sábado, 21 de setembro de 2019

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (51º Capítulo)

Depois do primeiro aniversário do "Tinha Tudo Para Correr Mal", continuamos a acompanhar este estranho (ou então não) grupo de amigos em mais algumas aventuras.
Entretanto algumas pessoas contactaram-me com mais algumas teorias curiosas, e eu não consegui deixar de ficar tentada a explorar em breve algumas.


"Chegamos ao hotel, é algo luxuoso, começo a achar que me deveria ter preocupado em perguntar qual seria o custo disto tudo antes de aceitar vir.
Não sei bem o que é que a Eduarda faz da vida, mas penso que não deve ganhar assim tão bem quanto isso. Quer dizer, não é fazer contas à vida dos meus amigos, mas a Joana que ganhava bem quando era acompanhante de luxo, comprou uma moradia e um bom carro, a Eduarda vive num apartamento modesto e tem um carro relativamente velho. Se ela tem a possibilidade de vir várias vezes (foi ela que disse que já cá veio algumas vezes), não seria de esperar que se dedicasse a outros luxos?
- Só me faltava esta! - Diz o Dinis ao meu lado, enquanto esperamos na receção do hotel.
- O que é que foi? - Pergunto olhando em volta. Penso que algum dos meus amigos possa estar a fazer algum tipo de asneiras, uma vez o Rodrigo dedicou-se a beber vinho do Porto e ovos-moles, que seriam apenas para uma breve degustação, enquanto esperávamos.
- O meu chefe está aqui! - Explica o Dinis olhando para um homem, que parece tudo menos um editor de uma revista famosa, bem-parecido, na casa dos quarenta e alguns anos, calções, camisa florida e chinelos. Eis o estereotipo moderno de um homem de sucesso.
- Olá Dinis! Por aqui? - Pergunta o chefe que sorri assim que o vê.
- Sim, eu e os meus amigos somos apologistas do tirar férias para descansar das férias! - Brinca o Dinis sorrindo.
Esperem lá, ele disse os meus amigos? Não sabia que tínhamos sido todos promovidos mas ainda bem que ele nos considera amigos... Só espero que ele não considere só amiga...
- Olá, bom dia! - Diz a Eduarda aproximando-se, ela estende a mão para cumprimentar o desconhecido, mas sinto uma pequena tensão, parece que se conhecem...
- Bom dia Eduarda! - Diz o chefe do Dinis.
Afinal ele conhece a Eduarda!
- Oh Dinis podias ter dito que o Fábio era o teu chefe! Eu estagiei com ele quando acabei o meu curso! - Justifica-se a Eduarda. - Belos tempos, quando o jornal Popular ainda existia...
- Tens toda a razão e foi uma pena, não teres aceitado continuado a trabalhar connosco, eras uma boa investigadora. - Diz o Fábio sorrindo.
Atraídos pela curiosidade os nossos amigos vão se aproximando e as apresentações são feitas.
- Bem vou indo, as minhas filhas estão à minha espera na piscina.
O chefe do Dinis afasta-se deixando-nos sozinhos a trocar olhares entre nós.
- Será que podemos considerar férias, a um fim de semana passado num hotel com o nosso chefe? - Pergunta o Rodrigo com sarcasmo.
- Creio que não, mas de qualquer maneira não vamos passar os dias com ele por isso podemos nos divertir. - Diz o Dinis.
-Podemos nos divertir desde que evitemos a piscina! - Brinca o Ivo.
- Minha gente, existe muito por onde nos divertirmos. - Interrompe a Eduarda mostrando um cartão que é a chave do quarto - Este aqui é para a Ana e para o Ivo. - Entrega a chave e mostra outra. - Este aqui é para o Rodrigo, e para o Dinis. - Entrega o cartão, saca de outro cartão. - Este é para o Artur e para a Carlota. - Entrega o cartão ao meu irmão, fico aliviada porque não me lembrei a possibilidade de dormir com o meu irmão. - E este aqui... - mostra um cartão que é diferente dos outros, tem uma espécie de bordado dourado a toda a à volta. - É o meu quarto e da Joana!
- Porque é que o teu cartão é diferente do nosso? - Pergunta a Ana com a sua curiosidade.
- Porque eu estou instalada na suíte VIP, aquela com uma varanda enorme sobre a quinta e sobre as vinhas. Com um jacúzi particular, sala de estar, e uma série de coisas que ainda não sei que utilidade lhes vou dar.
Ficamos todos com cara de parvos a olhar para ela. Como é que ela consegue estas coisas?
- Não se preocupem, o meu quarto e da Joana é tão grande que provavelmente vamos caber lá todos, os outros quarto são uma mera formalidade e claro, por uma questão de privacidade!
- Edu, como é que tu consegues estas coisas? - Pergunta o meu irmão admirado.
- Conhecimentos! - Responde a Eduarda rindo. - Vamos agora arrumar as malas, encontramo-nos dentro de meia hora no nosso quarto para irmos experimentar o jacúzi!
Começamos a afastar-nos mas não, sem antes ouvir o comentário trocista da Eduarda:
- Alguma coisa me diz que ninguém vai dormir no quarto que lhes está destinado!

Meia hora depois, entramos como baratas no luxuoso quarto da Eduarda e da Joana. Não que o meu quarto fosse mau, muito pelo contrario, mas este era realmente algo digno de alguém muito VIP.
- Isto é brutal! - Exclama a Ana percorrendo o quarto, Ouvimos uma exclamação quando ela se aproxima da varanda. - Isto é lindo de morrer! Quero viver aqui para sempre.
- Esqueçam o meu quarto, eu vou passar a noite aqui! - Diz o Rodrigo atirando-se para cima das camas.
- Oh meu Deus! Já viram o tamanho da banheira! - Diz o Artur depois de inspecionar a casa de banho.
Parecemos uns parolos que nunca foram a hotel, mas em minha defesa, apesar de já ter estado em vários hotéis nunca estive no quarto VIP de nenhum, por isso sinto-me igualmente maravilhada.
- Só me faltava esta! - Exclama o Dinis olhando para o telemóvel. - O meu chefe mandou-me agora um SMS e está a convidar-nos a todos para irmos jantar com ele esta noite.
- Lá se vai a teoria de evitar o trabalho durante o fim de semana! - Brinca o Ivo.
- Não faz mal aceitar, afinal estamos todos de férias. O que é que pode acontecer mal? - Pergunto.
A Eduarda ri. É óbvio que na sua cabeça já existe uma lista de hipotéticas coisas que podem correr muito mal, mas eu também tenho na minha cabeça uma série de coisas que podem correr."

1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo |

Espero que tenham gostado mais deste capítulo, agora vamos ver o que vai acontecer neste tão desejado fim de semana.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

14 comentários:

  1. Passando a fim de desejar um óptimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Bom vamos ver no que vai dar o tal jantar.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  3. Muito interessante. Será que é agora que se descobre o que é que a Eduarda faz e se o Dinis é então a Agente?

    ResponderEliminar
  4. Não tenho acompanhado estas aventuras.
    Fiz a tua TAG. Beijinhos

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  5. Realmente, não devem faltar motivos para que tudo corra mal. Ou não. Talvez seja um belo jantar :p

    ResponderEliminar
  6. no lo conocía, me ha parecido muy interesante, gracias

    ResponderEliminar

Instragam