Translate

sexta-feira, 29 de março de 2019

# casa # casa dos pais

3 coisas positivas em voltar para a casa dos pais

Quando eu comento com alguém que depois do divórcio voltei para casa dos meus pais, as pessoas tem sempre tendência a achar que que isso é uma situação complicada e constrangedora, mas no meu caso foi exatamente o contrário que aconteceu, e ainda bem que assim foi.

1º Miminhos da mamã e do papá
Quem nunca se sentiu reconfortado com os miminhos dos papas?
Quanto a vocês não sei, mas adoro chegar a casa e dar um abraço à minha mãe e contar-lhe como foi o meu dia.

2º Já não sou uma criança
Apesar de ter consciência que serei sempre a menina deles, desde que voltei para casa do divórcio reparei que os meus pais já me tratam de forma adulta.

3º Comida boa
A não ser que a vossa mãe seja péssima cozinheira, a comida da mãe tem sempre um sabor especial. Cá em casa não é só a mãe que tem esse dom, mas também a do pai, por isso imaginam a sensação que é chegar a casa depois e um dia de trabalho e ter o jantar feito por um deles.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

18 comentários:

  1. acho que uma pessoa quando volta para casa dos pais sente-se sempre meio preso. eu gosto de fazer a minha comida e tratar das minhas coisas e detesto estar na casa dos meus pais!

    Convido-te a visitar o meu novo projeto - Table for two. É um blog sobre comida e onde comer. Acho que vais gostar! O meu primeiro post é sobre a Amélia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredita que felizmente não senti isso, quando voltei para casa dos meus pais, percebi que posso fazer isso tudo.

      Eliminar
  2. Oh algumas que falas-te realmente é mesmo verdade, acho que são coisas que faz sempre falta quando saímos de casa
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Como estou na universidade, passo a semana noutra cidade e então quando chego a casa ao fim-de-semana sabe-me por tudo!
    Ainda assim, reconheço a importância de ter um espaço próprio e liberdade!

    Um beijinho,
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, isso é importante, mas percebi que se pode equilibrar ambas as coisas!

      Eliminar
  4. Comida boa é a mais pura verdade ahaha
    A comida da minha mãe não tem igual!



    Beijinhos ♥
    https://blogdathaiara.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Parecem-me todos excelentes pontos! :) Quem me dera viver mais perto dos meus pais e não a 500 km! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. SE por um lado pode ser mau, por outro é muito positivo sim, eu também já voltei e se no inicio foi mau, pelos motivos que tive de ir, por outro foi muito bom, mesmo.
    Os nossos pais são sempre os nossos melhores amigos!
    Bjxxxx

    ResponderEliminar
  7. Quem me dera puder fazer o contrário...
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  8. Eu adoro os meus pais e gosto muito que eles vivam a 5 minutos de mim. Sinto-me bem em casa deles. Mas... não há nada como ter o nosso espaço. E nunca é a mesma coisa em casa dos pais ;) mesmo que nos tratem como adultos que somos, assim de repente consigo lembrar-me de uma mão cheia de coisas que me ia incomodar se agora voltasse para lá.

    ResponderEliminar
  9. No meu caso, depois do divórcio (para além de recomeçar tudo de novo) tive que começar a cozinhar para mim e a levar com aquela frase dos "amigos"... «O quê, divórcio, com a tua idade?» :)))))))
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  10. com o confinamento/teletrabalho tbm voltei (temporariamente) :) por cá continuarei até poer voltar ao trabalho fisico

    ResponderEliminar

Instragam