Translate

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Pequeno-Almoço: A refeição mais importante do dia!

setembro 27, 2017 47 Comments
Cresci a ouvir a minha mãe dizer que o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. Confesso que quando era mais nova e até mesmo adolescente não sabia valorizar estas palavras e apesar de me ser sempre incutido tomar o pequeno-almoço antes de sair de casa, nessa altura eu fazia-o em pé, um café e uma ou duas bolachas e bola para a frente.
Com os anos aprendi a valorizar verdadeiramente o pequeno-almoço. Gosto de um bom pequeno-almoço, e gosto de me sentar calmamente a comer as minhas torradas ou as minhas panquecas, acompanhada sempre do meu café enquanto coloco a conversa em dia com a minha mãe. Acordo mais cedo de propósito só para conseguir comer com calma esta refeição.


Durante a semana para mim é mais fácil optar por umas torradas, e por uma chávena de café. Porém ao fim de semana tento sempre beber um sumo de laranja natural (hábito que quero muito passar também para os dias da semana), e por vezes coloco queijo e fiambre nas torradas, ou faço até mesmo panquecas, dependendo muito da minha disposição. Por vezes o meu pequeno-almoço chega a demorar 30 minutos e é sempre na companhia da minha mãe.

Existem tradições e rotinas que sabem bem, e esta é uma delas!

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

#Resumo da Semana nº37/2017

setembro 25, 2017 39 Comments
Não me interpretem mal, mas a visita da minha tia estava a dar comigo em maluca! Adoro receber visitas cá em casa e gosto muito dessa tia, mas chega a um ponto em que as mudanças de rotina me deixam maluca da cabeça, além disso ela tem aquela mentalidade tão fechada típica das pessoas da aldeia que em muitas coisas me deixava irritada com as suas visões tacanhas e mesquinhas.
Mas pronto, ela já foi e finalmente posso voltar à rotina e à minha vidinha.
Legenda:

1. Ela já comeu, já brincou, agora xixi e cama
2. Alguém pediu uma Happy Hour
3. Hoje fui assim...
4. Por aqui já temos jantar... Massa de atum com natas
5. Hoje vim as farturas... Não podia deixar de vir ao Couto
6. Facto da vida n12: Nunca é fácil lidar com a segunda-feira, a não ser que se esteja de férias
7. Para hoje temos rancho
8. Fui as compras...
9. Boas noite e até amanhã...
10. Já era altura de partilhar mais um detalhe do meu quarto...
11. Mais um almoço feliz em família
12. Facto da vida n13: Só sabemos dar valor ao silêncio depois de termos ouvido o barulho

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Feira do livro Porto 2017

setembro 22, 2017 37 Comments
Nunca deixo uma feira do livro passar em branco, por isso a semana passada peguei nos meus pais e levei-os à feira do livro do Porto.
Como devem saber, a feira este ano (tal como em muitos outros) realizou-se nos Jardins do Palácio de Cristal, e permitia aos visitantes não só ver livros, mas também apreciar um belo passeio.

Confesso que fiquei um pouco desiludida com a feira. Na minha opinião estava muito fraca no que diz respeito a editoras, pois alguns nomes de peso nesta área não estavam presentes e eu esperava encontra-los por lá.
Porém fiquei bastante agradada com o aumento de alfarrabistas presentes, esses sim, apresentavam uma seleção de livros e quase todos como novos.

Claro que não podia ir à feira do livro sem perder a cabeça, acabei por sair de lá com 4 livros de uma saga que deixou de ser publicada pela Civilização, por isso foram boas compras (e acabei com isso por completar a saga dos Tudor).
Espero que para o ano, encontre bons negócios e de preferência que estejam mais editoras e alfarrabistas presentes.

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

9 pequenos detalhes que me fazem sorrir

setembro 21, 2017 40 Comments
Sorri é bom e faz bem!
Nada como começar o dia e acreditar que ele vai estar cheio de detalhes que nos vão fazer sorrir.
Acho engraçado que muitas vezes é fácil uma pessoa esquecer as pequenas coisas que a fazem sorrir, por isso fiz este post, e desafio os meus leitores e seguidores a fazer o mesmo: Afinal o que é que vos faz sorrir?
1. Um abraço da minha mãe
Das coisas mais simples, mas talvez a mais completa!

2. Ver a Becas a brincar
Cuidar de um animal pode ser muito positivo para a nossa vida e trás sempre bons momentos aos nossos dias.

3. Um livro
Seja acabar ou começar uma nova leitura, ou até mesmo um livro novo.

4. Cozinhar para as pessoas que amo
Sou daquelas pessoas que considera a atividade de cozinhar relaxante, se a isso juntar a possibilidade de agradar às pessoas que amo... Então estou feliz.

5. Sair para trabalhar
Muitas pessoas podem achar que trabalhar é cansativo e até mesmo uma "valente seca", mas a verdade é que sair para trabalhar permite conviver e trazer o dinheiro que todos gostamos de ter.

6. Uma conversa animada com os amigos
Sou uma pessoa de sorriso fácil quando estou entre pessoas com quem me sinto bem, uma piada ou uma história antiga engraçada conseguem sempre arrancar-me um sorriso.

7. Pequenas conquistas
Gosto de celebrar as pequenas conquistas, um quilo a menos, um elogio no trabalho... São motivos para sorrir.

8. Dormir bem
Quem é que nunca acordou com um sorriso depois de uma noite bem dormida?!

9. Reencontrar amigos
Bons amigos, com quem partilhamos boas histórias são sempre bons de reencontrar e claro um motivo para sorrirmos.

E no vosso caso, o que é que vos faz sorrir?!

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Hora da Póóóchete#56

setembro 20, 2017 24 Comments
Quando eu e os meus amigos começamos a recordar os velhos tempos...
Zé: Lembras-te daquele dia em que nos deixaram sair mais cedo do trabalho para irmos ver o jogo da seleção?!
Eu: Claro! Fomos nós o F, o E, o M, a L, a Belinha...
Zé: E aquele outro moço...
Eu: Quem???
Zé: Aquele que era do Sporting!
Eu: Não estou a ver de quem estás a falar...
Zé: Aquele que teve uma menina...
Eu: Não estou mesmo a ver de quem estás a falar!
Zé: Aquele que tinha os dentes tornos (e gesticula para explicar como eram os dentes do rapaz)
Eu: AH!!!O fulano X!

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

7 do momento... nº37

setembro 19, 2017 21 Comments
Já passou quase um mês desde que partilhei as últimas 7 sugestões, por isso, agora é uma boa altura para mais uma edição de os "7 do momento".
Sou fã dos livros da Phillipa Gregory, e como tal estas duas obras da saga "A guerra dos primos", foram lidas com muita vontade. Ambas baseadas em factos e personagens verídicas, "A rainha branca" e "A filha do conspirador" contam-nos a história de duas mulheres que lutam pelo seu direito ao trono de Inglaterra numa altura de guerra e de instabilidade politica.
Para amantes de documentários "Weather Gone Viral", é uma boa sugestão, baseado em filmes amadores, e explicado por especialistas, neste programa conseguimos ver e entender o que aconteceu e como evitar alguns dos maiores desastres naturais.
Continuo esta edição de os "7 do momento" por vos falar do Picmonkey, um site que permite editar de forma simples, prática e intuitiva as vossas imagens. Esta é a aplicação que utilizo a maior parte das vezes nas imagens do blog.
Cinema?! Sim, e falo de mais um filme de terror (para não estragar a tradição). "REC3: Genesis", é um filme de 2012, dirigido por Paco Plaza e que vem dar continuidade ao tão aclamado REC. Se gostaram do primeiro filme da saga, imaginem agora que a praga está descontrolada e já saiu do prédio onde tudo começou!
Ao fim de um dia de trabalho, nada como chegar a casa e tirar a maquilhagem, para isso tenho contado com a ajuda da água miscelar da Garnier. Adoro a eficiência do produto e o facto de ajudar a tirar a maquilhagem sem esforço e sem danificar a pele.
Finalmente, e porque sou viciada em sushi, tinha que vos apresentar nesta edição de os "7 do momento"  o restaurante, Musaxi II é um rodízio de sushi e comida japonesa que além de variedade apresenta muito sabor. O ambiente é agradável, o atendimento é acolhedor e a comida é sem dúvida o melhor do oriente no Porto.

Gostaram destas sugestões? Qual foi a vossa favorita?

Acompanhem as novidades no Facebook, e no Instagram.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

#Resumo da Semana nº36/2017

setembro 18, 2017 33 Comments
Parece que o verão já se foi embora. Estes dias de vento e frio recordaram-me que a época fria está a chegar e que eventualmente, vou ter que colocar as t-shirts de lado e ir buscar as malhas.
Esta semana que passou, foi complicada, a minha tia da aldeia veio passar uns dias cá a casa e como podem imaginar tive que passar algum tempo com ela, ficando assim, sem tempo para outras coisas.
Legenda:

1. Facto da vida n11: É sempre prazeroso fazer planos... O pior é depois escolher o que vestir
2. Gordices vindas da aldeia...
3. Onde é que eu vou com tantos cartões?
(O número de telemóvel no cartão está errado por isso não tentem ligar)
4. O tal bolo ao xadrez
5. Quando os amigos nos trazem recordações de Marrocos
6. Domingo de preguiça...
7. Facto da vida n10: Na vida é preferível ser um revolucionário do que ser um escravo
8. Hoje apostei no preto
9. Para hoje temos bacalhau com natas
10. Pequenas capturas...
11. Já cá estou
12. Por hoje já chega, vamos lá dormir
13. Vamos animar que hoje já é sexta-feira!!!
14. Quem é que ontem foi a feira do livro?
Quem é que ontem perdeu a cabeça?
15. Um bom pensamento para começar o dia
16. Agora a Becas já pode andar de carro à vontade

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"As pessoas dizem que não gostam de ler porque andam a ler as coisas erradas!"

setembro 15, 2017 59 Comments
Afinal é possível conseguir emprego num mês! Quem o diz é o Pedro Silva-Santos, autor do livro "Como conseguir emprego em 30 dias", diretor executivo da NOCTULA – Consultores em Ambiente, empreendedor, músico e experimentalista por natureza.
Ontem é só Memória: Quem é o Pedro Silva‐Santos e como é que ele se enquadra enquanto autor do livro “Como conseguir emprego em 30 dias”?
Pedro Silva-Santos: Já fui confrontado com essa questão algumas vezes e até já escrevi um artigo, no meu blog pessoal.
Desde criança que sempre gostei de experimentar “fazer coisas” e ver o que acontecia! Às vezes não acontecia nada mas mesmo assim, eu não desanimava porque sentia que durante o processo de “fazer” tinha aprendido alguma coisa. Outras vezes, aconteciam coisas que ninguém estava à espera e, de repente, tinha criado algo que as outras pessoas valorizavam.
O conceito “Como conseguir emprego em 30 dias” nasceu de um convite que tive para apresentar uma aula sobre os trabalhos da minha empresa de consultoria ambiental (NOCTULA – Consultores em Ambiente). Na altura, em novembro de 2014, aceitei o convite mas disse à Professora que preferia preparar uma aula com dicas para ajudar os alunos a preparar-se para quando estivessem à procura de emprego.
Depois de divulgar o sucesso deste primeiro workshop nas redes sociais, comecei a ser contactado para replicar o evento em vários pontos do país.
Ao longo dos vários workshops, os participantes “queixaram-se” que eu partilhava muita informação nova e que estavam a ter dificuldades em assimilar tudo em “apenas” 3 horas. Alguns disseram-me que não conseguiriam implementar tudo em apenas 30 dias, se não tivessem uma espécie de guia. E foi assim que nasceu a ideia de escrever o livro, que pretende ser um guia orientador para todos os que estão dispostos a seguir um plano de 30 dias, com o objetivo de conseguir atingir os resultados que a grande maioria das pessoas não consegue atingir, mesmo após vários anos de tentativas.

Pedro Silva-Santos defende que o processo de procura de emprego deve ser algo bem estruturado, por isso e apesar de o livro sugerir a possibilidade de conseguir emprego em 30 dias, nunca o leitor deve ficar coma ideia de que se ler o livro por si só vai conseguir emprego.

Ontem é só Memória: 30 dias é um numero muito especifico...
Pedro Silva-Santos: Já me disseram muitas vezes que o título do livro “Como conseguir emprego em 30 dias” sugere imediatamente mais um daqueles produtos que prometem o sucesso de forma fácil e rápida… e há sempre alguém que me pergunta: “Se não conseguir emprego em 30dias, depois de ler o livro, devolve-me o dinheiro?”
Tal como explico na introdução do livro, este não é um manual dirigido a quem pretende garantias antes de começar a fazer alguma coisa. Se pensas que conseguirás emprego em 30 dias apenas por leres o meu livro, muda de ideias porque é possível que essa relação causa-efeito não venha a confirmar-se. Apesar de existirem participantes que após frequentarem os meus workshops conseguiram emprego em menos de 30 dias, não quero que os leitores pensem que o livro lhes apresenta o mistério nunca antes revelado para conseguir emprego, em qualquer situação e sem qualquer tipo de esforço.
Todos sabemos que as pessoas desistem se o desafio for demasiado grande para cumprir em pouco tempo. Assim, estruturei o livro com pequenas tarefas diárias… que toda a gente consegue implementar. São “pequenos passos” durante 30 dias consecutivos, ninguém tem desculpa para não os conseguir implementar.

“Nem pense em dizer que esteve 5 anos desempregado e que esteve sempre a procurar emprego ativamente! Ninguém demora tanto tempo a conseguir emprego, mesmo quando a economia está em recessão!” (Como conseguir emprego em 30 dias)


Ontem é só Memória: No livro fala‐se muito daquilo que se deve e não deve colocar num currículo, porém se por um lado pode ser negativo uma pessoa trocar de emprego a cada três meses quatro vezes num ano pode ser igualmente negativo ter estado desempregado todo esse tempo, como se deve preencher essa lacuna? 
Pedro Silva-Santos: Uma vez recebi um currículo de alguém que estava desempregado há 5 anos. Como é que é possível não ter trabalhado em nada durante 5 anos? Não trabalhou num projeto pessoal, independentemente de este ter tido sucesso ou ter sido um grande fracasso?
Percebes a má impressão que irás causar se o recrutador ficar a pensar que estiveste 5 anos a viver do subsídio de desemprego, de subsídios sociais, a gastar o dinheiro de uma possível herança!?
Se alguém esteve 5 anos sem trabalhar, deveria ter conseguido encontrar uma forma de ganhar dinheiro e poder continuar a não ter que trabalhar para terceiros, certo?
Se o candidato esteve 5 anos sem trabalhar “porque é que deverei ser eu a dar-lhe emprego neste momento?” – pensará o recrutador.
Se alguém esteve tanto tempo sem trabalhar, tem que haver uma boa razão. Os candidatos deverão pensar bem naquilo que vão dizer e preparar-se para mostrar que estão a par das novidades mais recentes em termos de tecnologia, de redes sociais, de plataformas digitais, etc…
Em 5 anos, a forma de fazer as coisas muda completamente e por isso, terão que mostrar à potencial entidade empregadora que não pararam no tempo.

Segundo o Pedro, não existe nenhum segredo cabal, nem nenhuma formula mágica. O currículo ideal "passa pela personalização em função da vaga a que o candidato se está a candidatar".

Ontem é só Memória: Na sua opinião, o futuro dos candidatos passa por um maior investimento nas ferramentas online?
Pedro Silva-Santos: Claro que sim. Continua a haver pessoas que não utilizam as redes sociais para se destacar. Algumas até se destacam, mas estão a focar-se nas características e nas competências erradas.
No livro estou sempre a insistir que os candidatos deverão trabalhar a sua marca pessoal na internet, sobretudo nas redes sociais. Antes de terem a oportunidade de mostrar quem são, numa entrevista de emprego, deverão “parecer” pessoas interessantes, dinâmicas, criativas…
É a velha dualidade entre o “ser” e o “parecer”. Com as redes socias, podes “parecer” um candidato interessante e isso pode ser um dos motivos que te leva até uma entrevista de emprego, enquanto outros candidatos nem sequer são contactados. Obviamente, que não podes apenas “parecer interessante”, tens que trabalhar na melhor versão de ti própria todos os dias. Caso contrário, rapidamente vão pensar: “esta candidata é uma fraude!”
Em relação aos que dizem que não querem estar presentes nas redes sociais, respeito essa decisão. Contudo, estão a perder a oportunidade de se destacar mesmo enquanto estão a dormir! As plataformas digitais, se forem bem utilizadas e geridas (como ensino no livro), podem levar a nossa carreira muito além do que alguma vez imaginámos.

Um livro para todos os gostos!

Ontem é só Memória: No seu blog afirmou que sempre disse que se um dia lançasse um livro, iria de seguida fazer um áudio livro, numa época em que muitas pessoas dizem que “não gostam de ler”, considera que esta é uma maneira de chegar a mais público?
Pedro Silva-Santos: As pessoas dizem que não gostam de ler porque andam a ler as coisas erradas!
Muitas vezes, por questões culturais, as pessoas tentam ler determinados livros apenas porque lhes disseram que são muito bons… Para mim, isso é um erro enorme e faz com que a maioria das pessoas se afaste da leitura.
Cada um de nós deve encontrar o estilo de leitura mais que lhe agrada.
Por exemplo, eu só gosto de ler livros que me ensinem “como fazer…” ou que partilhem como é que outros fizeram… Leio um pouco todos os dias durante o pequeno-almoço, há vários anos, e isso tem sido a minha fonte de inspiração para a criação regular de novos projetos.
Se me obrigares a ler algo que eu não goste, eu também irei dizer que “não gosto de ler”
Em relação aos áudio livros, é verdade… nunca percebi porque é que há tão poucos áudio livros disponíveis.
Se as pessoas utilizassem as viagens de carro, ou os tempos de espera nas filas das repartições de Finanças, para ouvir um áudio livro, acredito que as suas vidas mudariam para melhor em poucos meses.

De olhos postos no futuro...

Ontem é só Memória: E projetos para o futuro, passam por onde?
Pedro Silva-Santos: Em julho de 2017 comecei a implementar um dos projetos que já tinha “na gaveta” desde 2013. Sempre desejei produzir conteúdo em vídeo para complementar tudo aquilo que escrevo.
Nunca consegui ter essas valências internamente, na minha empresa, e por isso acabei por ir adiando esse sonho.
Decidi começar a estudar gravação, edição e produção de vídeo a partir de excelentes canais que existem no Youtube e, tem sido com enorme satisfação que tenho visto os comentários que vão colocando nos meus vídeos, principalmente na rede social Facebook.
Desafiei-me a produzir um vídeo por semana, durante um ano, sobre os temas que discuto no livro “Como conseguir emprego em 30 dias”… e espero superar este desafio! Estes vídeos são gravados no mesmo formato que uso nos meus workshops, misturando situações cómicas/ridículas, que já me aconteceram, com dicas que permitem abordar a procura de emprego de uma forma menos convencional.
Pretendo que o projeto “Como conseguir emprego em 30 dias” deixe de ser apenas o livro ou os workshops… pretendo que se torne num estilo de vida a adotar por quem pretende destacar-se num mercado de trabalho cada vez mais saturado pelos mesmos tipos de abordagens.
Tudo o que fizer no futuro, será com este fim.

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Hora da Póóóchete#55

setembro 14, 2017 25 Comments
Acho que depois das minhas consultas a minha psicóloga vai ao psicólogo também.
Psicóloga: Mas mesmo quando estiveres com o corpo que tinhas, nunca vais agradar a toda a gente, vais ter sempre gente que não vai gostar.
Eu: Mas nesse caso eu vou achar que são apenas fãs revoltados!

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

#Resumo da Semana nº35/2017

setembro 12, 2017 29 Comments
Parece que finalmente me estou a habituar à nova rotina e estou a gostar das mudanças, porque agora que ja me habituei aos novos horários, já me organizei de forma a ter tempo para tudo aquilo que gosto de preciso de fazer.
Entretanto, tenho andado a ver pela internet dicas e sugestões para poupar dinheiro, e devo confessar que fiquei verdadeiramente tentada a experimentar o desafio das 52 semanas. Já alguém aqui o fez? Qual é o vosso feedback?
Legenda:

1. Almoços felizes em família
2. Acho que ela está a domingar
3. Já sei que alguém vai fazer alguma piada sobre a cor das minhas unhas ser a mesma cor que a minha mala...
4. Miminhos no trabalho
5. Ando sempre com a mala super cheia!
6. Facto de vida n8: Vamos todos envelhecer, por isso tentem ser glamorosos enquanto o fazem
7. Alguém adivinha o que vai sair daqui?
8. Hoje apostei nos tons prata
9. Já está pronto... Bolo de xadrez
10. Os meus favoritos na hora do banho...
11. Facto da vida n9: Se queres espalhar uma notícia, conta-a em segredo
12. Começa a roer coisas pela manhã...
13. Já temos jantar
14. Acabadinho de chegar... Mal posso esperar para testar! Já sabem que em breve teremos review no blog

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

16 anos depois...

setembro 11, 2017 39 Comments
Foi à 16 anos que o medo do terrorismo começou a ser uma constante nas nossas vidas.
Lembro-me perfeitamente deste dia, provavelmente nunca vou esquecer, estava no sétimo ano, estava doente, com febre, estava a faltar à aula de francês. Lembro-me de acordar ainda meia drogada da medicação e ligar a televisão na esperança de ver alguns desenhos animados para me animar, mas em todos canais só se viam as mesmas imagens, um avião a bater numa das torres e depois outro. Uma imagem que nunca vou esquecer!
Mas é da tragédia que nascem os heróis e os milagres, e apesar de 18 parecer um numero tão pequeno comparado com a magnitude do que aconteceu, este foi o número de pessoas que saiu com vida dos escombros.

E vocês, onde estavam nesse dia tão marcante?!

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Sabes te Organizar (8ª Parte)

setembro 07, 2017 37 Comments
Depois das férias, muita gente está agora a pensar no regresso às aulas. Seja na escola, ou na faculdade, existem algumas dicas de organização, que podem simplificar a vossa vida académica e ajudar muito na hora de estudar.
1. Agendas e vistas mensais
Pode parecer óbvio, mas um dos maiores aliados dos estudantes é mesmo a organização. Ter uma agenda é ideal para conciliar todas as atividades que uma pessoa tem sem esquecer nenhuma. Assim, e com um plano restrito o aluno fica sempre com tempo para tudo o que quer fazer.
a vista mensal é ideal para assinalar as datas de testes, entregas de trabalhos, entre outros, assim, conseguimos ver de uma só vez os dias que vão estar livres e os dias que podem e devem ser ocupados com o estudo.

2. Vários cadernos e muitas cores
Descobri esta técnica na faculdade e foi muito útil para estudar! Todos os dias levava o mesmo caderno para a faculdade e tirava para lá os apontamentos. No cabeçalho colocava o nome da disciplina e a data. E colocava ali todas as informações sem usar cores, e sem me preocupar com o facto de estar tudo mal escrito ou riscado, assim conseguia tirar apontamentos muito mais rapidamente.
Quando chegava a casa, ou então nos dias que eu tinha estipulado para estudar, era só pegar no caderno de rascunho e copiar as matérias da semana para o caderno da disciplina. Nos cadernos "limpos" eu utilizava cor para destacar as coisas mais importantes, e conseguia ter a matéria muito mais organizada, além de que ao voltar a copiar a matéria conseguia memorizar uma grande parte dela.

3. Despertador e outras aplicações
Nunca devemos ser do tipo 8 ou 80, por isso se estiverem a estudar e se sentirem verdadeiramente cansados, é preferível irem descansar um pouco, recarregar baterias e voltar mais concentrados e com a cabeça fria. Porém a não ser que se trate de uma situação excecional, não se deixem ficar a dormir e a preguiçar! Uma sesta deve demorar entre 1 e no máximo 3 horas por isso coloquem o despertador e levantem-se assim que ele tocar, senão vão estar a perder horas preciosas e depois vão ter que voltar a estudar até à exaustão.
Pessoalmente nunca usei aplicações para estudar, mas segundo o que eu tenho lido e ouvido dizer, algumas delas são mesmo o melhor amigo do estudante, seja com dicas, calendários, e alertas. Experimentem.

Espero que as dicas tenham ajudado. Algum de vocês faz alguma destas coisas?

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Roteiro Gastronómico?! Sim por favor

setembro 05, 2017 41 Comments
Em 2011 eu e uns amigos decidimos fazer umas férias diferentes. Queríamos aprender mais e comer bem, e reencontrar amigos de longe, por isso surgiu a ideia de fazer um roteiro gastronómico com direito a visitar as zonas históricas das cidades (em alguns casos aldeias) que íamos conhecendo.
1º Dia
Viseu
Almoço numa tasca chamada "A marisqueira", comida boa e bem servida a um preço muito bom.
Paragem obrigatória no famoso bar do gelo e na zona histórica, subir a pé o caminho a pé até lá.
De preferência façam-se acompanhar por um amigo que seja professor de história e conseguem um guia gratuito! (foi o que eu fiz!)
2º Dia
Mealhada e Coimbra
Era um erro não passar na Mealhada e não comer leitão.
Seguir para Coimbra conhecer alguns jardins e locais de interesse como o Jardim da Manga, a Casa do escritor e o mercado.
3º Dia
Setúbal e Lisboa
Ir a Setúbal e passear à beira da zona ribeirinha, e nem se atrevam a não comer chocos!
Passar a tarde em Lisboa, Belém é uma boa hipótese além do padrão dos descobrimentos tem locais lindos para fazer a famosa caminhada após o almoço. Lanchem os famosos pastéis de Belém! Que ninguém se atreva a ir a Belém e não comer pastéis!
4º Dia
Porto
Caminhar pela ribeira do Porto e acabar por almoçar o famoso peixe grelhado.
Obrigatório passar a tarde nos jardins do palácio de Cristal e beber um café com um chocolate na Arcádia da Boavista.
O jantar foi no lado de Gaia junto à praia com uma linda vista para o pôr-do-sol.
 5º Dia
Aveiro
É impensável fazer um roteiro gastronómico sem passar por Aveiro.
Partir cedo e passar lá a maior parte do dia. Não sou fã de ovos-moles mas não dispenso os cachitos.
A tarde deve ser passada com longos passeios junto à ria, e com uma visita às salinas.
Se tiverem oportunidade reúnam os amigos e divirtam-se num rodízio para jantar.
A noite tem que obrigatoriamente acabar com um gelado na praia da barra.
6º Dia
Bragança e Mirandela
A viagem é cansativa e longa, por isso aconselho que partam bem cedo. Nesse ano perdemos muito tempo na viagem e por isso não conseguimos desfrutar de tudo o que tínhamos pensado.
Em Bragança é obrigatório comer uma posta à mirandesa, e depois visitar o castelo. Acreditem que é divertido percorrer as muralhas a pé e imaginar como teriam sido as invasões.
De regresso a casa não deixem de passar por Mirandela e provar as famosas alheiras.
(infelizmente neste dia não tivemos tempo para mais)
E vocês, já fizeram algo deste género, como foi? Onde foi? O que sugerem para a próxima?

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Inspirações para decorar o sótão

setembro 01, 2017 34 Comments
Desde pequena que sempre me senti fascinada por sótãos. Aliás, tenho pena de nunca ter realizado o meu sonho de fazer o meu quarto no sótão.
Nesta publicação, vou falar um pouco sobre sugestões e inspirações para decorar o sótão.
1; 2; 3;
Quando bem planeada, a decoração de um sótão pode tornar esta divisão numa das mais aconchegantes da casa. 
Para realizar decoração com sucesso, é preciso ter em conta o espaço disponível, pois quando falamos destas divisões em específico é preciso ter em conta que o espaço é sempre limitado e que por isso deve ser sempre muito bem aproveitado.
4; 5; 6; 7;
A criatividade é fundamental, e aproveitar a estrutura já disponível pode ser um fator decisivo na hora de decorar o sótão.
8; 9; 10
Gostaram destas inspirações? Qual foi a vossa favorita?

Acompanhem as novidades no Facebook, e o Instagram.

Instragam