sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Doçura ou travessura?

outubro 31, 2014 52 Comments
E então, vocês preferem doçura ou travessura?


A expressão "Doçura ou Travessura" ("trick or treat" em inglês) é uma atividade infantil (mas também adulta) típica do dia das bruxas, principalmente nos países de língua inglesa.
Supõe-se que esta tradição britânica e irlandesa do "Doçura ou Travessura" surgiu da tradição do "Soul Cake" (Bolo das Almas), e posteriormente terá sido adaptada nos Estado Unidos para a tradição que hoje conhecemos. 

Aproveito para desejar a todos os visitantes do blog, um bom dia das bruxas.

Acompanhem as novidades no Twitter e no Google +

terça-feira, 28 de outubro de 2014

No mundo do mercado de trabalho

outubro 28, 2014 41 Comments
Estamos numa época em que ter trabalho é sem dúvida um privilégio, contudo, é difícil aceitar que nós, os jovens adultos, estamos cada vez mais, colocados de lado no que diz respeito ao mercado de trabalho.


Desde que terminei o curso, estive um ano à procura de trabalho na minha área. Cheguei a ouvir coisas como ter habilitações a mais, idade a menos ou até mesmo coisas como "apesar das suas excelentes qualificações optamos por escolher alguém prata da casa".
Como muitos jovens licenciados e frustrados, vi-me obrigada a arranjar trabalho num call-center (e acreditem, trabalhei em muitos). Neste setor, a exploração é muita, e as condições são tão más que os insultos dos clientes são o menor dos nossos problemas.

Numa visão mais clássica, classifica-se mercado de trabalho como um produto, pelo qual os trabalhados atuam como vendedores e os empregados como compradores. A realidade é tão simples quanto isso.
Para Karl Marx, o mercado de trabalho caracteriza-se pela luta de classes entre a luta de classes entre os trabalhadores e a burguesia, e na desigualdade de distribuição das riquezas e do poder.

Atualmente, um trabalhador inserido no mercado de trabalho, além de não ter garantias, deve estar preparado para as constantes pressões sejam elas para gerar lucro, produtividade ou até mesmo inovação.

Pessoalmente, e apesar de encontrar num trabalho que está muito longe daquilo que ambicionava para mim, não troco o certo pelo incerto. Ter um curso superior não me diz nada, apenas me diz que realizei um dos meus objetivos de vida com sucesso.

Acompanhem as novidades no Twitter e no Google +

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Eu & Ele e as negociações (6ª Parte)

outubro 22, 2014 43 Comments
Como explicar definitivamente a um homem (sem gerar grandes negociações), que ele nunca vai perceber nada de decoração:


Eu: Esta coisa da decoração da casa não é tão simples como pensas...
Ele: Claro que é. As mulheres é que complicam porque querem tudo a condizer. Aposto que eu e muitos outros homens éramos capazes de corar a casa.
Eu: Claro que sim... Com a ajuda de uma decoradora...

E foi assim que esta negociações terminaram.

Acompanhem as novidades no Twitter e no Google +

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Sabes te organizar?!

outubro 15, 2014 58 Comments
 Saber organizar os nossos dias , é algo que está ao alcance de qualquer um. Contudo, ser organizado não é algo que se aprenda de um dia para o outro, por isso, e porque algumas pessoas me pediram, decidi partilhar algumas dicas básicas para vos ajudar a organizar a vossa vida.


1. Simplificar
Excesso de informação e/ou conteúdo pode ser o nosso pior inimigo na hora de manter a vida organizada.
Imaginem por exemplo, o caso de um estudante que tem vários apontamentos, todos idênticos. Aqui o excesso de conteúdo vai gerar mais confusão. Neste caso é preferível um conjunto resumido dos apontamentos, pois neste caso, eles só contem as informações realmente importantes.

2. Gestão do tempo
O principal problema de muita gente, na hora de organizar as suas coisas é que, não sabem lidar com o tempo.
Esta não é uma tarefa fácil, mas se pretendem se organizar é importante saberem como gerir o tempo (ou a falta dele).
É imprescindível que as coisas que podem ser feitas de imediato ou a curto prazo sejam realizadas o quanto antes para que, desta forma, a vossa cabeça fique "livre" para as coisas mais complicadas.

3. Ver mais à frente
Planear nunca fez mal a ninguém, por isso, planear o futuro além de vos ajudar a organizar vai sem dúvida alguma vos poupar a algumas dores de cabeça.
Marcar com antecedência consultas médicas, exames de especialidade, compras e prever algumas necessidades como a inspeção do carro, podem ser uma maneira de aliviar pressão na hora de lidar com estes assuntos.
O mesmo se aplica às férias, festividades e encontros de família e amigos. Além de ser útil para que uma pessoa se possa organizar, é também uma boa maneira de manter as finanças em ordem.

Espero que tenham gostado destas pequenas dicas, e que elas vos ajudem a organizar melhor a vossa vida.
Se quiserem que futuramente faça mais publicações do "Sabes te Organizar", basta deixarem um comentário.

Acompanhem as novidades no Twitter

sábado, 4 de outubro de 2014

7 do momento... nº4

outubro 04, 2014 37 Comments
Estou a descobrir um novo prazer em fazer esta rubrica dos "7 do momento". Por isso está no momento de partilhar com vocês, mais algumas sugestões:


Tinha que começar esta edição de os "7 do Momento" por vos falar da série de documentários "Ancient Aliens", ou então em português "Alienígenas". Esta série de documentários, fala-nos não só de extraterrestres, mas vai um pouco mais além das tradicionais especulações e teorias da conspiração, procurando explicações na História, e na ciência para justificar a possibilidade de anteriormente termos sido visitados por aliens.
Já devem ter reparado que ultimamente tenho lido muito Dorothy Koomson e isso deve-se mesmo ao espetacular jeito que ela tem para escrever. O livro "O Outro Amor da Vida Dele", está cheio de mistérios e segredos que são revelados ou então adensados a cada página. Sem dúvida, não só uma história de amor, mas acima de tudo um drama repleto de emoções.
Todas as mulheres pensam no dia em que vão fazer 40 anos. No livro "Trinta e Nove + 1", a autora, Sílvia Soler, fala-nos de um grupo de 4 amigas, com os seus dramas familiares, profissionais, mas o melhor de tudo, ensina-nos a não ter medo de envelhecer, além disso muitas das experiências práticas que a autora analisa, com sarcasmo e ironia, podem ser muito bem fazer parte do quotidiano de muitas de nós.
Outras das minhas sugestões desta edição de os "7 do Momento" é o creme que me acompanha todas as noite (ou quase todas), o creme, hidrata a nossa pele depois de um dia de trabalho, não tem nenhum efeito reativo, mas sim pró-ativo, por isso se estiverem só a procura de um creme que vos hidrate e vos proteja sem pretenderem tratar de mais nada, eis aqui uma boa e barata sugestão como creme Hydra da My Label.
Uma das minhas sugestões no passado foi o creme redutor de celulite "Centella Asiatica", desta vez traga-vos um bom aliado, principalmente para os dias frios. Quem já experimentou o creme já reparou que um dos efeitos do mesmo é gerar frio, e como frio não é algo que seja apelativo nos dias de inverno, ou então para que não tenhamos de usar o creme todos os dias, eis que existem aqui uns comprimidos naturais, que ajudam não só a gerir o trabalho do creme, como dependendo da dose podem também fazer, em parte menor, o trabalho que o creme faz.
Antes de terminar, falo-vos de um jogo do facebook que é quase obrigatório experimentar "Millionary City", em tempos já andei viciada, e atualmente voltei a jogar. Se gostam de se sentirem ricos, este é jogo para vocês, aqui podem tornar-se senhores de propriedades, casas, gerir as cobranças das rendas e ganhar e investir cada vez mais dinheiro...
Termino esta edição de os "7 do Momento", por vos falar do filme "A Noite dos Demónios". Escolhi falar-vos deste filme, porque o apesar de ser mais um filme de terror passado no Halloween, tem um conceito muito engraçado, que nos deixa agarrados ao ecrã enquanto esperamos que a personagem principal se consiga salvar. O filme é um remake do original com o mesmo nome de 1988, mas desta vez foi dirigido por Adam Gierasch (também dirigiu o filme Autópsia que já vos falei numa edição anterior desta rubrica), e que também co-escreveu o guião com Jace Anderson.

Espero que tenham gostado destas sugestões. Qual foi a vossa favorita?

Acompanhem as novidades no Twitter.  

Instragam