Translate

quarta-feira, 17 de junho de 2020

# anos # pai

5 coisas que aprendi com o meu pai

Eu e o meu pai temos uma relação muito estranha. Não existem dúvidas que existe muito amor entre nós, mas entre eu e ele existe uma espécie de amor durão, em que nenhuma das partes dá o braço a torcer. 
Talvez por isso, não seja estranhar que as lições mais valiosas da minha vida tenham vindo dele, e acreditem ou não, na maioria dessas lições, ele nem sabia que me estava a ensinar.
1. Um 19.9 não é um 20!
Esta foi a lição mais dura de sempre, estava no 10º ano, quando no primeiro teste de história eu tirei um 19.9.
Como devem imaginar cheguei a casa feliz e orgulhosa, mas quando disse ao meu que tinha tirado essa nota, ele me disse que quem tira um 19.9 tira um 20.
Nesse momento eu percebi que estar perto (ou mesmo muito perto) de uma meta, não quer dizer que a tenhamos conseguir atingir, e na vida, as pessoas não te vão exigir um 19.9, mas sim um 20!

2. Pensar bem antes de comprar
Tenho a sorte de viver numa família que vive bem, mas nunca fomos ricos. Apesar de podermos ter alguns luxos, a verdade é que os gastos bem pensados e calculados. As estratégias de poupança e e investimento sempre foram importantes, e com o passar dos anos, aprendi a olhar para gastos, e analisar as minhas compras em função do seu real valor para mim.

3. Entende o teu patrão
O meu primeiro trabalho, tal como já vos disse em tempos, foi um grande erro, mas depois desse emprego, tive outro, e um dia eu sentia-me adoentada e comentei que ia ao médico pedir baixa, apesar de não estar assim tão mal, nesse dia o meu pai perguntou-me se eu achava isso justo? Quer dizer os patrões tem os funcionários para suprimir as necessidades de uma empresa, quando um colaborador falta, a empresa dica com uma falha, que implica um grande mudança na logística. Seria justo deixar a empresa com uma falha quando o que eu sentia não assim tão grave?
Anos mais tarde quando comecei o meu próprio negócio, percebi perfeitamente a importância que cada pessoa e cada hora de trabalho teêm para um patrão.

4. Cada um tem a sua maneira de expressar os seus sentimentos
Não expressar sentimentos também é uma forma de mostrar que se gosta de uma pessoa. O meu pai é daquele tipo de pessoas que não demonstra os seus sentimentos, não dá beijos, abraços nem diz que gosta muito de uma pessoa, e essa postura durante alguns anos deixava-me triste e com a sensação de que ele não gostava de mim. Com o passar dos anos percebi que o amor não se demonstra só dessas maneiras, existem muitas maneiras de mostrar amor pelos outros, como por exemplo o apoio incondicional que ele, apesar de calado, me deu em todas as situações.
Ironicamente, anos mais tarde, percebi que tal como ele, não sou uma daquelas pessoas de grandes demonstrações de afeto.

5. Ninguém é superior a ninguém
O meu pai trabalha como motorista, não é um trabalho chique nem elegante, mas além de ele trabalhar a fazer o que mais gosta (que é conduzir), tem um trabalho honesto e é realmente muito bom naquilo que faz.
Além disso, o meu pai pode não ter muitos estudos, mas conseguiu ajudar-me a estudar durante alguns anos, e foi o seu trabalho modesto que me levou até à faculdade (algo que o deixou muito orgulhoso).
O meu pai não é diferente de mim em nada, aliás muitas vezes acho que ele é melhor na sua arte do que eu sou na minha, por isso o ter estudos e dinheiro não é uma questão de estatuto, é uma questão de oportunidade. 
Com o meu pai, compreendi que um porteiro, um lixeiro, ou um empregado de loja podem ser tão ou mais inteligentes que eu, e por isso digo sempre bom dia com um sorriso a todos e a cada um deles.

E vocês, o que é que aprenderam com o vosso pai?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

21 comentários:

  1. Such a cool look with the checked shirt!
    xx from Bavaria/Germany, Rena
    www.dressedwithsoul.com

    ResponderEliminar
  2. Aprendemos tanto com os nossos pais, eu hoje pareço a minha mae a falar com tanto que ela me ensinou :)
    Beijocas*

    ResponderEliminar
  3. Amor complicado. Amor, amor, amor salgado...amor com sabor...com sabor amado
    .
    Deixando cumprimentos
    Um miminho 🌹

    ResponderEliminar
  4. É tão bonita a aprendizagem que fazemos com os nossos pais *-*
    O meu também me ensinou vários destes pontos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que todos eles ensinam... faz parte do "manual de instruções básicas" he he he

      Eliminar
  5. Muito bonito as lições que tu aprendeu com o seu pai, são coisas extremamente importantes :)
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderEliminar
  6. Como é sempre bom quando aprendemos algo com os nossos país, mas foi bom conehcer um pouco mais do que aprendes-te
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  7. Pensar bem antes de comprar, essa sou eu na vida. xD

    Cores do Vício

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que reconheces esses Valores transmitidos!:)
    ~~
    Beijos e um dia feliz!

    ResponderEliminar
  9. São ensinamentos que temos que levar para a vida toda 🙏

    😘https://blogdathaiara.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito das aprendizagens, todas muito bonitas <3.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar

Instragam