Translate

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

# boneca # boneca de trapos

Porquê de trapos e não de porcelana?!

Já não é a primeira vez (e provavelmente não vai ser a última) que alguém me pergunta o porquê de eu ter escolhido o nome "Pequena Boneca de Trapos". Afinal porque é que alguém escolheria os trapos se existe a porcelana?
Os trapos podem ser rudes, rudimentares, básicos e simples, são peças sem glamour e muitas vezes o recurso mais simplista. Por outro lado, a porcelana é algo chique, elaborado, trabalhado ou até mesmo polido. A porcelana é detalhada e delicada.

As diferenças são muitas entre o elegante e o básico, o glamoroso e o acessível, mas devo então explicar porque motivo sou de trapos e não de porcelana:
Ser boneca, todas somos, se por um lado, todas nascemos de porcelana a verdade é que em algum momento vamos partir, podemos ser restauradas, mas nunca será a mesma coisa.
Ser de trapos, não faz com que a boneca seja menos valiosa, muito pelo contrário, as bonecas de trapos são flexíveis e adaptam-se. Basicamente a boneca de trapos é uma boneca de porcelana que se transformou e hoje não parte.

Ser de trapos quer dizer que cresci e que cada trapo, faz de mim aquilo que eu sou hoje. Já fui mal tratada, já fui bem tratada, já tive que ser cozida vezes e vezes sem conta e como qualquer boneca, já fui peça de vitrina e já fui um brinquedo nas mãos erradas.

Mas a boneca de trapos pode ser cozida, se ela perder um dos seus trapos, por muita falta que eles lhe possam fazer, podem ser sempre substituídos.
Para mim, as bonecas de trapos tem mais conteúdo, são mais reais e consistentes.

Acompanhem as novidades no Twitter e no Google +

44 comentários:

  1. Oi Ysy
    Cada vez mais cresce a minha admiração por você. Você arrasou nesta postagem e concordo com tudo o disse. Trapos ou retalhos... sempre é mais fácil de se refazer. Meus aplausos pra você
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  2. Acho que fizeste uma excelente escolha!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Que beleza de explicação e reflexão fizeste! bjs, de volta,chica

    ResponderEliminar
  4. Concordo plenamente contigo.

    Sem dúvida, também eu sou uma boneca de trapos. Prefiro-o a ser de porcelana.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente! O que interessa é ter conteúdo, porque uma boneca de porcelana serve só para enfeitar. ;)
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. É bem verdade.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. É bem verdade.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. r: Se experimentares diz-me se gostaste :) eu adoro chá, é a minha bebida favorita

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. E nos tempos de hoje nem toda a porcelana é assim tão delicada, chique, elaborada. É 'Made in China' ;) :)

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  10. As vezes é preciso mesmo ser de trapos, outras de porcelana.
    Bom fim de semana.
    Bjinhos ♥
    http://sarranheira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Ora nem mais, beijinho :)

    ResponderEliminar
  12. Gosto das duas...cada uma no seu cantinho!
    As duas podem brilhar!!! Bj amigo

    ResponderEliminar
  13. Isy, um dia quero ser a boneca de trapos e em outros a de porcelana.. nuances da vida!! Adorei sua comparação.

    Bom final de semana!
    Bjos, Sheyla
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. r: Fogo é um abuso, há pessoas que não podem mesmo estar na universidade sem bolsa e eles parece que querem que essas pessoas desistam :s

    ResponderEliminar
  15. A-D-O-R-E-I!


    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Adorei o textinho! Concordo plenamente :)

    Marisa Silva
    Styling Dreams
    http://stylingdreams.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Concordo :) as minhas duas avós têm imensas bonequinhas de porcelana :D

    ResponderEliminar
  18. Gostei da explicação! :)

    ResponderEliminar
  19. Isy..... um texto muito lindo. Tocante. Uma lição de vida.
    Você escreveu uma verdadeira aula de otimismo e esperança...
    Lindo o post!!!!

    ResponderEliminar

Instragam