Translate

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

# Métodos Contracetivos # Métodos Contracetivos de Longa Duração

Métodos Contracetivos de Longa Duração | O que são e como usar?

Os métodos contracetivos de longa duração são aqueles que apresentam uma durabilidade igual ou superior a três anos. Este tipo de métodos podem ser revertíveis como, por exemplo, os dispositivo intrauterino, implantes contracetivos ou as injeções hormonais.

Uma das características comuns entre estes métodos é a segurança, uma vez que eliminam a necessidade da mulher se lembrar de usá-lo todos os dias, ou qualquer outro motivo quem impeça a correta utilização o método contracetivo.

Vantagens dos métodos contracetivos de longa duração:
Uma das grandes vantagens da utilização de métodos contracetivos de longa duração é, tal como referi, a manutenção correta da sua eficiência. Desta forma eles são indicados para diversos casos, entre eles:

  • Adolescentes;
  • Nulíparas ou mulheres que nunca engravidaram;
  • No pós-parto;
  • No pós-aborto;
  • Ou ainda em comorbidades (duas ou mais doenças estão associadas), que possam indicar o uso de contracetivos contendo estrogénio.


Existem poucas contraindicações para o uso de anticoncecionais de longa duração. Para saberes qual deles é mais adequado, para ti e se adequa às tuas necessidades, o ideal é procurares o teu médico.

Quais os principais métodos contracetivos de longa duração:
 

1. Dispositivo Intrauterino de cobre (DIU)
O DIU é um dos métodos contracetivos de longa duração mais usado em todo o mundo e tem habitualmente uma vida útil de 10 anos.

2. Sistema Intrauterino com levonorgestrel (DIU com hormonas)
Este dispositivo libera progesterona por um período de 5 anos no útero, impedindo as suas secreções e a consequente penetração dos espermatozoides.
O tratamento com DIU com hormonas também possibilita efeitos não contracetivos tais como:

  • Tratamento da menorragia,
  • Tratamento da hiperplasia endometrial e adenomiose,
  • Prevenção da anemia,
  • Proteção do tecido uterino na terapia de reposição hormonal.


3. Implante contracetivo (implanom)
O Implanon é um dispositivo plástico depositado na sub-derme e com liberação contínua de hormonas progestagênias.

4. Injeção de hormonas
Este é um método simples e relativamente barato, composto por uma formulação de progesterona ou associado a estrogénios e a sua ação se assemelha às pílulas anticoncecionais.
As injeções com hormonas estão disponíveis na forma mensal ou trimestral. A injeção trimestral é composta apenas por progesterona e, é mais indicada para mulheres que não desejam ou não podem recorrer a estrogénio.


Hoje em dia, quando o assunto são as consultas de planeamento familiar, os métodos contracetivos de longa duração mostram-se como uma ferramenta importante, pois oferecem proteção com a vantagem de serem suspensos com relativa facilidade.

O que pensas sobre os métodos contracetivos de longa duração?

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

22 comentários:

  1. Amei o post. É sempre bom saber sobre os métodos contraceptivos e escolher qual o melhor para cada organismo.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Convem
    pois depois, é necessário aturá-los
    o que já pouco se vê por estes dias,... `.~`))))

    Bela tarde e ao excelente descrito, parabéns Teresa, beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. É uma praticidade para não ter preocupações de gravidez indesejada no futuro, porém não evita DSTs.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não, ambas as coisas são importantes de devem ser tidas em atenção!

      Eliminar
  4. Que acabei por gostar bastante da sua partilha, é mesmo bastante inportante saber essas coisas
    Beijinhos
    Novo post
    Tem Post Novos Diariamente

    ResponderEliminar
  5. Eis uma coisa de que nunca precisei. Gosto da foto. Tirada no jardim do Castelo de Chaves?
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Palpite certeiro relativamente à fotografia :)

      Eliminar
  6. This is such an important topic. Thanks for sharing.
    xoxo
    Lovely
    www.mynameislovely.com

    ResponderEliminar
  7. Post muito importante. Por aqui os DIUs nao funcionaram e fizeram com que a minha endometriose se agravasse, gostava de ter experimentado o implante mas ja nao fui a tempo de usar... :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, todos os métodos devem ser escolhidos com aconselhamento médico para evitar que situações desagradáveis ou agravamento de outras patologias aconteçam!

      Eliminar

Instragam