer que seja eu a pagar-lhe tudo e eu concordo com ela. 
- Parece-me um bom plano... - Diz a Eduarda que sempre trabalhou e estudou.
- E a bebé? - Pergunta o Dinis que está quase a morrer da corrida, pelos vistos ele consegue ser mais sedentário do que eu.
- Pelo que percebi ela quer organizar a sua vida, antes de pensar em dar uma vida ao bebé. Ela quer ser uma boa mãe, mas não sabe como, tenho que a deixar descobrir... - Responde a Joana.
- E o Luís? - Perguntou o Ivo.
- Tem mandado currículos, foi chamado para uma entrevista, mas acho que não vai dar em nada. - Explica a Joana. - É complicado explicar porque é que existe um intervalo de quase 8 meses sem qualquer atividade... Mas ele tem muita experiência, de certeza que é uma questão de tempo...
- Tens noção que quase ninguém à face da terra faria por eles o que tu estás a fazer... - Diz a Eduarda.
- Eu sei, mas felizmente os meus anos como acompanhante de luxo permitem-me viver muito bem e acima da média, tenho um bom trabalho onde consigo pagar as minhas contas e ainda sobra, a ideia de eles estarem naquelas condições incomodou-me mesmo muito. Acho que esta é a melhor maneira que encontrei por me redimir por ter tido a profissão que tive.
- Pensava que não te importavas... - Diz a Ana.
- Só uma pessoa muito idiota não se importaria. Na verdade eu sempre fui seletiva com os meus clientes, mas mesmo assim alguns eram casados, outros com filhos... Isso não se esquece.
- Consigo perceber... - Responde o Dinis enquanto a Eduarda acena com a cabeça.
- Pelo menos faço alguma coisa boa com esse dinheiro sujo! 
- Sempre fizeste coisas boas com esse dinheiro. - Respondo - Usaste essa profissão para teres uma vida melhor e para conseguires ter possibilidades que sem ele não conseguirias. Podias ter feito mil e uma opções, mas fizeste, a meu ver as escolhas certas! 
Ela concorda e depois das despedidas rápidas afasta-se. Nunca pensei que uma pessoa que fosse acompanhante de luxo pudesse ter tantos valores e princípios. Mas a verdade é que nem sempre sabemos o que leva uma pessoa a fazer esse tipo de escolhas até a conhecermos melhor.
Lição do ano 2020: Não julgar as pessoas até conhecer os seus motivos."

Espero que tenham gostado deste capítulo, continuo a aguardar as vossas sugestões para o nome do bebé da Lili.

1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo |

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

11 comentários:

  1. E mais uma vez aqui estou a acompanhar a saga destes amigos.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Este capítulo só vem reforçar o quando não é a nossa profissão, neste caso, que nos define

    ResponderEliminar
  3. Se ve todo estupendo! Todo lo mejor para este año!🎊🎉🎊🎉 Espero verte pronto por mi blog! 💓💓💓

    ResponderEliminar
  4. Um bom e belo dia de Sol regenerador
    deixo eu
    com fervor -,*))))))

    Bjocas de aqui-,`

    ResponderEliminar
  5. Muito interessante. Espero que não termines esta história, gosto demasiado dela.

    ResponderEliminar

Instragam

Follow Us @soratemplates