Translate

quinta-feira, 31 de março de 2022

Não ter planos, por vezes é um bom plano

março 31, 2022 34 Comments

Já alguma vez reparaste que parece existir um caminho traçado para todos nós?

E não, não me refiro ao destino, mas sim a tudo aquilo que a sociedade espera de nós!

Não estou a dizer que isso é mau, mas pode ser limitativo e sufocante, porque caso, os nossos objetivos, metas e ideias, não correspondam com o que parece estar socialmente estipulado, parece que entramos numa espécie de guerra social.

Crescemos a pensar em todos os passos que temos que dar. Crescemos a aceitar aquilo que a sociedade espera de nós, e apesar de as coisas estarem melhores, a verdade é que existem padrões que temos que preencher para sentirmos que fazemos parte de algo, mas não faz mal nenhum, não sabermos o que vamos fazer a seguir. Não ter planos, por vezes é um bom plano!

Tudo começa na escola, quando estamos na escola secundária, todos nos perguntam quando vamos para a faculdade, quando vamos começar a namorar, e quando é que vamos ter a nossa licenciatura. Quando acabamos a licenciatura e arranjamos um namorado, toda a gente nos pergunta para onde vamos trabalhar a seguir. Quando finalmente arranjamos um trabalho, parece que todo o mundo nos decide perguntar quando vamos casar. Depois de casar e querem saber quando vem o primeiro filho, e depois do primeiro filho querem saber quando vem o segundo... Isto é uma autêntica e cansativa bola de neve, e acredita em mim, estes são apenas alguns exemplos (talvez os mais óbvios da pressão social no desenvolvimento da nossa vida pessoal).


Mas não faz mal quebrar este ciclo vicioso! Ninguém deve se sentir obrigado a seguir um determinado padrão. Não faz mal nenhum, não sabermos o que vamos fazer a seguir. Não faz sentirmos que perdemos o rumo de quando em vez. Não faz mal nenhum, termos dúvidas sobre aquilo que os outros esperam de nós. Afinal de contas, ter dúvidas é algo bom, porque só tem dúvidas quem pensa e analisa uma determinada situação.

Ter dúvidas sobre o que se vai fazer a seguir é um sinal de maturidade, é um sinal de que a pessoa parou e pensou, e que vai acabar por fazer aquilo que acha que é melhor para si. Ter dúvidas é bom, ter dúvidas faz parte da vida.

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

quarta-feira, 30 de março de 2022

Uma Tarde no Parque Natural da Penha

março 30, 2022 49 Comments

Conhecido como o pulmão de Guimarães, o Parque Natural da Penha conta com 60 hectares de área verde preservada, grutas, ermidas, miradouros e ainda um parque de campismo.

Começamos a visita ao parque natural, com uma paragem obrigatória no santuário da Penha. Este local é conhecido como um dos maiores símbolos de fé de Guimarães, e é um exemplar único da arquitetura religiosa de Marques Silva, inaugurado em 1947.
O santuário encontra-se implantado no monte da Penha (conhecido também como Monte de Santa Catarina) e com 617 metros de altura é sem dúvida um dos pontos incontornáveis da paisagem do vale do Ave.

Ao longo do parque e dos seus jardins, podemos encontrar vários cantos e recantos de interesse, como fontes escondidas nas pedras, grutas, ou até mesmo capelas e ermidas.
Um dos exemplos disso é a Capela de Santa Catarina, que é nada mais, nada menos que um pequeno templo escondido entre penedos. O seu nome surgiu devido à fervorosa devoção popular a Santa Catarina.
Estudos apontam que é possível que esta capela tenha sido erguida entre os séculos XV e XVI, e desde então tem sido alvo de vários restauros.

Depois de visitado o Santuário da Penha e a Capela de Santa Catarina, caminhamos até ao PIO IX, um monumento erguido para homenagear o Papa que em 1854, permitiu que o lugar se tornasse sagrado.
f~Falamos de uma estátua de metros de altura, em mármore de Carrara, que representa o papa Pio IX a abençoar enquanto segura a bula Ineffabilis.
Aqui também encontramos um dos miradouros favoritos tantos das pessoas locais como dos turistas.

Escondida entre cavidades rochosas, encontramos a Gruta da Senhora de Lourdes, que surgiu após um benfeitor português mandar esculpir a estátua da Virgem de Lourdes e de a ter colocado numa gruta de Penha, tal como aconteceu com a história idêntica decorrida em França.

Ao lado de uma torre acastelada e sobre enormes penedos surge a Capela de São Cristóvão. Falamos aqui de um tempo religioso, cuja construção teve início em 1880 sendo benzida a 18 de junho de 1882. A construção foi adaptada de forma a albergar a imagem de S. Cristóvão.

 Além da Gruta da Senhora do Carmo e Santo Elias, é ainda possível, encontrar neste Parque natural uma ampla variedade de fauna e flora, e ainda paisagens verdadeiramente encantadoras e arrebatadoras.

E tu, já conhecias este local? 

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

terça-feira, 29 de março de 2022

O que é, e como funciona o renting automóvel?

março 29, 2022 31 Comments

Quando o assunto é comprar carro, eis que as opiniões se dividem, por isso no outro dia quando estava a falar com um grupo de amigos sobre os assuntos não foi de estranhar que as opiniões se tenham dividido. Se por um lado é mais usual comprar um veiculo, eis que o renting automóvel tem vindo a ganhar destaque entre alguns consumidores.

Mas afinal o que é o renting automóvel?
O renting automóvel é nada mais, nada menos que uma modalidade de financiamento automóvel idêntico ao já conhecido aluguer de longa duração, contudo e ao contrário do aluguer de longa duração, aqui não existe qualquer compromisso de aquisição da viatura.
Falamos portanto de uma solução de financiamento automóvel que se define por ser um contrato de aluguer de viaturas que inclui a prestação de serviços associados por um período de quilometragem já predeterminado, e mediante o pagamento de uma prestação.
Resumidamente, trata-se de uma espécie de empréstimo, mas sem grandes obrigações e com assistência incluída durante um determinado período de anos ou de quilómetros.

O mais frequente é o cliente apenas suportar os custos mensais do empréstimo, e como tal, dependendo de situação para situação, pode existir a possibilidade de pagar um valor de entrada (que se aplica principalmente por questões de seguro e administrativas). Tirando isso, se estás a pensar fazer renting automóvel, só terás que te preocupar com o desgaste da viatura, a manutenção básica (como por exemplo a troca dos óleos e da água), a limpeza e claro o combustível.
É igualmente importante que renting automóvel, já incluiu os necessário para o normal funcionamento e preservação do automóvel, o que por si só, já pouca algumas dores de cabeça.

Desta forma, é quase seguro dizer que a maior parte dos rentings são soluções mais acessíveis e flexíveis, pois permitem realizar alterações de prazo, quilometragem e serviços inicialmente contratados, sendo desta forma possível, na maior parte dos casos, ajustar o valor da prestação dos serviços.

Quanto a valores, os mesmos dependem maioritariamente da marca, do modelo e dos extras que a viatura possui, mas por norma, os valores andam em torno dos 200€ mensais.

Assim que o contrato terminar, resta apenas devolver a viatura e desta forma,a sua responsabilidade enquanto "proprietário" termina, contudo existem algumas exepções que podem acrescer uma valor extra, como por exemplo algum tipo de dano que possa existir no veiculo, que não esteja abrangido pelo seguro.

O que incluiu o serviço de renting automóvel (https://rentingfinders.pt/)

  • Apesar de os contratos variarem entre si, existem alguns serviço de apoio que são comuns, entre eles:
  • Cartão para as portagens;
  • Seguro pago por parte da empresa;
  • Manutenção preventiva (e também corretiva, uma ou mais vezes ao ano);
  • Manutenção em caso de avaria ou acidente;
  • Troca gratuita de pneus;
  • Assistência em viagem;
  • Pagamento do IUC por parte da empresa
  • Apoio e gestão da parte burocrática em caso de acidente ou sinistro;
  • Pagamento das inspeções periódicas por parte da empresa;
  • Entre outros.


Como podes ver, existem várias vantagens em optar por esta modalidade de aquisição de veículos, sendo uma opção que permite tanto a particulares como empresas, usufruírem de um automóvel topo de gama e com a melhor tecnologia. Além disso, o facto de não ser um investimento "para toda a vida", permite que o utilizador troque de carro, com relativa facilidade e rapidez.

E tu, já conhecias esta modalidade? Alguma vez recorreste ao renting car?


Facebook Renting Finders | Site Renting Finders



Este texto foi pago ou patrocinado.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

segunda-feira, 28 de março de 2022

#Resumo da semana nº12/2022

março 28, 2022 28 Comments

Finalmente a tão desejada semana de férias!

A semana que passou, foi marcada pela despedida de solteira da H, e pela chegada da BFF com quem aproveitar todos os bocadinhos para colocar a conversa em dia.

Se me segues nas redes sociais, deves ter percebido que o casamento da H, foi ontem, e em breve teremos fotografias sobre o dia, e claro, um post com todos os detalhes do look.

Legenda: 

1. Nada como aproveitar o fim-de-semana para cuidar de mim de da minha pele...

2. Vi esta peça em exposição no Sealife, e tirei uma foto que guardei no telemóvel para me lembrar todos os dias da importância de reciclar e de proteger a natureza.
Desde criança que os meus pais sempre me falaram da importância de cuidar do meio ambiente, mas quando somos adultos por vezes parece ser fácil e cómodo esquecer-me das lições que aprendi... Mas não pode e não deve ser assim. Ninguém é perfeito no que toca a cuidar do mundo, mas se todos fizermos um pouco mais hoje do que foi feito ontem, se adaptarmos o nosso estilo de vida, então talvez um dia seja possível recuperar a verdadeira beleza da fauna e da flora...

3. Começar a preparar os detalhes...

4. Com a idade os nossos patudos tendem a ter problemas de ossos e articulações, e com peso a mais, é ainda pior. Felizmente hoje em dia já existem medicamentos qie ajudam a prevenir e a retardar este tipo de problemas, e graças a isso a Becas voltou a correr e brincar... Afinal, sempre ouvi dizer que a idade é um número.
Se achas que o teu animal de estimação está mais calmo ou com algum mau estar, não hesites em visitar o veterinário, para que ele te ajude a melhorar a qualidade de vida do teu patudo.

5. Ups... É que nem gosto nem nada...

6. Aquela foto da praxe com a noiva...

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

sexta-feira, 25 de março de 2022

Linha Desfalecida - 28º Capítulo

março 25, 2022 34 Comments

Hoje entrei finalmente de férias, e por aqui continuam as boas tradições de sexta-feira desta vez com mais um capítulo da história de "Linha Desfalecida".

"Isabel começou a despertar, mas a sua visão parecia não conseguir focar como era habitual. Tentou se mexer, mas parecia que o corpo não era seu. Lembrou-se dos últimos acontecimentos e percebeu que provavelmente ainda estava drogada. De forma descoordenada levou a mão ao rosto e esfregou os olhos. Percebeu que estava deitada numa espécie de maca, mas a visão e o corpo pareciam não lhe obedecer.
Tentou se concentrar e organizar as ideias. E enquanto os últimos acontecimentos pareciam começar a fazer sentido na sua cabeça, começou a ouvir um murmúrio como se alguém estivesse a chorar.
Com muito custo Isabel virou o rosto em direção ao som, e tentou focar a visão o melhor que podia. Isabel via apenas uma mancha, mas pelo cumprimento do cabelo e estrutura física concluiu que seria outra rapariga que estava com ela. Seria ela uma cativa também? Teria ela dons? Se estava a chorar provavelmente não pertencia ao lado da Eveline, logo aquela estranha poderia ser a melhor hipótese de ambas saírem dali.
- Quem está ai? – perguntou a Isabel. – Eu consigo te ouvir e sei que estás ai… Quem és tu?
A resposta foi um longo silêncio, pelo canto do olho, e de forma desfocada Isabel percebeu que a desconhecida tinha parado de chorar e se tinha levantado. Isabel podia jurar que ela estava tensa, mas com uma imagem desfocada é impossível ter a certeza destes detalhes.
- Merda! – gritou a Isabel tentando se levantar. Nesse instante percebeu que um tubo intravenoso estava espetado no seu braço. Estavam a injetar-lhe qualquer coisa. Tentou com a mão livre retirar a agulha, mas o corpo não lhe obedecia e o braço livre caiu sobre a sua barriga. – Não sei quem tu és, mas preciso da tua ajuda!
Novamente silêncio. Ou a rapariga era surda, ou então realmente não estava ali para a ajudar. Com a visão comprometida e com os membros do corpo descoordenados era difícil pensar numa maneira de fugir. Os próprios pensamentos estavam desorganizados e confusos, e quando tentou usar os seus poderes na rapariga percebeu que existia apenas um vazio.
Desesperada Isabel parou de se mexer e ficou imóvel, tentou organizar os seus pensamentos sem grande sucesso. Começava a sentir-se mais sonolenta.
- Quanto mais te debateres mais droga essa máquina vai mandar para o teu sistema… - disse a rapariga no canto sala.
Isabel sentiu um choque. Ela reconhecia aquela voz, tentou falar mas subitamente os olhos se fecharam e ela voltou a adormecer.

Rafaela acordou numa sala que não conhecia, levantou-se e sentou-se naquilo que seria uma cama improvisada. Tentou se lembrar dos últimos acontecimentos, e de repente lembrou-se de tudo.
- Eveline!!! – gritou ela. – Que merda é esta?
- Bom dia raio de sol! – disse a Eveline surgindo por trás de uma secretária.
- Deixa-te de merdas! O que se está a passar? Porque é que me drogaste.
- Não é nada contra ti. – respondeu a Eveline. – Mas precisava de te tirar de cena, para chegar à Isabel…
- À Isabel? O que é que queres à minha irmã?
- Ela é como eu! – sorriu a Eveline. Estava verdadeiramente orgulhosa de o dizer alto e bom som. Rafaela estremeceu.
- Nem te atrevas a tocar na minha irmã! – ameaçou a Rafaela levantando-se de um salto e fitando a amiga.
- Ambas sabemos que não estás em posição de me ameaçar! – respondeu a Eveline fitando-a ameaçadoramente.
- Sempre te ajudei, eu fui tua amiga desde que soube o que te tinha acontecido, eu arranjava-te sangue… Eu dava-te o meu sangue… - atacou a Rafaela. – E a maneira que tu tens de retribuir é levando a minha irmã?
- Não era suposto a tua irmã ser como eu… Quer dizer, olha para ti! És pateticamente normal, a tua irmã também deveria ser, mas olha só ela cresceu e agora tem um dom fabuloso.
Rafaela sentiu o sangue gelar nas suas veias só de pensar naquilo que Eveline faria para ficar com o dom de Isabel. Como fora possível não perceber que Isabel tinha passado pela transição? Como não estivera presente para a ajudar?
- Qual é o dom da minha irmã?
Assim que fez a pergunta, Rafaela percebeu que o que estava em jogo era muito mais que ela e a irmã. Se Isabel já tinha passado pela transição era possível que alguém a tivesse ajudado, se assim fosse era provável que muitas mais pessoas corressem perigo.
- A tua irmã é uma manipuladora de mentes! – confessou a Eveline. – Por isso é que a deixei sedada para ter a certeza que ela não me obrigada a fazer algo que eu não quero.
- Tu sedaste a minha irmã? Só podes estar a ficar louca!
- Claro que sedei, não sei muito bem como é que o dom dela funciona, e a minha fonte de informações não sabia nada sobre ela, por isso tenho que jogar pelo seguro! Já os amigos da Isabel… esses sim, são fantásticos!
- Os amigos da Isabel?
- Os amigos, o namorado… Por ai a fora… - respondeu a Eveline. – O dom da força extrema, criar barreiras de energia, imunidade às coisas…. Fantástico, não é? Tipo tantos poderes fantásticos e todos juntos!
Enquanto Eveline caminhava de um lado para o outro Rafaela pensava numa maneira de se salvar e de salvar a irmã, mas nunca na vida conseguiria fazer frente a Eveline, pelo que precisaria de um plano melhor do que sair a correr da sala.    

Isabel sentiu que estava novamente a começar a despertar, mas tentou se manter o mais calmo possível para evitar que o dose do sedativo a deixasse novamente KO. Continuava com a visão desfocada e sem controlo dos membros, mas pelo menos estava calma e acordada.
- Desculpa se te assustei… - disse a Viviana aproximando-se da cama onde estava a Isabel.
- O que é que fazes aqui?
- É uma longa história…
- Fantástico! – ironizou a Isabel – Ajuda-me a sair daqui! Tira a merda da agulha do meu braço!
- Não posso. – respondeu a outra rapariga afastando-se da cama.
- Porque raio é que não podes? Não vez que ela me vai matar? – reclamou a Isabel.
- Ela não te quer matar a ti… Mas vai fazê-lo se for necessário…
- Se ela não me quer matar porque é que me tem aqui fechada e drogada?
- Ela quer o Hugo, a Alexa e o Marcelo… Ela vai mata-los e absorver os dons deles…
- Porque é que me estás a dizer isso em vez de fazeres alguma coisa para o evitares? Estás louca! Ajuda-me eu posso parar a Eveline.
- Não te posso ajudar… Eu quero, mas não posso. – disse a Viviana. Isabel percebeu a hesitação na voz da rapariga.
- O que é que ela te prometeu?
- Prometeu me transformar num de vocês.
- Estás completamente louca Vi! Ela não te vai transformar em nada… Assim que ela tiver o que ela quer vai te descartar…
- Não estás a perceber, fui eu que a procurei e que me ofereci para lhe dar três poderes fantásticos, e em troca, quando tudo isto acabasse ela transformava-me numa de vocês… - explicou a Viviana a chorar.
- Tu vais mandar para a mortes três pessoas inocentes… Caramba Viviana, uma dessas pessoas é o Hugo!
- Ele nunca se esforçou para me ajudar a transformar numa de vocês… sabias que existe maneira de uma pessoa normal se transformar?
Viviana gritava enquanto chorava, obviamente que o preço que ela ia pagar era realmente alto de mais, mas mesmo assim ela ia arriscar tudo conseguir o seu objetivo.
- Um dos dons permite que a pessoa transforme um humano comum num humano com dons! Não é fantástico?
- Essa merda é doentia! – reclamou a Isabel deitada, evitava se mexer para não correr o risco de causar qualquer interferência com o sedativo. – Vais matar pessoas só para atingires o teu objetivo…
- Eu não vou matar ninguém… A Eveline é que vai matar!
- O facto de não teres o sangue deles nas tuas mãos não faz de ti menos assassina do que ela… - reclamou a Isabel, depois subitamente lembrou-se que a tinha ouvido chorar. – Porque é que estavas a chorar.
- Ora essa, é óbvio que eu não queria que nada disto acontecesse!
Isabel não conseguiu deixar de pensar que toda aquela conversa era simplesmente louca e sentido, mas se ela tivesse passado pelo que a outra rapariga tinha passado, possivelmente também não teria ficado muito bem psicologicamente.
Sabia que precisava de um plano, pois era óbvio que a Viviana não a ia ajudar. Se ao menos conseguisse manter a mente livre para conseguir entrar na mente da outra rapariga…

- Alexa! – disse o Hugo entrando no quarto da irmã, ela ia reclamar alguma coisa sobre o facto de ele ter entrado sem bater à porta, mas alguma coisa no rosto dele a fez ficar calada. – Liga ao Rui, alguma coisa está errada!
- O que é que se passa? – perguntou ela enquanto pegava no telemóvel.
- A Isabel não me diz nada desde que chegamos…
- Provavelmente ela foi dormir a sesta…
- Já se passaram seis horas… Ela sabe a nossa situação não ia estar tanto tempo sem dar notícias…
- OK vou ligar ao Rui e depois vou até casa dela. Fica aqui! – disse a rapariga mais nova saindo com o telemóvel na mão.
- Eu vou contigo!
- Se aconteceu alguma coisa, não vamos entrar os dois na boca do lobo. Eu sou a melhor pessoa para entrar naquela casa e sei me defender…
Hugo ia contrariar a irmã, mas percebeu que ela tinha razão. Seguiu-a até ao jardim, mas ficou no limiar deste enquanto ela atravessava. Através do telemóvel ele explicou tudo o que estava a acontecer ao Rui que já estava a caminho."


Se ainda não tiveste a oportunidade de ler...   

1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo7º Capítulo | 8º Capítulo9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capitulo | 13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º  Capítulo | 18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo |


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

quinta-feira, 24 de março de 2022

A cápsula do tempo

março 24, 2022 30 Comments

Algures em dezembro de 2011 fiz uma cápsula do tempo

Basicamente decidi guardar numa caixa algumas coisas que resumiam a minha vida naquele momento, fechei tudo e deixei a indicação que só a poderia abrir em dezembro de 2021.

Claro que 10 anos é muito tempo e como tal, acabei por me esquecer completamente de abrir a caixa, e só agora em março, enquanto arrumava umas coisas durante o meu isolamento é que me lembrei dela.

Confesso que abrir a minha cápsula do tempo foi realmente um mix de sensações. Lá dentro encontrei fotografias (algumas do meu ex marido, pois na altura já éramos namorados), do pessoal da faculdade, do lançamento do meu primeiro livro, e ainda de amigos com os quais já não tenho laços de amizade. 

Encontrei também o meu cartão da faculdade, um bilhete de cinema para o filme "Gato das Botas", um bilhete de uma exposição, e um CD com músicas que gostava de ouvir naquele ano.

Também tinha dentro da cápsula, um jornal com uma notícia que em 2011 me marcou. Era uma notícia sobre os pescadores de Caxinas que sobreviveram a um naufrágio. Esta notícia marcou-me porque felizmente estes homens regressaram a casa sãos e salvos, mas a notícia veio recordar um triste incidente de anos anteriores, onde quase toda a tripulação morreu, entre eles os pais de uma colega de faculdade.

Toda a experiência da cápsula do tempo foi realmente muito boa, eu voltei a guardar tudo na caixa e faço intenções de deixar tudo por lá, até voltar a "tropeçar" nela. Também estou a ponderar colocar lá mais alguns objetos, relativos a esta fase da minha vida, assim, quando voltar a abrir a caixa daqui por mais alguns anos, vou conseguir ver a minha história através dos objetos que deixo por lá.

 

E tu, alguma vez criaste uma cápsula do tempo? Que objetos deixarias lá? 


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

quarta-feira, 23 de março de 2022

VLOG | 7 Curiosidades sobre Portugal

março 23, 2022 24 Comments

 Já sabemos que Portugal é um daqueles países cheios de história e encantos, mas além disso, Portugal está repleto de curiosidades que provavelmente nem fazes ideias que existiam.

1. A famosa tempura japonesa é afinal portuguesa
Entendo que possa parecer estranho, mas a verdade é que foram os missionários portugueses que introduziram a receita no Japão. isto porque, durante o período da quaresma, os religiosos não ingeriam carne vermelha e como tal, davam preferência ao consumo de vegetais e frutos do mar. Desta forma, surgiu a receita que hoje conhecemos como "peixinhos da horta", que é nada mais nada menos que pedaços de vegetais envoltos numa massa fina posteriormente fritos.

2. Temos uma das capitais mais antigas da Europa
Lisboa é mais antiga que Roma. Aliás Lisboa é a segunda capital europeia mais antiga logo depois de Atenas, e é mais ou menos 4 anos mais velha do que Roma. Se te estás a perguntar como isso é possível, deixa-me que te diga que muitos historiadores acreditam que Lisboa foi estabelecida pelos fenícios perto de 1200 antes de Cristo.

3. A livraria mais antiga do mundo
Também é em Lisboa que se encontra a livraria mais antiga do mundo. Nesta livraria do Chiado já se vendem livros desde 1732.

4. A Aliança mais antiga do mundo
A aliança Luso-Britânica é a mais antiga do mundo ela foi assinada em 1373 e está em vigor até hoje. Ao longo dos anos, os dois países aliaram-se em diferentes guerras. Por exemplo o Reino Unido entrou na Guerra Peninsular Ibérica, como aliado de Portugal, e Portugal entrou na Primeira Guerra Mundial, como aliado de Inglaterra.

5. A calçada portuguesa foi inspirada num rinoceronte branco
Por volta do ano 1500, por decisão de D. Manuel I, procedeu-se ao início do calcetamento das ruas de Lisboa para uma enorme celebração. Integrado na exuberante demonstração de exotismo estava Ganga, um rinoceronte branco. Entretanto, e porque a tão desejada celebração estava prevista para janeiro, e com as ruas cobertas de lama, foi então decidido que as mesmas fossem calcetas para evitar que o rinoceronte calcasse o chão e sujasse a comitiva.

6. O português é falado em 5 continentes
Devido a todo o processo de conquista e exploração colonial, a língua portuguesa é ainda hoje em dia a quinta língua mais falada em todo o mundo, com cerca de 273 milhões de falantes, depois do mandarim, inglês, espanhol e árabe. Atualmente a língua portuguesa é fala em 5 continentes e é a língua oficial de 9 países.

7. Elevado consumo de peixe

A alimentação é muito importante para o povo português, não deves de todo ficar surpreso se eu te disser que Portugal é o terceiro pais do mundo que consome mais peixe. Apenas o Japão e a Islândia estão à frente de Portugal, quando o assunto é o consumo de peixe. Só para teres noção os cidadãos do Açores comem cerca de 76 quilos de peixe por ano, o que é um valor muito superior à média mundial que é de apenas 16 quilos.


Se gostaste destas curiosidades e gostavas de saber mais alguns fatos curiosos então não podes perder o vídeo que já está disponível no canal.

E tu, gostaste destas curiosidades? Qual foi a que mais te surpreendeu?


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

terça-feira, 22 de março de 2022

A Primavera chegou, tendências para esta estação colorida

março 22, 2022 31 Comments
Com a chegada da primavera para além das flores e das cores da natureza, chega também a vontade de trazer essa cor para as novas vidas através dos looks, da beleza e até decoração de casa.
Chegam novas tendências e nesta estação apalavra de ordem é diversão da cor!

Por isso hoje vou trazer-te alguns exemplos dessas tendências para te inspirares :)

Começamos com a roupa, esta estação algumas tendências que podes esperar:

- looks cheios de cor (1 stradivaruis, 2 zara), soutiens que viram tops (3 stradivaruis, 4 tezenis), conjuntos completos e monocromáticos (5 e 6 zara), mini saias (7 stradivarius e 8 salsa) , franjas (9 zara), padrões e cortes diferentes (10 zara, 11 stradivaius e 12 pull & bear).


Agora deixo-vos com o look que recriei para vos inspirar!

Ligerie/Top - @reverie_oficial
Calças e Casaco - @kiwi.fafe


Na maquilhagem e nas unhas vai ser a diversão máxima ou a naturalidade máxima é só escolher:

- O Gloss voltou em força e nesta primavera queremos ver os lábios a reluzir 
- Brilhantes 3D tanto na maquilhagem como nas unhas estão em alta e tens mesmo de experimentar esta tendência (mesmo numa maquilhagem super simples este pode ser o toque especial)
- Eyeliner gráfico preto ou, preferencialmente, colorido, aposta nos tons pastel e neon
- O glitter e o brilho não pode faltar, tanto na maquilhagem como no corpo e nas unhas
- Sobrancelhas naturais e despenteadas, aquela trend mega fácil de conseguir eheh (pdem també usar o famoso brow lamination que está em alta)
- Os lábios anos 90 voltaram em força, um delineado mais carregado que o interior 
- Tanto nas unhas como na maquilhagem o tradicional no makeup makeup estão também em alta 
- Sim maquilhagem bronzeada e pele beijada pelo sol também continua em alta, acho que é aquela maquilhagem que não pode faltar quando o sol aquece (vá na verdade todo o ano)
- Ainda nas unhas aposta em padrões (principalmente os florais), em tons variados especialmente os pasteis, e abusa dos sitckers divertidos na nail art (basicamente podem tudo eheh)


Não podia faltar a minha inspiração para vocês claro, maquilhagem super colorida, rosto e corpo luminosos e lábios com brilho (e unhas também eheh) - podem ver o reels desta maquilhagem no meu instagram 


Para a vossa casa e a vossa vida a primavera pede flores, decoração colorida, se forem como eu canecas cheias de cor vida, velas e aromas por toda a casa. Mas o mais importante de tudo que se divirtam neste caminho de aproveitar a primavera!


Caneca maravilhosa da coleção Frida Kahalo que podem encontrar na Vanilla Vice
  (tem desde canecas a jarras para colorir a vossa casa e o vosso dia a dia)


Espero que tenham gostado deste post e claro já quero saber como vão colorir a vossa vida e quais as tendências que não vão poder faltar?


Beijinhos Coloridos,
Soraia Vilela


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

segunda-feira, 21 de março de 2022

#Resumo da semana nº11/2022

março 21, 2022 32 Comments

Não sei se foi por causa dos sete dias de isolamento, mas parece que março está a passar a voar. Esta semana vai ser de muito trabalho, mas o lado bom é que na sexta-feira posso respirar de alívio porque depois vou estar uma semana de férias.

Além do casamento da irmã da BFF, e do aniversário da minha mãe, para já ainda não tenho muitos planos para a semana de férias, mas quero aproveitar para descansar e claro aproveitar o tempo livre para criar conteúdos para o blog. 

Legenda:

1. A estrada para o sucesso está sempre em constante construção.

2. Aproveitei os meus dias de isolamento para fazer alguns trabalhos manuais... Desta vez fiz umas flores decorativas e em breve teremos um DIY no blog!

3. Chegar a casa e ter mimos da @zaful à minha espera...

4. Sushi Time...

5. A Egas (tal como a maioria dos gatos que conheço) detesta tomar banho, mas de vez em quando lá tem que ser...
Nos minutos que se seguem ao banho, ela fica genuinamente chateada comigo, mas felizmente à medida que o pelo vai secando, ela também deixa de estar amuada, e por isso ao final dia, já volta a fazer as suas habituais poses para as fotografias...

6. Às vezes paro, penso, analiso... E não chego a conclusão nenhuma.

7. No outro dia disse que a massa era aquela comida democrática que agrada a quase todas as pessoas, mas sejamos sinceros, se a massa é democrática, então o bacalhau é o verdadeiro aristocrata que se adapta a todas e quase sempre agrada a todos...
Desta vez o clássico foi bacalhau à Braga, uma combinação que adoro...


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

sexta-feira, 18 de março de 2022

Linha Desfalecida - 27º Capítulo

março 18, 2022 20 Comments

Tal como indiquei algumas semanas atrás, estou a encaminhar a história do "Linha Desfalecida" para a reta final, contudo, não quero acabar a história às pressas e acabar por a estragar. De qualquer forma, creio que já não deve faltar muito.

"Na manhã seguinte, tanto a Alexa, como o Rui e o Marcelo, decidiram ir ao encontro de Isabel e Hugo, para estabelecerem um novo plano. O plano de Rui e Samanta de seguirem tanto a Alexa como o Hugo e Isabel não trouxe frutos à investigação, por isso, além da marca e da cor do carro que os seguia, eles continuavam sem grandes informações sobre o que podiam fazer a seguir.
- Acho que devíamos ligar ao meu irmão! – disse a Alexa sentada no banco de trás. – Não o quero apanhar a ter relações sexuais loucas e despedidas com a Isabel.
- É realmente um risco… - concordou o Rui rindo. – Apesar de não o ver a fazer isso sabendo que podemos aparecer a qualquer momento, acho melhor tu lhe ligares!
- Porque eu? – reclamou a Alexa.
- Porque és irmã dele. E de certeza que já lhe interrompeste alguma coisa algures na vida! Mais uma não faz diferença.
- Foi só uma vez e foi sem querer! – exclamou ela rindo, mas pegando no telemóvel e ligando ao irmão. Depois de uma rápida conversa desligou.
- Interrompeste? – perguntou o Marcelo rindo enquanto conduzia o carro.
- Não! – respondeu a Alexa sorrindo.
Minutos depois chegaram ao local onde o Hugo e Isabel arrumavam as últimas coisas na mala do carro.
- Bom dia! – exclamou animadamente Isabel.
- Estás muito bem disposta! – exclamou a Alexa com um sorriso malandro. Isabel fitou-a confusa. – Já tu maninho, está com um ar cansado…
- Passamos a noite quase toda, acordados. – respondeu ele inocentemente, Alexa ergueu o sobrolho, mas o Rui fez questão de lhe dar uma cotovelada, como que lhe dizendo que não era nada disso que ela estava a pensar.
- Passou-se alguma coisa? – perguntou o Marcelo.
- Conseguimos encontrar o gatilho dos dons da Isabel. – respondeu ele que depois rapidamente explicou aos amigos as últimas descobertas.
- Oh fantástico, temos aqui uma pequena manipuladora de desejos! – exclamou a Alexa fitando a Isabel.
Isabel fitou-a em silêncio, o facto de ter aprendido a controlar os seus dons deixara-a muito mais confiante e de repente já não sentia tanto medo da irmã do Hugo.
- O que é que ela está a fazer? – perguntou o Rui vendo a concentração de Isabel em Alexa.
Depois de alguns minutos, Alexa gritou, um grito de frustração que encheu o ar e ocupou o silêncio da praia.
- Wow! – disse o Rui enquanto a Alexa gritava. – A energia da tua irmã está a mudar!
- Como assim?
- É como se ele estivesse mais leve!
Subitamente o grito acabou, Alexa tinha os olhos com água, e agora fitava a Isabel chateada.
- Sua cabra! – disse a Alexa atirando-se sobre a Isabel que cai só com a força com que a outra rapariga a tinha empurrado.
- Alexa! – gritou o Hugo, ia intervir, mas o Marcelo agarrou-o.
- Deixa a Isabel se defender… - pediu o homem mais velho.
Isabel levantou-se, e voltou a fitar a Alexa que caminhava na sua direção, subitamente Alexa parou de andar e sentou-se sentia-se estranhamente cansada.
- Desculpa. – pediu a Isabel aproximando-se e estendendo-lhe a mão. Um pouco mais atrás os três rapazes observavam o que se passava.
- O que é que tu fizeste? – perguntou a Alexa fitando a mão que Isabel lhe estendia.
- A tua frustração! Fiz com que a deitasses para fora! Não sabia como o ias fazer, mas precisavas de o fazer…
- E depois disso, porque é que me sentei e me senti cansada?
- Ouvi o que o Rui disse sobre a tua energia, uma descarga de energia igual à que tiveste de certeza que te deixou cansada, apenas ampliei o que sentias.
As duas raparigas fitaram-se, sabiam que mesmo longe Marcelo estava a ouvir e a contar aos outros dois o que se estava a passar na conversa delas as duas.
Alexa aceitou a mão de Isabel e levantou-se, aproximando-se dela, não falou porque saberia que o Marcelo iria ouvir, por isso de costas para eles apenas mexeu os lábios, para desenhar um “obrigada”.
Isabel acenou e as duas foram para a beira dos amigos.
- Isso foi muito bonito e impressionante… - disse o Rui fitando a Isabel com orgulho. – Mas ainda temos outro problema para resolver!
- Não podemos fazer muito mais sem pelo menos termos mais informações! – disse o Marcelo.
- Seja quem for, não nos seguiu durante o fim-de-semana. – observou a Alexa – Ou percebeu que já sabemos que estamos a ser seguidos, ou então não faz perseguições ao fim-de-semana!
- Isso não é de todo mal pensado! – observou o Hugo, todos o fitaram sem perceber. – Se a pessoa que nos segue for como nós pode viver escondida como nós. Por isso, supondo que tem família e amigos, provavelmente ao fim-de-semana seria o tempo que teria de lhes disponibilizar sem dar nas vistas…
- É uma hipótese válida. – concordou o Marcelo.
- E tem que ser alguém que frequente os mesmos círculos que nós, deve ter visto algo estranho acontecer e começou a desconfiar… - disse a Alexa.
- Isso pode não ser verdade, a Samanta não fazia parte do círculo de pessoas com quem convivemos… Ela tornou-se parte porque me estava a seguir.
- Ou seja, estamos à procura de alguém, que está sempre onde nós estamos. Ou que surge várias vezes no mesmo contexto… - resumiu a Isabel.
- Ah e tem que ser alguém maior de idade. Se está a conduzir um carro para nos seguir, suponho que tenha a carta de condução. – disse a Alexa.
- Acho que é algo válido e que nos podemos agarrar a isso. – concordou o Marcelo. – Mais ideias?
Todos trocaram olhares. Ninguém tinha mais ideia e ninguém fazia ideia de como contribuir para a resolução do problema.
- Vamos para casa, e tentem se manter o mais perto uns dos outros sem dar nas vistas.   
- Vocês os dois ficam juntos, eu fico com o meu irmão, a Isabel vive na casa em frente à nossa, por isso acho que estamos perto suficientes… Logo à noite encontramo-nos no café."

Isabel entrou em casa e como habitual estava tudo calmo, sentiu-se nervosa, mas sabia que essa sensação se devia ao facto de estar com nervosos à flor da pele e por temer pela sua própria segurança. De qualquer forma em casa estava segura, e não havida nada a temer. Deixou as coisas do acampamento junto à porta interna que dava acesso à garagem.
- Rafaela! Já cheguei! – gritou ela. Junto ao limiar da porta surgiu a Eveline que lhe fez sinal para fazer pouco barulho.
- A tua irmã está com uma crise de enxaqueca e foi se deitar um bocado. Eu fiquei por aqui mais um pouco, disse que fazia o jantar.
- Oh não era preciso eu já lanchei com os meus amigos. – disse a Isabel servindo-se de um copo de água.
- Correu bem, o acampamento com os teus amigos? – perguntou a Eveline encostando-se ao balcão. Isabel acenou enquanto bebia. – Resolveste as coisas com o teu namorado?
- Podemos dizer que sim! – exclamou a Isabel pousando o copo na banca da cozinha. – Vou arrumar as tralhas na garagem.
Isabel afastou-se, pegou nas coisas e abriu a porta que dava acesso à garagem, assim que desceu as escadas paralisou. Estacionado num dos três lugares de estacionamento da casa estava um Volkswagen preto.
- Eve!!! – exclamou ela. – De quem é este carro?
Isabel tentava parecer o mais calma e relaxada possível, mas o seu coração batia freneticamente.
- É meu! Gostas? – perguntou a amiga do cimo das escadas. – O meu outro carro estava a dar muito problemas, tive que trocar… Cenas no motor e afins…
- Ah boa! Sim, fizeste bem! – concordou a Isabel enquanto tentava parecer descontraída. Começou a arrumar a arrumar as coisas, Eveline fitava-a do cimo das escadas. Qual era a probabilidade de ser uma amiga de infância da irmã que a estava a seguir? E qual era a probabilidade de ela lhe fazer mal?
Isabel estava tão absorvida pelos seus pensamentos que deixou de observara a Eveline pelo canto do olho por um segundo, porém esse foi o tempo necessário para que ela aparecesse ao seu lado.
- Desculpa Isa! – pediu a Eveline. Isabel sentiu uma picada no pescoço e antes que conseguisse usar os seus dons, adormeceu."


Se ainda não tiveste a oportunidade de ler...   

1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo7º Capítulo | 8º Capítulo9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capitulo | 13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º  Capítulo | 18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º capítulo | 26º Capítulo |

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

quarta-feira, 16 de março de 2022

Primavera é sinónimo de t-shirts

março 16, 2022 32 Comments

Se tal como eu, fazes parte daquele grupo de pessoas que está ansiosa para receber a primavera e mal podes esperar para tirar dos armários as roupas mais frescas, então este post é para ti!
Hoje decidi fazer a minha epopeia aos dias quentes e visitei a Zaful em busca de blusas, t-shirts e tops bem frescos e bonitos para os dias mais quentes.

A Zaful tem uma excelente e diversificada secção de tendências a preços atrativos, por isso não temos desculpa para não visitar e quem sabe fazer compras e trazer para casa algumas peças a preços mais vantajoso. Afinal de contas sabe sempre bem comprar roupa nova, principalmente se o preço nos for favorável, não é?

Pessoalmente não resisto a t-shirts, acho que juntamente com as calças de ganga, as t-shirts vão ser sempre uma das minhas peças de roupa favoritas, primeiro porque podem ser peças práticas e casuais, contudo quando bem combinadas dão a um look aquele toque especial que faltava.
Os tops, também deixaram de ser uma peça associada a adolescentes, e saltou para os looks formais, desportivos, casuais e podem ser usados em qualquer altura desde que sejam combinados com bom gosto. Cada vez mais estas peças assumem destaque na vida as mulheres que prontas para o calor não dispensam uma peça de roupa fresca e reduzida.

Cada vez mais comuns nos armários das mulheres de qualquer idade, as t-shirts são uma peça obrigatória para qualquer mulher, a variedade de cores e modelos é muita e tal como disse, por este e por outros motivos os tops e as t-shirts tem vindo a ganhar terreno na construção de looks desde os mais casuais aos mais formais.

E vocês gostam de t-shirts? Como é que as usas habitualmente?

Se gostaste das t-shirts que escolhi para renovar o meu armário, e queres comprar algumas peças para ti, usa o código “22zaful”, e tem 22% de desconto na tua próxima compra!


Facebook Zaful | Site Zaful



Este texto foi pago ou patrocinado.



Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

terça-feira, 15 de março de 2022

Como é o dia-a-dia de um quartel dos bombeiros?

março 15, 2022 30 Comments

O primeiro relato que existe sobre a existência de bombeiros remete a 27 A.C., na antiga Roma e referia-se sobretudo a uma organização de combate aos fogos que tinha como objetivo patrulhar as ruas da cidade e impedir qualquer tipo de incêndio. Contudo hoje sabemos que uma corporação de bombeiros é mais do isso, hoje em dia, eles não combatem só fogos, eles auxiliam as pessoas, transportam doentes, auxiliam em acidentes, entre muitas outras coisas...

Nos bombeiros de Moreira da Maia, cerca de 90% das ocorrências são relacionadas com saúde, mas não te assustes, isso não quer dizer que todos os casos são graves, para os bombeiros apenas é considerado uma urgência aquilo que o serviço de saúde determina. Mas nada de pânico! Sei que o que para mim não é uma urgência pode ser para ti, e por isso os bombeiros estão lá para te ajudar e te levar ao hospital caso seja necessário.

 

Mas porque quando falamos em bombeiros o primeiro pensamento são os fogos e os incêndios, não é de estranhar que a qualquer momento a sirene se faça ouvir para assinar a marcha de urgência. 

Tudo começa na central, onde 24 sob 24 horas, alguém filtra os contactos, várias vezes ao dia, e por vezes, com contactos em simultâneo, aqui começa o filtro das prioridades. 

Qual é motivo da chamada? É preciso o INEM? É um transporte não urgente? É um fogo? Que tipo de fogo? Industrial? Residencial? De mato? Todas as perguntas devem ter uma resposta antes de os tanto homens como veículos para o incidente.

Cada incidente é único e como tal, a seleção do veículo é feita cuidadosamente, dependendo do que vão encontrar no local, podem ser necessários diferentes equipamentos que prestam auxilio em diferentes situações, mas tal como foi explicado pelo Comandante Carvalho, por vezes, nem os Homens sabem o que vão encontrar até chegarem ao local, e acredita, muitas vezes o local surpreende!

 

E por nunca se saber o que se vai encontrar, a preparação é fundamental, nas instalações dos Bombeiros de Moreira da Maia existe uma casa escola, que serve para serem feitos os treinos aos sábados de manhã. Na escola treino encontramos um prédio de três com 3 andares com cerca de 30 metros de altura. Aqui encontramos saliências junto às janelas, que funcionam como uma espécie de varanda ou parapeito de janela para que sejam colocadas as escadas de ganchos, para simular a entrada num prédio absolutamente normal, durante um incêndio.

E se a experiência tem o seu peso, a preparação é fundamental, que o digam, os cerca de 50 homens destacados para o aeroporto Francisco Sá Carneiro que em caso de uma emergência tem apenas 3 minutos para chegarem ao local e controlarem a situação. Por isso, e ao contrário dos colegas que se encontram no quartel, estes elementos estão sempre fardados e prontos a entrar em ação.


Apesar de ainda existirem muitas mudanças a serem feitas para melhorarem todos os processos, sabemos que hoje em dia é muito mais fácil manter-se uma comunicação constante entre as equipas, os responsáveis e a central. Tudo fica registado, desde os contactos às operações realizadas, segundo o Comandante, que já conta com vários anos de experiência, hoje em dia é tudo muito mais exigente. Também a monitorização e acompanhamento das zonas de incendido, é feita cuidadosamente, ficando sempre registadas as coordenadas, e sendo sempre realizado um relatório de cada ocorrência.

Não posso (nem devo), terminar esta publicação sem referir que todo o trabalho que os bombeiros desenvolvem, coloca muitas vezes as suas em risco para salvar a de terceiros, e que para isso existe um conjunto de pessoas que mesmo "invisíveis" para nós desenvolvem um trabalho fundamental. Hoje sabemos que ainda existem muitas coisas que podem ser melhoradas, mas o processo de melhoria e adaptação é algo constante e apesar disso, são feitos sempre todos os possíveis para dar resposta a todas as situações.


O que achaste desta experiência? Gostaste de conhecer os bastidores de um quartel de bombeiros?

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

segunda-feira, 14 de março de 2022

#Resumo da semana nº10/2022

março 14, 2022 25 Comments

Nada como regressar à rotina depois de sete dias de isolamento. Os dias passados em casa foram bons para fazer uma serie de coisas que tinha pendentes aqui no blog, e claro aproveitei, para fazer uma daquelas mega arrumações aqui no quarto.

Os sintomas mantiveram-se ligeiros mas apesar disso ainda continuo com bastante tosse, mas tirando isso sinto-me bem. Como te disse eu não lido muito bem psicologicamente com o facto de estar longe das pessoas que amo, por isso assim que o isolamento terminou eu aproveitei para estar com a família e com os amigos.

Legenda:


1. Hoje a minha princesa mais velha faz 7 anos!
Ou melhor faz hoje 7 anos que a resgatei do canil... Ninguém sabe ao certo quando ela nasceu, e por isso celebramos o aniversário no dia da adopção...
Em 7 anos já passamos por muita coisa juntas... coisas boas, menos boas e más, mas sempre juntas, e por isso celebramos de forma especial e intensa!
Parabéns princesa!

2. Já consigo sentir o regresso à rotina depois destes 7 dias de isolamento.

3. Almoço sozinha, mas almoço bem...


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

sexta-feira, 11 de março de 2022

Linha Desfalecida - 26º Capítulo

março 11, 2022 28 Comments

O lado positivo do meu isolamento é que eu tive o tão desejado tempo livre para me dedicar como queria à história do "Linha Desfalecida", por isso e como habitual, hoje deixo por aqui mais um capitulo desta história.

"Assim que entraram no café, o Rui e a Samanta sentaram-se num dos lugares do balcão. Por trás deste Alexa aproximou-se.
- O que é que ela faz aqui? – perguntou a Alexa sem rodeios.
- Ela está a ajudar! – respondeu o Rui.
- O meu irmão?
- Está com a Isabel a acampar…
- Bem, vou a casa de banho, assim podem falar mais à vontade. – disse a Samanta levantando-se a afastando-se.
- O que é que lhe disseste?
- Apenas o que ela precisa de saber. – respondeu o Rui. – Ela está a ajudar-me, sabemos que eu não sou o alvo, por isso tu, o Hugo, o Marcelo ou a Isabel devem ter despertado a atenção de quem nos anda a seguir.
- Como é que sabes que não és tu? – perguntou a Alexa. O Rui debruçou-se no balcão, percebeu que no outro canto o Marcelo o escutava cuidadosamente, então explicou rapidamente a teoria da Samanta. Depois de o ouvir Alexa concordou acenando com a cabeça. – Achas que estão atrás da Isabel?
- Pode ser qualquer um, qualquer um de nós pode ter chamada a atenção de outra pessoa. – disse o Rui. – A verdade é que o facto de a Isabel não saber usar os seus dons, pode a ter colocado em destaque, mas por outro lado, sabemos que é difícil despoletar o dom dela, tecnicamente ela apenas o usou meia dúzia de vezes…
- Que saibamos…. Vamos ver a psicopata pode andar a usar os dons dela no cabeleireiro! Caso contrário como é que ela teria um cabelo tão perfeito? – ironizou a Alexa, tanto o Rui como o Marcelo a fitaram confusos.
- O que é que a tua amiga sabe? – perguntou o Marcelo aproximando-se dos outros dois.
- Para já nada, mas depois disto acho que lhe vou dever uma satisfação… - confessou o Rui.
- Não lhe vais contar pois não? – questionou a Alexa chateada.
- Não sei, não consigo pensar nisso agora! Um drama de cada vez! – pediu ele – Seja como for, o facto de ela estar a ajudar sem saber patavina do que se passa, já mostra que não pode ser má pessoa.
- Ou isso ou quer saber mais coisas e está a usar o que está acontecer como desculpa! – atacou a Alexa.
- Puxa Alexa! Tens mesmo dificuldade em acreditar nas pessoas! Um pouco de fé não te fazia mal nenhum!
- Não faz mal nenhum, mas também não faz bem. Se bem te lembras da última vez que acreditei numa pessoa, o café pegou fogo e duas pessoas morreram… - reclamou ela partindo o copo que tinha na mão.
- Precisas de te acalmar. – disse o Marcelo estendendo-lhe um pano para ela limpar o sangue.
- Eu estou bem! Apenas fico chateada que nos estejam a colocar em perigo! Primeiro o meu irmão decide ajudar a Isabel, eu até gosto dela, mas acho que foi um risco desnecessário! E agora o teu sobrinho quer contar a uma perfeita desconhecida que o anda a seguir a verdade! – reclamou a rapariga – A mim parece exagerado ter fé. Vou lá dentro limpar a ferida! – terminou ela afastando-se para dentro do café.
- Ela não deixa de ter razão. – acrescentou o Marcelo servindo uma bebida ao sobrinho.
- Eu sei que sim. Mas nenhum de nós tem culpa do que aconteceu no passado.
- Apenas acho que não faz termos cuidado, não sabemos o que as pessoas podem fazer com tanta informação… - Marcelo calou-se ao ver que Samanta se aproximava. – O que vai ser?
- Uma coca-cola por favor! – pediu a Samanta sentando-se ao lado do Rui, assim que o Marcelo a serviu e se afastou, ela perguntou – Acho que os teus amigos não ficaram muito feliz por eu estar aqui… Se quiseres eu vou me embora.
- Não! – exclamou ele. – Eles até podem ter razão… - começou o Rui sabendo que o tio o estava a ouvir. – Mas infelizmente as coisas não são só branco ou preto, e por vezes é preciso encontrar o tom de cinzento ideal!

- Vá preciso que te concentres. – pediu o Hugo a Isabel. – Faz com que eu abra a lata da comida!
- Estou a tentar… - disse a Isabel serrando os olhos. Fez-se um silêncio profundo, e ela abriu um dos olhos. – Funcionou?
- Não! – disse o Hugo ligeiramente frustrado.
- Talvez eu não esteja com fome suficiente! – exclamou a Isabel igualmente frustrada.
- Tem que existir um gatilho. Não pode ser só a tua vontade extrema de algo que ative o teu dom…
- Começo a achar que o meu dom vem com defeito! Ele só funciona quando quero mesmo muito uma coisa!
- Talvez seja esse o teu gatilho, a necessidade! – afirmou o Hugo sentando-se na areia à beira da tenda, estava de noite e a luz da fogueira iluminava o rosto dele. Isabel sentou-se ao seu lado. – No assalto, tu estavas com medo, temias pela tua vida por isso o dom foi ativado e o ladrão fez aquilo que mais querias naquele momento… Que ele se fosse embora, ou seja o instinto de sobrevivência. O nosso beijo, aconteceu porque desejavas muito isso, e aqui falamos de desejo sexual… Será que o teu dom está apenas relacionado com os instintos mais primitivos?
- A teoria é muito bonita, mas isso não explica o motivo pelo qual a professora foi embora… Não ter aula de história não me parece uma questão de sobrevivência e muito menos me parece uma questão sexual…
Isabel fitou o Hugo, que sorriu perante o raciocínio da namorada.
- Se estamos em perigo, e eu acredito na teoria do Rui e da Samanta, então tu podes ser um dos alvos, precisas de te saber defender… Ou quem sabe de ajudar qualquer um de nós. Tens um dom fabuloso que nos pode ajudar em caso de perigo, precisamos de saber como o ativar.
- Começo a ficar frustrada! – reclamou ela. – Sinto que vocês estão em perigo por minha causa, e que precisam da minha ajuda… E olha só, nem a porcaria de uma lata de sardinhas em conserva consigo abrir!
Enquanto ela reclamava, Hugo sentiu algo a mudar dentro de si, subitamente sentia uma ligeira fome, mas não o suficiente para se esticar e pegar na lata.
- Continua! Não sei o que estás a fazer mas continua!
Isabel fitou-o surpreendida, mas tentou não perder o raciocínio.
- Quer dizer, bem podemos todos morrer à fome… ou à sede… Ou simplesmente morrer… - continuo ela fitando-o. Subitamente ele esticou o braço e abriu a lata. – Funcionou?
- Sim. – sorriu ele mostrando-lhe a lata aberta.
- Já percebi como funciona o teu dom! – exclamou ele pousando a lata. – Estava certo! Está relacionado com o instinto primitivo, mas não com o teu, mas sim com o da pessoa influenciada.
- Não estou a perceber…
- O assaltante, o instinto dele era fugir dali, de certeza que ele estava ansioso para acabar o assalto e fugir antes que alguma coisa corresse mal, tu aceleraste o instinto dele de fugir. No nosso beijo… Eu já te desejava e queria-te beijar, tu ampliaste o sentimento, e eu beijei-te não porque querias, mas porque eu queria… E a professora… Bem provavelmente ela também não queria dar aquela aula, e tu ampliaste o motivo dela, seja ele qual for, para se ir embora. E agora com a comida, tu ampliaste o sentimento de fome, dai eu ter sentido necessidade de abrir a lata para comer… Eu não sentia fome até começares a dizer que todos podiam morrer de fome…
- Isso quer dizer que na prática eu não influencio as pessoas a fazerem o que eu quero, mas sim o que elas querem… Não me parece muito útil.
- Isso depende do ponto de vista. – respondeu ele sorrindo. – Não as podes influenciar a fazerem o que tu queres, mas se souberes o que elas querem ou precisam podes influenciar a tomada de decisão! Tens é que mudar a perspetiva do teu dom, não podes dizer a elas o que queres que façam, mas sim, dar-lhes o que elas querem de forma vantajosa para ti!
- Isso vai ser fantástico nas próximas eleições! – brincou ela."


Se ainda não tiveste a oportunidade de ler...   

1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo7º Capítulo | 8º Capítulo9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capitulo | 13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º  Capítulo | 18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º capítulo |

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

Instragam