Translate

sexta-feira, 31 de julho de 2020

7 do momento... nº64

julho 31, 2020 17 Comments
Era completamente impensável terminar o mês sem a edição habitual de os "7 do momento". Por isso já sabem como é, peguem nos vossos blocos de notas e levem as 7 sugestões que preparei para vocês.
Durante as últimas duas semanas, já te falei várias vezes das aulas de marketing digital da Swonkie Academy. Acredita em mim, estas aulas tem uma enorme variedade de temas, desde e-comerce, SEO, como publicar nas redes sociais entre muitas outras coisas, além disso as aulas (2 por dia desde dia 13 de julho a 06 de agosto) são completamente gratuitas.
Continuo esta esta edição de os "7 do Momento" falando-te de um dos meus canais favoritos do Youtube. "Você Sabia', é um canal brasileiro, bastante animado e com bastantes informações e curiosidades. Os factos apresentados, são explicados calmamente e de forma clara, além disso muitos dos temas abordados são diferentes daquilo que consideras normal e vulgar.
No que diz respeito a série, quero-te falar da série "A Falha", conta a história de seis pessoas que regressam do mundo dos mortos com um bloqueio de memória e sem saber por que motivo estão vivos novamente, criando um ambiente de mistério em aventura enquanto se perguntam o que está acontecer.
A minha sugestão literária desta edição de os "7 do momento", é o livro "A casa dos sete pecados" de Mari Pau Dominguez. Um romance histórico que gira em torno de Filipe II de Espanha e da sua vida amorosa numa corte bem complicada e onde os rumores não param.
Decidi voltar a apostar nas minhas unhas e no seu crescimento. Assim que elas vão crescendo eu vou-me divertindo com novas cores. Então acabei por me cruzar com os vernizes "Maria Inocos" e estou a adorar, não só as cores, mas a textura e a cobertura destes vernizes.
E para terminar trouxe duas sugestões cinematográficas, a primeira é o filme "O Intruso" de 2019, dirigido por Deon Taylor e que conta a história de um jovem casal, que ao comprar uma nova casa, percebe que o antigo dono tinhas laços mais fortes que o normal com a antiga habitação. O filme de suspense intenso do inicio ao fim.
E porque não podia faltar, tenho que partilhar uma sugestão de filmes de terror. "Annabelle" é um dos grandes clássicos do género. O filme de 2014 dirigido por John R. Leonetti é o início de uma trilogia inquietante e marcante sobre uma boneca assombrada e capaz de tudo para atingir aquilo que quer.

 Já conhecias estas sugestões? Qual foi a tua favorita?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quinta-feira, 30 de julho de 2020

5 minutos para conhecer... Magui

julho 30, 2020 22 Comments
Na edição desta semana da rubrica "5 minutos para conhecer" vamos receber a Magui, a autora do blog "Este blog tem dias", um cantinho com muito sentido de humor que é o espelho da autora de 53 anos que trabalha na função pública.
Ontem é só Memória: Quando eu era criança e me perguntavam o que queria ser quando fosse adulta respondia sempre que...
Magui:
...francamente não me lembro de em criança ter um sonho por alguma profissão. Na adolescência sim, queria ser jornalista. Tinha uma ideia romântica acerca do jornalismo. Achava que os jornalistas podiam mudar um bocadinho o mundo. A palavra é uma arma, sempre me fez sentido. Queria viajar pelo mundo, reportar e denunciar a injustiça e a maldade. Não sou jornalista, mas gosto de pensar que todos os dias mudo um pouco o meu mundo com as minhas ações, com os meus gestos e palavras.
Ontem é só Memória: Tenho sempre na minha carteira óculos escuros.
Magui:
...Comecei a usar óculos na escola primária e já me sinto estranha sem eles. Nunca tive complexos nem sofri bullying por causa disso. Ando sempre com eles na cara e na carteira vão sempre os óculos escuros, também com graduação. Além disso, os óculos escuros escondem a minha timidez (e algumas rugas)
Ontem é só Memória: Ficava numa ilha deserta com... 
Magui: ...um avião e alguém que o soubesse pilotar para me trazer de volta. Não me seduz essa ideia de ilhas desertas.
Ontem é só Memória: A minha viagem de sonho é ... 
Magui: ...a próxima.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Uma tarde no Castelo de Chaves

julho 29, 2020 26 Comments
Nas minhas miniférias tirei uns dias e fui visitar Chaves, e fiquei completamente rendida.
Como não podia deixar de ser, dei comigo a caminhar pelo centro histórico da cidade, e claro, eu adorei.
O castelo de Chaves, é um dos pontos históricos de passagem obrigatórios quando se visita a cidade.
Localizado na freguesia de Santa Maria Maior, no distrito de Vila real, tem uma posição dominante sobre a elevação à beira do rio Tâmega, tendo uma orientação estratégica para a defesa da fronteira com a Galiza.

Testemunhos arqueológicos remontam a uma ocupação primitiva que nos leva até à pré-história.
Os testemuhos arqueológicos também indicam que Chaves foi um importante centro urbano, que a partir do ano de 78 se tornou a sede de município. Acredita-se que também dataria deste período a primeira muralha envolvendo a povoação, circunscrita ao centro histórico da atual cidade, onde foi erguida a Igreja Matriz.
Na época da Reconquista cristã da Península Ibérica, Chaves foi inicialmente tomada aos mouros por Afonso III de Leão (866-910), que teria determinado uma reconstrução de suas defesas.
Chaves foi palco de algumas batalhas, e foi conquistado várias vezes, no final, o domínio de Chaves só seria devolvido a Portugal entre 1230 e o início de 1231, em virtude de negociações tratadas na vila do Sabugal (então leonesa), entre Sancho II de Portugal e Fernando III de Leão e Castela. 
Afonso III foi um dos responsáveis pela reconstrução do castelo com a ereção da torre de menagem.
Durante a guerra da restauração, o castelo de Chaves, voltou à ação tendo sido modernizadas as defesas, adaptadas aos então modernos tiros de artilharia. Para esse fim, entre 1658 e 1662 foram reconstruídas as muralhas da vila, mais baixas, com traçado abaluartado, escavados fossos secos, colocadas estacas no Alto da Trindade, e erguidos o Revelim da Madalena e o Forte de São Francisco.

Do castelo medieval sobreviveu apenas parte da muralha e a Torre de Menagem. Esta, apresenta planta quadrangular com as dimensões de doze metros de largura por cerca de vinte e oito metros de altura, dividida internamente em rés-do-chão (cisterna) e mais três pavimentos com teto em abóbada de berço.
Atualmente o conjunto encontra-se parcialmente envolvido por um jardim artístico, delimitado pelas muralhas.

E vocês, já visitaram o castelo e o centro histórico de Chaves? Gostavam de visitar?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

terça-feira, 28 de julho de 2020

Ser cego, surdo e mudo

julho 28, 2020 23 Comments
De certeza que já reparaste que cada vez mais, as pessoas parecem sentir necessidade de expor as suas vidas nas redes sociais, e apesar de isso em muitos casos dar um estranho sentimento de pertença, na verdade, está cientificamente comprovado, que só cria sentimentos de tristeza, frustração e solidão.
Mas as redes sociais vieram mudar o mundo, e para melhor, quando bem utilizadas. Graças a elas o conceito de "perto" mudou, a proximidade entre as pessoas é outra, e felizmente estamos todos à distância de um clique.
Também os negócios podem florescer graças às redes sociais e às influencers, a prova disso, foi o aumento das compras online que se registou durante o período de estado de emergência. Se eu procuro uns joggers ou uma loungewear, bastam meia dúzia de cliques, ver 5 reviews, esperar 4 dias para receber a encomenda e perceber que 3 influenciadores escolheram a marca, para abrir a minha encomenda em dois minutos e usa-la animadamente.
Sim, hoje é assim tão simples fazer compras, que ir para um shopping cheio de pessoas se torna até um pesadelo...
O que os olhos não veem, o coração não sente...
De certeza que já viste fotografias nas redes sociais de amigos, de conhecidos, ou até mesmo de famosos que te deixaram com sentimentos de tristeza, frustração, ou até mesmo inveja. A verdade é que as redes sociais, vendem uma imagem falsa de uma vida perfeita que é praticamente impossível existir.
Mas também o facto de as redes sociais ajudarem a expor novas realidades também funciona como gatilho para compreendermos que muitas vezes a violência, o terror, ou até mesmo a desgraças existem e nem sempre estão longe de nós. A facilidade de partilhar através de um clique pode ser também uma lição de vida, para aqueles que se recusam a sair da cúpula.

Tens dois ouvidos e uma boca...
Deves ouvir mais do que aquilo que falas
Não devemos viver cegos, surdos e mudos constantemente, mas a verdade é que esta velha máxima da sabedoria popular tem o seu valor, tanto em questões do quotidiano, como nas redes sociais. De certezas que concordas comigo, quando eu digo que o facto de de as pessoas gostarem da falar tudo e mais alguma coisa, não só as torna vulneráveis, como muito vezes ridículas, pois não param para pensar naquilo que dizem... Querem apenas dizer algo, para mostrar que tem opinião ativa (como todas as pessoas parecem defender), mas nem pensam no que isso realmente significa.
Por vezes uma imagem vale mais do que mil palavras, por isso mantenham-se surdos, cegos e mudos, e transmitam as vossas mensagens através de t-shirts com frases e mensagens e de certeza que não só se vão poupar a muitos problemas, como provavelmente vão transmitir de forma certeira a mensagem.

O que eu quero dizer com tudo isto é que agora, mais do que nunca todos nós temos que aprender a filtrar as informações que nos chegam. Sejam cegos na medida em que não comem com os olhos, e não acreditam em tudo aquilo que podem ver. Sejam surdos, não acreditem em tudo aquilo que os outros vos dizem sem conhecerem os verdadeiros factos, e sejam mudos, não falem só por falar, quando falarem, digam algo que acrescenta conteúdo, se fores falar só para fazeres barulho e te sentires parte de um grupo, então a tua voz só se vai destinar aos surdos.

O que pensas sobre este assunto?


Facebook Femme Luxe | Site Femme Luxe



Este texto foi pago ou patrocinado.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

segunda-feira, 27 de julho de 2020

#Resumo da semana nº25/2020

julho 27, 2020 20 Comments
Apesar de o calor ter dado tréguas, a verdade é que nem por isso a semana foi mais calma. Estive cheia de trabalho no escritório, mas também aqui no blog principalmente com as aulas de marketing digital que ando a ter... Claro que também aproveitei o calor e as noites quentes para sair com os amigos e estar a relaxar na esplanada, mas a verdade é que infelizmente o tempo não dá para tudo, e para se ter algo, temos que abdicar de outras coisas...
Legenda:

1. Estou com a nítida sensação de que está algo a acontecer por baixo do meu nariz... E eu não sei o que é... O que é grave porque o meu nariz é pequeno...
2. Aproveitar o fim de semana para colocar as aulas de marketing digital em dia...3. Não sei se é possível, alguém estar aborrecido durante a as férias (a mim parece impossível, mas nunca se sabe...), Mas se estiverem aborrecidos aqui fica uma excelente sugestão de leitura...
4. Petiscos de sábado a noite...
(Agora vou só ali caminhar até amanhã de manhã e já volto)


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

sábado, 25 de julho de 2020

Tinha tudo para correr mal (92º Capítulo)

julho 25, 2020 17 Comments
E pronto, chegou a hora das despedidas, por quase dois anos, este grupo de amigos, animou as minhas semanas, e espero que as tuas também.
Agora que todas as perguntas que se formaram durante cerca de 90 semanas foram respondidas, está na hora de fechar este livro com as devidas despedidas.
"Fazemos a viagem em três carros que viajam um atrás do outro, acompanhados de um calor de quase 40º. No carro da Joana sigo eu, a Lili e a bebé (que já cresceu bastante) Vitoria, e claro, como não podia deixar de ser ao seu lado vai a Peach que se tornou a melhor companhia da criança.
No carro atrás de nós viajam a Ana, o Ivo e o Rodrigo (que vai no banco de trás com o Mário e com o Luigi) e atrás deles, com o Fábio ao volante viajam o Artur, a Carlota e ao Dinis.
Quando chegamos à herdade no Alentejo onde vamos passar férias tudo parece calmo, mas o calor é insuportável, por isso refugiamo-nos todos dentro de casa onde o calor é quase esquecido graças ao ar condicionado.
- Nem acredito que finalmente estamos de férias! - Exclama a Ana sentada no chão fresco ao lado do Luigi que lhe levou o seu brinquedo favorito.
- Nem acredito em tudo o que aconteceu nos últimos meses... A quarentena, a Inspetora... - Começa a Joana enquanto se serve de uma bebida.
- O casamento da Ana do Ivo... As relações que começaram e acabaram... - Digo enquanto acendo o meu cigarro. - Falo obviamente da minha pessoa! - Brinco. Todos riem.
- Mas sejamos sinceros, mudou muita coisa no último ano... - Concordou o Artur sentando-se no sofá ao lado do Fábio, e fitando a barriga da irmã que apesar de quase não se ver, esconde já um pequeno bebé.
- As coisas estão a mudar muito depressa... - Diz o Rodrigo.
Ele foi talvez aquele que mais amadureceu no último ano, e o que mais do que nós todos, deve sentir o impacto dessa mudança.
- Sei que somos amigos, e que nada pode mudar isso, mas a nossa vida está tão deferente... Será que daqui por dois ou três anos ainda vamos fazer as coisas que fazemos hoje? - Pergunta o Ivo estendendo uma cerveja à Ana. Também ele se sentou no chão ao lado dela.
- Vamos fazer um acordo! - Diz o Artur levantando-se de um salto. - Aconteça o que acontecer, vamos prometer que de hoje a 10 anos, nos vamos encontrar no nosso café e vamos estar todos juntos, independentemente de alguma relação ter terminado, ou começado, dos vossos filhos crescerem, vamos nos reunir. São dez anos, um ano por cada um de nós... E isso não quer dizer que a gente não se vai ver mais, quer apenas dizer que vamos ter a nossa tradição para celebrar a amizade.
Todos concordamos e brindamos a isso. As amizades verdadeiras são para toda a vida, mas toda a vida é muito tempo, principalmente quando tentamos conciliar 10 vidas completamente diferentes.

10 anos depois

Aproximo-me do café calmamente, já passei a barreira dos 40 e apesar de estar sozinha, sinto-me bem comigo mesma. O Mário acompanha-me, já tem quase 12 anos e a idade começa a fazer-se sentir. Ele tem andado deprimido, desde que o Luigi morreu com um problema renal à três meses, e eu acho que está na altura de adotar outro animal para lhe fazer companhia.
Tenho que sorrir, afinal de contas passaram 10 anos e o nosso café está na mesma, vimos aqui ainda com muita frequência, talvez uma ou duas vezes por semana, e sabe bem, este será sempre o nosso café e o nosso ponto de encontro.
- Boa noite Eduarda, café? - Pergunta-me o dono do café assim que eu coloco os pés na esplanada.
- Claro que sim senhor Carlos!
Aproximo-me da mesa, onde a Ana e o Ivo me esperam e sorriem.
- Esta tradição é muito bonita, mas hoje graças a ela, senti-me muito mais velha! - Exclama a Ana rindo.
Não sei se ela dorme dentro de um frigorifico, mas, apesar de idade já se notar, ela continua com excelente aspeto. Trocou os longos cabelos loiros, por um corte mais curto e maduro, os seus fatos impecáveis, lembram-nos constantemente que ela é advogada de sucesso e sócia de uma das maiores empresas de advocacia do país.
Ela e o Ivo decidiram não ter filhos, foi um sonho adiado por motivos profissionais, tão adiado que neste momento eles nem ponderam essa hipótese.
- Boa tarde! - Diz a Lili assim que chegou à mesa e se sentou. A Vitória sentou-se na cadeira ao lado e sorriu para todos, com cerca de 11 anos, ela está tornar-se numa bonita mulher, apesar de ter ainda um rosto infantil.
Tanto a Lili e a Vitória ainda vivem com a Joana que as trata como filhas, apesar do espírito de companheirismo. A Lili conseguiu entrar na faculdade e hoje trabalha como jornalista, e tem cuidado da filha de uma forma exemplar.
- Vocês são sempre os primeiros! - Brinca o Artur enquanto nos vai dando beijinhos e abraços. Temos que juntar mais uma mesa, ele vem com o Fábio e com os dois filhos do Fábio. O casal ficou com a custódia destes dois adolescentes à cerca de 6 anos depois da ex-mulher do Fábio ter falecido com cancro dos pulmões. De inicio não foi fácil para as crianças na altura com sete e nove anos aceitarem o Artur e o facto de o o pai, deixado a mãe porque gostavam de homens mas depois com o passar dos anos, eles aprenderam a respeitar, mas acima de tudo tratam o Artur como um verdadeiro amigo e companheiro. Também a Peach os acompanha de forma muito vagarosa, ao que parece ao longo dos anos ela tem vindo a desenvolver alguns problemas nos ossos, apesar de bem está um pouco mais limitada.
- Vamos ter que juntar mais uma mesa! - Exclama o Rodrigo chegando na companhia da Joana.
Esta para mim foi uma das melhores surpresas de sempre. Apesar do desejo da Joana de ter filhos nunca se ter realizado, eles mantém uma relação discreta, e cuidam da Lili e da Vitória como filhas. Eles decidiram tentar novamente, mas não passaram ainda da fase do eterno namoro. Cada um mantém a sua casa, e o respeito pelo espaço do outro e a verdade é que funciona assim há quase 7 anos.
E para aqueles que se estão a perguntar, sim, a Joana continua fabulosa, apesar das pequenas rugas que começaram a surgir no seu rosto. É verdadeiramente uma quarentona, toda gira e boa.
O Rodrigo amadureceu bastante, deixou o seu trabalho em call center e foi trabalhar para uma fábrica de distribuição, com o passar dos anos tornou-se encarregado, e tem finalmente alguma estabilidade financeira. E se vocês se estão a perguntar se ele continua jeitoso, devo vos dizer que, tanto ele como o primo, frequentam o ginásio de forma religiosa para manter tudo no sitio e evitar os efeitos que a gravidade tem nas pessoas.
Continuamos a conversar até que finalmente meia hora depois, a Carlota, o Dinis chegam, ele trás pela mão o filho de 9 anos a quem deram o nome de Afonso em homenagem ao pai da Carlota que morreu naquele terrível tremor de terra. Um rapazinho muito bonito, que infelizmente herdou do pai aquela estranha falha nos dentes, mas que é bem disfarçado por um maxilar bem defino mesmo para uma criança.
Nos braços a Carlota trás o mais recente membro da família, agora com sete meses, a Júlia faz as delicias de todos nós. Também esta criança recebeu o nome da avô que faleceu apenas alguns meses depois do irmão mais velho ter nascido, devido a um ataque do coração.
- Estás atrasada! - Brincou o Ivo acendendo um cigarro. porque só na meia idade, é que ele se lembrou de ter um vicio!
- Experimenta sair de casa com duas crianças pequenas e diz-me alguma coisa... - Reclama a Carlota, deitando a bebé no carrinho. - Tantos avanços tecnológicos e nada que faça os putos adormecerem magicamente.
- Estás rabugenta! - Digo com um sorriso enquanto olho para a minha afilhada.
- Preciso de voltar a trabalhar, estar em casa com os rebentos está a dar cabo de mim! - Exclama ela. - Mas não falemos de mim, contém-me as novidades...
- Eu ia contar como o nosso vizinho do lado direito nos convidou para um jantar de despedida. Estamos todos convidados, ele disse que durante tantos anos a detestar-nos acabou por gostar de nós e agora que ele vai trabalhar para a Holanda, queria se despedir... Uma espécie de pedido de desculpa.
- Um pedido de desculpa com quase 10 anos de atraso, mas tudo bem, se é para comer de graça eu alinho! - Brinco. - Já agora quem é que me pode alojar durante um mês?
- O que se passa? - Pergunta o Artur preocupado.
- Nada de mais, decidi fazer umas obras em minha casa e deitar abaixo a famosa porta secreta. - Explico, se bem que atualmente a porta não tem nada de secreto.
- Podes ficar lá em casa... Ter-te por lá com o Mário, vai ser como se tivéssemos um filho adolescente! - Brinca a Ana. - Estou a brincar, vai ser bom, como nos tempos da quarentena...
- Nem me lembres disso! - Diz o Ivo. - Nunca trabalhei tanto na minha vida...
Começamos todos a falar e a contar histórias que os mais novos ouvem atentamente, cresceram a ouvir as nossas histórias, e já fizeram parte de algumas... Nós crescemos, eles também, e conseguimos manter reunidas as nossas famílias. Aliás, na verdade nós somos uma só família, uma grande família que começou com sete pessoas e foi crescendo até termos 15 pessoas reunidas na mesma mesa. Acho que depois disto podemos dizer que nos saímos muito bem, não acham?"

Espero que tenham gostado do final. Ficaram surpreendidos com algum dos finais? Qual foi o vosso favorito.

1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo64º Capítulo | 65º Capítulo | 66º Capítulo | 67º Capítulo |

5ª Parte - Eduarda
68º capítulo | 69º capítulo | 70º Capítulo | 71º Capítulo72º Capítulo73º Capítulo74º capítulo | 75º Capítulo | 76º Capítulo | 77º Capítulo | 78º Capítulo | 79º Capítulo | 80º Capítulo | 81º Capítulo | 82º Capítulo | 83º Capítulo | 84º Capítulo | 85º Capítulo | 86º Capítulo | 87º Capítulo | 88º Capítulo | 89ª Capítulo | 90º Capítulo91º Capítulo

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Crónica | Uma menina deve "sempre" usar cor-de-rosa

julho 24, 2020 21 Comments
Mulheres... Existem tantos mitos à volta do sexo feminino, que se torna impossível criar uma definição concreta do facto de se ser mulher.
Podia ir ao dicionário e limitar-me a colocar aqui uma definição que tu de certeza conheces bem, mas não vou fazer isso, quero falar de algo mais contigo. Quero falar sobre o facto de se crescer mulher.
Assim que nasce uma menina começa toda uma aventura de laços, e flores cor-de-rosa. É quase sempre cor-de-rosa, porque em tempos, algum antepassado nosso se lembrou que o rosa era a cor das meninas e o azul, a cor dos meninos, por isso, ainda hoje sempre que nasce uma menina é uma panóplia de postais, balões e outras coisas cor-de-rosa, que até irrita a mais paciente das pessoas.
Uma menina tem que ser querida, e dócil. Nem podemos pensar de outra maneira, por isso é que sempre que existe um casamento lá vai uma menina na frente do cortejo com o seu lindo vestido (wedding flower girls), que felizmente nesta altura já pode, ou não, ser cor-de-rosa.
As meninas devem ser angelicais, femininas, ou seja, autenticas "bonequinhas". Não se espera de outra coisa de uma menina. Que um menino se suje, ou rasgue a roupa está tudo bem, mas uma menina que suje ou o rasgue o seu vestido já não é tão bonito. Existe um padrão de exigência quando dizemos a uma menina "porta-te como uma senhora". Se bem que ainda hoje, poucas pessoas conseguem definir essa coisa do se ser "uma senhora"!
As crianças vão correr, saltar, e provavelmente cair e esmurrar os joelhos. Isso faz parte da infância. Então porque é que num mundo em que se aposta na igualdade de géneros, não se oferecemos balões azuis no dia do nascimento, e não as deixam ser menos "bonecas" em dias de festa?
1: 2; 3
Com a idade deixamos de ver essa exigência, já não é preciso, as meninas já foram formatadas para gostar de cor-de-rosa e usarem bonitos vestidos. Eis que surge a primeira comunhão, o primeiro baile, e depois eis que um belo dia vão ter que usar um vestido longo e saltos altos. Já não estamos a falar de meninas, mas sim, jovens mulheres, conscientes de como se devem comportar, de como devem usar saltos altos e de como devem combinar um vestido. Viva a internet que tornou tudo isto muito mais simples!

Oh sim, de certeza que concordas comigo que ser mulher, e gerir todas estas coisas não é fácil, mas felizmente para nós, já existem lojas online como a Prom Formal que nos acompanham desde sempre disponibilizando vestidos que nos acompanham desde o dia em somos uma menina das alianças, até ao nosso casamento.
Crescer pode nem ser fácil, mas de certeza que tudo vai correr bem, se soubermos para onde ir, e onde fazer as nossas compras.


Facebook Prom Formal | Site Prom Formal



Este texto foi pago ou patrocinado.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quinta-feira, 23 de julho de 2020

5 minutos para conhecer... Ana Castilho

julho 23, 2020 24 Comments
Na edição desta semana da rubrica "5 minutos para conhecer", vamos conhecer a Ana Castilho, a menina de 26 anos que trabalha como técnica de apoio psicossocial, e autora do blog "My Heart ain't a Brain".
Ontem é só Memória: Quando eu era criança e me perguntavam o que queria quando fosse adulta respondia sempre que...
Ana Castilho:
... queria ser arqueóloga, sempre tive imensa curiosidade com a profissão e sempre me fascinou todo o universo "Egipto", e como eles viviam naquele tempo. Ainda hoje gosto imenso de ver filmes/documentários sobre isso, portanto... Ahah
Ontem é só Memória: Tenho sempre na minha carteira...
Ana Castilho:
... a minha bomba da asma, um pacote de lenços de papel e o meu batom do cieiro.
Ontem é só Memória: Ficava numa ilha deserta com...
Ana Castilho:
... todas as condições de lá viver, senão ia-me embora, não sou cá dessas aventuras ahah
Ontem é só Memória: A minha viagem de sonho é ir...
Ana Castilho:
... às Maldivas. Ou então à República Dominicana ahah 

Já conheciam a Ana e o blog dela? O que é que acharam das respostas dela?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Newchic 6th Anniversary Sale 2020

julho 22, 2020 32 Comments
Quando pensas em aniversário, de certeza que a primeira coisa que te passa pela cabeça é o facto de teres que oferecer uma prenda. Estou certa?
Pois bem, este aniversário de que te falo é diferente. Aqui, quem recebe as prendas és tu e eu. Bem-vindo ao Newchic 6th Anniversary Sale 2020!
1; 2; 3;
A NewChic celebra 6 anos
Para celebrar o seu 6º aniversário a marca tem campanhas de fazer inveja, e se não queres perder pitada, toma já nota destas informações, pois a super campanha da NewChic, vai acontecer já durante o mês de agosto e vai ter disponível, entre muitas outras coisas as melhores camisas e t-shirts (best henley shirts and cotton henley shirt).

Calendário:
Pré-venda:  17 a 24 de agosto
Pre-sale:17th Aug. -- 24th Aug.
Compras loucas: 24 a 31 de agosto
Crazy Shopping: 24th Aug. -- 31th Aug.
Agradecimentos e Recompensas: 31 de agosto a 7 de setembro
Thank and Reward: 31th Aug. -- 7th Sep.

Outras ofertas:
✓ Cupons de desconto:
20% OFF Coupon✓②25% OFF order over $65
✓ Lucky Draw:
US$500 Coupons    5,000 Points   US$5,000 of Prizes
Down To $6.99
Starting at US$0.99
4; 5; 6
Como podes ver, estão aqui bons motivos para fazeres as tuas compras e aproveitares os saldos de verão. As henley color shirt e as designer summer shirt, vão estar por todo e vão ser uma das maiores tendências.
Também as t-shirts para homem vão estar em destaque neste aniversário, as mens floral shirts e as color shirts foram algumas das peças que a marca decidiu destacar nesta super venda de verão, e por isso não tens desculpa para renovar o teu guarda-roupa. E sim, isto é válido para homens e para mulheres em todo o mundo.

Já conhecias esta campanha? Vais fazer alguma compra?
Fica atento porque ainda existem muitas surpresas, e não podes perder esta oportunidade.


Facebook New Chic | Site New Chic



Este texto foi pago ou patrocinado.



Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

terça-feira, 21 de julho de 2020

Não faz mal, não saber o que vamos fazer a seguir

julho 21, 2020 27 Comments
Crescemos a pensar em todos os passos que temos que dar. Crescemos a compreender aquilo que a sociedade espera de nós, e apesar de as coisas estarem melhores, a verdade é que existem padrões que temos que preencher para sentirmos que fazemos parte de algo, mas não faz mal nenhum, não sabermos o que vamos fazer a seguir
Tudo começa na escola, quando estamos na escola secundária, todos nos perguntam quando vamos para a faculdade, todos nos perguntam quando vamos começar a namorar, e quando é que vamos ter a nossa licenciatura. Quando acabamos a licenciatura e arranjamos um namorado, toda a gente nos pergunta para onde vamos trabalhar a seguir. Quando finalmente arranjamos um trabalho, parece que todo o mundo nos decide perguntar quando vamos casar. Depois de casar e de vos verem num fabuloso vestido de noivo (cheap wedding dresses) querem saber quando vem o primeiro filho, e depois do primeiro filho querem saber quando vem o segundo...
1; 2; 3
Mas não faz mal quebrar este ciclo vicioso! Ninguém deve se sentir obrigado a seguir um determinado padrão. Não faz mal nenhum, não sabermos o que vamos fazer a seguir. Não faz sentirmos que perdemos o rumo de vez em quando. Não faz mal nenhum, termos dúvidas sobre aquilo que os outros esperam de nós.

Ter dúvidas sobre o que se vai fazer a seguir é um sinal de maturidade, é um sinal de que as pessoas parou e pensou, e que vai acabar por fazer aquilo que acha que é melhor para si. Ter dúvidas é bom, ter dúvidas faz parte da vida.


Facebook Baby Online Dresses | Site Baby Online Dresses



Este texto foi pago ou patrocinado.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

segunda-feira, 20 de julho de 2020

#Resumo da semana nº24/2020

julho 20, 2020 30 Comments
Sem dúvida alguma que esta semana foi marcada pelas temperaturas mesmo muito altas. Estes dias muito quentes deixam-me mesmo mais cansada que o normal, e o facto de ter estado cheia de coisas para fazer não ajudou. 
Ando a falar algumas aulas de marketing digital, porque quero mesmo muito melhorar como blogger, e tornar toda a experiência dos meus seguidores muito melhor.
Legenda:

1. Quando vens trabalhar e vês uma paisagem destas percebes que trabalhar é um prazer...
2. Porque é de manhã que se começa o dia, vamos começar com uma questão pertinente:
Será esta Pandemia uma boa desculpa para evitar aqueles casamentos cheio de convidados que os noivos mal conhecem?

3. Nada como acordar cedo e aproveitar bem o domingo...
4. Preparando o regresso de uma nova semana que promete ser bem interessante...
5. Fica a dica: Levar para a praia um cão chamado tubarão é muito má ideia!
6. O grande problema das mentes fechadas é que elas têm sempre bocas abertas...
 
Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

sábado, 18 de julho de 2020

Tinha tudo para correr mal (91º Capítulo)

julho 18, 2020 8 Comments
Acho que na publicação da semana passada vos devia ter avisado que o capitulo ia estar dividido em duas partes. Confesso que a minha intenção era abrir logo o jogo e dizer logo nesse capítulo quem era a (o) Inspetor (a), mas depois de começar a escrever percebi que o capitulo estava já muito grande por isso achei melhor dividir em duas partes.
"Quase grito uma exclamação ao perceber que afinal era de facto um homem e não uma mulher, mas isso ainda vem tornar todo este enredo mais denso.
- Antes de vos dizer o meu nome, devo vos dizer que provavelmente muitos de vocês já viram outros trabalhos meus. Sou ilustrador de desenhos infantis e também já escrevi algumas histórias. Sim, é provável que tenham lido alguns dos meus livros aos vossos filhos... Não é irónico?
Ele escreve livros para crianças? Essa é uma jogada de marketing... E eu estou no meio dela.
Deixo-o falar, tenho reconhecer a voz, mas não me lembro de onde, o que é extremamente frustrante.

- Criei a Inspetora para me divertir um pouco, quando descobri que a Eduarda era a Agente... Ela passou anos a implicar comigo, a exibir um grupo de amigos perfeito, namorados lindos de morrer, e uma vida quase perfeita, enquanto escrevia para as outras mulheres não terem medo de estarem sozinha, de não terem namorado marido, de não querem filhos, de não terem que seguir tendências... Mas olhem para ela, tem dois cães lindos, roupas de marca e um namorado de fazer inveja... Ela é o contrário daquilo que escreve!
Não estava a espera deste ataque pessoal e nada profissional, mas em minha defesa não era suposto que ninguém soubesse da minha identidade a não ser as pessoas que estão naquela cabine. 

Tenho que perceber rapidamente o que se está a passar, tenho que descobrir quem ele é antes que ele comece a lavar roupa suja, com centenas de pessoas online.
- Cuidado com o que dizes ele conhece-te... - Diz a Carlota que por algum motivo que desconheço se apoderou do microfone e agora fala como ao auscultador. - Sabes que possa ser?
Por baixo da mesa, digo que não com o dedo indicador.

Tenho que agir e rapidamente. Não estou em vantagem, mas tenho que arranjar maneira de me colocar numa posição favorável e tirar-lhe a vantagem que ele tem sobre mim. Pelo menos até perceber quem ele é.
- Tens toda a razão Inspetora... Ups, quero dizer Inspetor. - Digo com o meu habitual sarcasmo. - Mas observar os outros e especular as coisas é muito bonito, mas quando se fala, principalmente para denegrir a imagem de uma pessoa convém ter certezas do que se está a dizer.
Faz-se silêncio, tenho toda e total atenção, e os números do mostrador de pessoas online aumenta cada vez mais, é agora ou nunca.
- Sim, eu uso roupas de marca, mas não sigo tendências. - Começo a desapertar a camisa de seda cara que o guarda-roupa me colocou, tiro a camisa ficando com um top modesto. - Este top por exemplo é da coleção de verão de 2018, e sim, é de uma loja com preços acessíveis a toda a gente. tiro os sapatos e coloco-os em cima da mesa mesmo em frente à câmara. - Comprei-os no verão passado, em saldo. São uns sapatos nude básicos, este ano várias marcas lançaram modelos idênticos, mas não os comprei por serem tendência. - Volto a tirar os sapatos da frente da câmara e sento-me confortavelmente. - E sim, eu digo às mulheres que não precisam de homens para serem felizes e é verdade, tenho um namorado, já tive vários namorados e tive até um marido, e sabem que mais? Nenhum deles funcionou. Sou tão normal que não consigo ter um relacionamento que dure. E antes que me perguntem, acabei ontem com o meu atual namorado. Por isso não sou perfeita em relações, e por isso sei que temos mais paz de espírito se estivermos sozinhas ou não, tudo depende de cada um e de como se está na vida. E sim, tenho dois cães lindos de morrer, eu sei que eles parecem saídos de uma revista e ainda o ano passado fiz postais de natal, lindos com eles, mas acreditem (e eu tenho registos veterinários que provam), eu encontrei-os nos lixo dias antes do natal. Não os comprei, não os exibo, não são peças de luxo, são seres vivos que dependem de mim e a quem eu salvei a vida. - Termino, depois olho para a câmara que me direciona ao Inspetor. - Estamos entendidos?
- Pessoas como tu, são todos uns selvagens! - Grita o Inspetor, e este foi o seu primeiro e último erro, eu reconhecia a voz e a expressão. Aliás conheci muito bem a voz a expressão. Olho para a Carlota e ela diz-me no auricular aquilo que que eu acabei de perceber. Então falo.
- Olá vizinho do lado direito! - Digo rindo, agora tenho a arma certa para ganhar. - Caros espetadores, acabei de descobrir que o Inspetor é o vizinho chato, petulante, arrogante e uma data de outras coisas mais dos meus amigos, com quem já tive várias discussões.
Ele está surpreso e finalmente tira o capuz, tem um rosto jovem e bonito, e nunca tinha percebido que ele era ruivo.
- Diz-me lá como é que descobriste que eu era a Agente? - Pergunto.
- Ouvi uma conversa ao telefone. 

- Estás a dizer que simplesmente ouviste uma conversa telefónica e decidiste criar a Inspetora? - Pergunto confusa.
- Podemos dizer que sim, estava aborrecido, e queria fazer algo diferente, e fazer frente à Agente era fabuloso e uma excelente maneira de ganhar dinheiro... Muitos não sabem mas estava em risco de perder a minha casa... Graças à Inspetora consegui melhorar a minha vida. Além disso adorei aborrecer-te... 
Começo a rir de toda esta ironia, tenho que admirar a jogada de mestre que ele fez.
- Porque é que te estás a rir? - Pergunta o Inspetor.
- Por durante os últimos dois anos, eu pensava que eras idiota, um rabugento, ou até mesmo um frustrado... - Dou uma nova gargalhada. - És isso tudo, mas és o melhor adversário que eu já tive, e sem dúvida que não só te ajudei como tu me ajudaste... Criamos uma simbiose estranha, mas funcional... 
Ele também começa a rir.
- És uma petulante, e arrogante, mas sem dúvida que este batalha foi um desafio e tanto!
- E agora, o que é que vamos fazer? - Pergunto animada por esta estranha amizade que se criou entre as nossas duas personagens.

- Podemos sempre escrever histórias de terror... - Brinca ele.
- Acho que poderíamos ter futuro,... Mas a minha proposta é tu dizeres o teu nome, e começarmos a escrever sem os nossos personagens...
- Que lapso, esqueci-me de me apresentar. Sou o Bruno. 
- Aceitas a minha proposta de tréguas, ou de uma inimizade saudável? - Pergunto rindo.
- Sim... Vamos ser inimigos e amigos. - Brinca ele.
São feitas as despedidas e a emissão termina. Ainda não consigo acreditar que todos estes anos a Inspetora esteve literalmente por baixo do meu nariz.
Não consigo acreditar em toda esta ironia, mas sim, a vida tem piada, e agora, vai trazer-me um novo adversário, mas pelo menos desta vez eu sei quem é!
- E então o que queres fazer agora? - Pergunta o Dinis rindo.
- Quero ir fazer um churrasco em casa da Ana e do Ivo e passar a noite a lançar foguetes! 
Todos nos rimos, afinal, existem coisas que nunca vão mudar."

Gostaram desta revelação? O que acham que vai acontecer a seguir?

1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo64º Capítulo | 65º Capítulo | 66º Capítulo | 67º Capítulo |

5ª Parte - Eduarda
68º capítulo | 69º capítulo | 70º Capítulo | 71º Capítulo72º Capítulo73º Capítulo74º capítulo | 75º Capítulo | 76º Capítulo | 77º Capítulo | 78º Capítulo | 79º Capítulo | 80º Capítulo | 81º Capítulo | 82º Capítulo | 83º Capítulo | 84º Capítulo | 85º Capítulo | 86º Capítulo | 87º Capítulo | 88º Capítulo | 89ª Capítulo | 90º Capítulo |


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

sexta-feira, 17 de julho de 2020

7 coisas que eu gosto de fazer ao domingo

julho 17, 2020 31 Comments
Para muitas pessoas o domingo é um dia de descanso, um dia para ficar em casa sem fazer nada, ou para sair com a família e com os amigos. Mas eu, não sou grande adepta dos domingos, apesar de os tentar tornar bem interessantes existe uma inércia nos meus domingos que me recordam constantemente que no dia seguinte a rotina está de volta. Mas nem por isso deixo de tentar aproveitar mais e melhor este dia da semana.
1. Jogos com os amigos
É muito normal que eu e o B reunirmos um grupo de amigos e passarmos a tarde a jogar D&D. Acreditem ou não, esta pequena rotina de 3 ou 4 horas semanais, ajuda-me a enfrentar a rotina da semana que me espera além de me deixar bem-disposta.

2. Banho relaxante
Às vezes durante a semana é complicado ter tempo para simplesmente ficar a relaxar, hidratar o cabelo, e colocar todos aqueles cremes que comprei e raramente uso. Ao domingo deixo-me relaxar no banho, faço uma hidratação profunda ou um banho de cor ao meu cabelo, e claro aproveito para me mimar.

3. Ler, ver filmes ou séries
Sim, o domingo é perfeito para colocar em dia os filmes, as séries e até mesmo os livros. Ao final do dia, ou antes de me preparar para ir dormir tento ver sempre um filme ou episódio de uma série, ou até mesmo ler algumas páginas do livro que ando a ler.

4. Tratar das coisas do blog.
Apesar de não existirem publicações ao domingo, eu aproveito as manhãs para tratar das coisas do blog, sejam elas planeamento, responder a e-mails, preparar publicações... Basicamente, faço todas as coisas que ficaram pendentes durante a semana que passou, e tento adiantar o trabalho para a semana seguinte.

5. Planeamento das refeições
Desde que comecei a ter um maior controlo sobre as minhas refeições, comecei a planear com antecedência aquilo que vou comer (principalmente ao almoço). Por isso aproveito o domingo para ir para a cozinhar algumas das minhas refeições para a próxima semana.

6. Navegar pela internet
Quem nunca deu consigo a passar o tempo apenas navegando pela internet. Gosto de me manter atualizada sobre a atualidade através de noticias, gosto de ver vídeos no youtube, fazer pequenas compras em lojas online, e também me manter informada sobre as tendências do mundo da moda visitando sites de roupa, calçado, acessórios ou até mesmo de vestidos de noiva (cheap wedding dresses), afinal nunca se sabe quando é que irei escrever um assunto sobre o tema aqui no blog.
1; 2; 3
 7. Sair para tomar café, ou simplesmente ficar no sofá
Dependendo o clima e do estado de espírito, gosto de aproveitar umas horas do meu domingo para sair e ir tomar café com os amigos só para estarmos a colocar a conversa em dia, ou então, prefiro em casa esticada no sofá acompanhada de um filme, série ou até mesmo documentário.

E vocês, o que é que gostam de fazer ao domingo?


Facebook Baby Online Dresses | Site Baby Online Dresses



Este texto foi pago ou patrocinado.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quinta-feira, 16 de julho de 2020

5 minutos para conhecer... Green

julho 16, 2020 26 Comments
Esta semana vamos ter "5 minutos para conhecer" a Green, a menina de 31 anos, professora e autora do blog "Green Land".
Ontem é só Memória: Quando eu era criança e me perguntavam o que queria ser quando fosse adulta respondia sempre que... 
Green: ...não sei.
Ontem é só Memória: Se alguém me quiser conquistar pelo estômago, devem oferecer-me... 
Green: ...gomas ;)
Ontem é só Memória: Ontem esqueci-me de... 
Green: ...nada, acho eu.
Ontem é só Memória: Tenho uma coleção de... 
Green: ...etiquetas de todos os géneros.

Já conheciam a Green e o blog dela?

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

quarta-feira, 15 de julho de 2020

As minhas miniférias em Chaves

julho 15, 2020 32 Comments
Sou adepta de calças, principalmente de ganga e uso-as em quase todas as ocasiões. Isso inclui nas férias (onde opto por visuais mais descontraídos e calças mais largas e confortáveis), contudo, este ano, pela primeira vez em muitos anos, ponderei deixar as calças de lado e desejei ter levado um vestido na mala de viagem.
Como vos disse e como foi possível ver nas redes sociais, na semana que passou aproveitei os dias quentes para tirar umas miniférias e ir conhecer Chaves. Escusado será dizer que apanhei temperaturas a passar os 40º. O calor do interior é bem, diferente do calor do litoral ao qual estou habituada, por isso no segundo dia comecei a achar que apesar das roupas leves e práticas que tinha levado comigo, deveria ter também colocado um maxi vestido (cheap maxi dresses).

Gosto de fazer as minha caminhadas e excursões de calças (por serem mais confortáveis), mas à noite quando saímos para jantar ou para ficar numa esplanada o vestido seria sem dúvida uma opção muito bem-vinda. Para o ano não vou cometer o mesmo erro, e vou aproveitar que a memória ainda está fresca para visitar lojas online e aproveitar os saldos para apostar em vestidos e outras peças bem frescas (cheap clothes for women).
1; 2; 3
Tirando o calor, esses dias foram bem passados, comida boa, muito sol (esta parte era óbvia não?), e claro, muitos passeios pelas zonas históricas e não só. Foram momentos bem divertidos, recheados de brincadeiras, conversas, e claro como não podia faltar nas minhas férias, muitas aprendizagens.
Por isso fiquem atentos em breve, irei fazer uma ou duas publicações sobre Chaves e partilhar com vocês algumas dicas, sugestões, e claro, falar um pouco sobre os locais históricos que podem e devem visitar.



Facebook Berrylook | Site Berrylook




Este texto foi pago ou patrocinado.



Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

terça-feira, 14 de julho de 2020

Crónica | Casamentos vs divórcios

julho 14, 2020 16 Comments
Casamentos... Em tempos de pandemia, os casamentos parecem ser uma espécie em vias de extinção, mas para muitos, é a verdadeira oportunidade de dar o nó sem ter que convidar a família toda (incluindo aqueles primos franceses que só vemos em agosto, ou aquele tio que todos os anos nos envia meias pelo natal, e do qual sinceramente nunca gostamos muito).
Ergam-se aqueles que finalmente estão felizes por terem a desculpa perfeita para convidar só os amigos e a família chegada, sim, este é o vosso momento, por isso rejubilem!
Com isto da pandemia, ninguém vai levar a mal não ser convidado para o casamento, até porque, sejamos sinceros, a maioria das pessoas só ia pela comida, e apesar de ser delicioso, não vale a pena correr o risco de contaminação, por um magret de pato, e por filetes de peixe-espada em cama de legumes...
Sim, esta é a vossa oportunidade de casar e não vender um rim para ter um casamento de sonho cheio de pessoas que só veem na melhor das hipóteses uma vez no ano, mas que nos vão desejar as maiores felicidades, quando na maioria das vezes estão a contar pelos dedos o número de anos necessários até ao vosso divórcio.
Sim, porque digam o que disserem, o único responsável pelo divórcio é o casamento, sem ele nada disto acontecia e era apenas mais o fim de uma relação normal a quem ninguém daria importância, mas quando se trata de um divórcio a conversa é outra muita coisa é especulada.
Também a velha máxima do famoso "só se casa uma vez", já está a sair de moda. Só se casa uma vez com a mesma pessoa, e mesmo assim já ouvi falar de casos em que alguns casais se voltaram a casar... Por isso é importante manter a mente aberta e não pensar que só porque estamos sujeitos a restrições o casamento não vai ser assim tão bom. Tenho quase a certeza que mais tarde ou mais cedo, com a mesma ou com outra pessoa, vão conseguir realizar uma cerimónia aparatosa, mas até lá se querem mesmo casar não esperem... Escolham por exemplo um boho wedding dresses e sigam para o cartório, ou para um lugar reservado e façam a vossa cerimónia. Celebrem o amor, porque sabemos lá quanto tempo vai durar!
1; 2; 3
Os divórcios aparentemente estão na moda, e não existe nada de mal com eles. Nos tempos que correm é mais normal um casal se divorciar do que ficar junto para a toda a vida, e acreditem em mim, toda a vida é muito tempo.
Aliás no meu tempo de escola se eu tivesse um colega cujos pais fossem separados, todos sentíamos que aquela criança vinha de um lar desfeito, que seria um adolescente com problemas funcionais, e um adulto com trauma, hoje em dia, aposto que é o contrário. Se aquela criança é filha de um casal que se mantém junto há vários anos, eis que as crianças filhas de pais divorciados, vão olhar para ela e pensar que a vida deles deve ser aborrecida, afinal só tem um pai e uma mãe, enquanto os filhos de pais divorciados podem ter até duas famílias, resmas de irmãos e quem sabe ainda duas casas... Sim o que era normal quando era eu era criança, hoje é estranho e vai ser cada vez mais, pois estudos apontam que os divórcios estão a aumentar, e não é o meu pessimismo crónico que o diz, são os estudos feitos por pessoas que entendem do assunto. Por isso, casem, e casem muitas muitas vezes, mas casem no momento certo!



Facebook Baby Online Dresses | Site Baby Online Dresses




Este texto foi pago ou patrocinado.



Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

Instragam