Translate

terça-feira, 22 de setembro de 2020

# fazer # morrer

Para morrer basta estar vivo (1ªParte)

Pensar na morte é bem mais normal do que aquilo que possas imaginar. Aliás, tenho quase a certeza que já fizeste pelo menos uma vez na vida, uma lista de coisas que gostarias de fazer antes de morrer.

Apesar de algumas pessoas terem preferências mais peculiares, existe quase sempre um padrão, nestas listas de desejos pré-morte que me deixam fascinada sobre o quanto, o ser humano consegue ser previsível.
 

Por exemplo, no topo da lista geralmente está a frase "abraçar a maternidade/paternidade", ou então, em alguns casos mais singulares a frase "ver um amigo, ou amiga ser pai ou mãe". Ora aqui está uma coisa que eu contorno com muita facilidade. Dispenso os estranhos prazeres da maternidade, e quando o assunto é "ser tia", a verdade é que apesar de já ter alguns sobrinhos, dispenso completamente aquele ritual de visitar os recém papás, e limpar o rabinho ao recém-nascido, como se isso fosse a coisa mais gira à face da terra, porque não é.
Enfrentar um medo, também está geralmente estampado neste tipo de listas de coisas para se fazer antes de morrer, o que é muito bonito de se dizer, mas não tão bonito de se fazer tendo em conta que os medos são geralmente irracionais e sem explicação. Pois bem, imaginem bem a hipotética situação de um claustrofóbico, fazer uma tour de elevador sem paragens em pleno Burj Khalifa. Tenho a certeza que assim que chegasse ao 160º andar a pessoa já estava nas melhores das hipóteses desmaiada. Pelo menos e tal como diz o ditado a descer os anjos ajudam e poderia ser que a viagem de elevador não fosse tão má, isto supondo que não sofriam também de medo das alturas, porque nunca se sabe...
Neste desfile de coisas para se fazer antes de morrer, segue-se o casamento do melhor amigo (a). Claro que toda a gente morre de ansiedade por ver um amigo casar. Então a ansiedade aumenta drasticamente quando se é padrinho ou madrinha e se tem que gastar uma pequena fortuna para presentear os pombinhos. No meu caso, os casamentos são apenas uma excelente oportunidade para comer até cair para o lado e passar um dia inteiro a comentar a escolha do vestido de noivas (cheap wedding dresses) e a fazer previsões sobre a duração daquele matrimónio. (Por favor, diz-me que não sou a única a ser tão negra neste campo).

1: 2; 3

Segue-se as experiências relacionadas com o nudismo, entre elas dormir nu, nadar nu, ou andar simplesmente nu. Ok! Tudo bem por mim, respeito as pessoas que gostam de fazer isso, mas sejam ponderados, a vossa lista de coisas para fazer antes de morrer pode incluir qualquer tipo de nudismo, mas a minha lista, obviamente tem um item específico que me manda preservar a visão.
E para terminar por hoje, falamos ainda de rir à gargalhada! Adoro isso, e já ouvi dizer que faz bem à saúde, e que ajuda a definir os abdominais. Agora é irritante estar num convívio animado, onde toda a gente se ri em alto e bom som, até que subitamente alguém se ri como um porco asmático! Isso já não é bonito minha gente.

Para a semana falamos de mais coisas que dizem que se devem fazer antes de morrer. Deixa as tuas sugestões, prometo que probabilidade de eu concordar contigo vai ser muito pequena, mas quem sabe, talvez até me surpreendas.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

29 comentários:

  1. Desconhecia essa lista que reflete o desejo de muitos. Por acaso é coisa que nunca me meti a pensar! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Existe uma cena que penso mas não consigo concretizar: " Uma forma infalível de evitar a morte", lol
    .
    Cumprimentos Outonais.

    ResponderEliminar
  3. Uma coisa em que penso muito (que é, posso morrer a qualquer momento) mas não consigo pazear planos seja do que for, antes de... Sou de família de tipo. "É de repente". Só gostava de ter os netos mais crescidos.
    -
    O medo que espreita ...
    -
    Beijos, e um excelente dia! :)

    ResponderEliminar
  4. Já dizia a tia Lili hehe :D
    Agora a sério é nos meus medos que encontro a minha coragem ;) E nada melhor do que ler o livro do MEC que a Andreia Morais fala hoje no cantinho dela :)

    ResponderEliminar
  5. É impressionante os desejos que nos surgem perante situações de limite!

    ResponderEliminar
  6. Menina doce...!!
    Cada dia te conheço um pouquinho mais!!!
    Bjxxxxxxxx

    ResponderEliminar
  7. É engraçado como somos tão diferentes mas ao mesmo tempo, e sobretudo neste tipo de situações limite, tão iguais!
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi exactamente nisso que pensei quando estava a escrever este post!

      Eliminar
  8. E com alegria
    bom dia
    que a morte é certa
    será nostalgia
    que por cima estamos no Outono
    e dormir
    de bom sono, é bom `,~)

    Parabéns ao texto Teresa
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Interessante mas não vou pensar na morte nestes tempos mais próximos.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  10. Oi.
    Amei os vestidos, os modelos são lindos.

    Eu nunca fiz a lista das coisas que quero fazer antes de morrer, apesar de amar fazer lista para concluir tarefas.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Posso dizer que na minha (reduzida) lista de desejos, não está nenhum dos itens referidos no texto ;) :)))))))))
    Uma curiosidade: O título do teu post foi precisamente a resposta do meu médico quando uma vez lhe perguntei... «Ó Dr. porquê?»
    Tudo de bom.
    ;) :)

    ResponderEliminar
  12. Concordo contigo e acho que todos nós já pensámos na morte e no que gostaríamos de fazer antes de morrer, cada um com os seus gostos claro.

    ResponderEliminar

Instragam