Translate

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

# Capítulo # Linha Desfalecida

Linha Desfalecida - 13º Capítulo

Uma das coisas que gosto quando estou a ler um livro, é encontrar pontualmente um ou outro capítulo que me remova da ação anterior mas me ajude a acompanhar outras personagens, e foi isso mesmo que eu fiz desta vez.

"Alexa sabia que por vezes conseguia ser muito temperamental, e sabia também que tinha tendência para exagerar quando o assunto era proteger aqueles que amava. Tinha tentado chamar o irmão à razão, e apesar de entender a necessidade dele de ajudar, não conseguia deixar de se preocupar com o facto de uma desconhecida chegar e colocar de cabeça para o ar a vida deles.
- Estou a ser exagerada? – perguntou ela fitando o Rui enquanto ele lavava umas chávenas de café na cozinha do café do Marcelo.
- Estás a ser tu. – respondeu ele rindo. – E tu és exagerada por natureza!
- Não sabemos nada sobre ela… Ela pode ser alguma psicopata!
- Se continuas a dizer psicopata com tanta frequência, começo a achar que tens um problema! – brincou ele enquanto ela se sentava em cima da bancada ao seu lado.
- Ele não pode simplesmente confiar assim numa desconhecida e contar-lhe aquilo que nós somos!
- Primeiro, o teu irmão não é idiota nenhum, segundo ele não contou sobre aquilo que nós somos, ele contou sobre aquilo que ele é, e terceiro ele está a ajuda-la… Sabes muito bem que todos precisamos de ajuda de vez em quando.
- Ficas muito adulto quando falas assim. - disse ela pegando um copo limpo e enchendo-o com a água que corria da torneira.
- Alguém tem que ter juízo por aqui! – disse o Rui fechando a torneira e secando as mãos num pano.
- Pensava que esse era o meu papel! – brincou o Marcelo espreitando pela porta.
- Não te disseram que é feio ouvir as conversas dos outros? – perguntou a Alexa rindo.
- Tive que ficar alerta quando ouvi a palavra psicopata! – respondeu ele fazendo uma careta e afastando-se novamente para o atendimento ao público.
- Como é que consegues viver com ele? Não existe privacidade nenhum! – exclamou a Alexa.
- Também ouvi isso, e ele vive comigo porque eu sou um tio fantástico! – gritou o Marcelo do balcão. Alexa revirou os olhos e fitou o Rui que se ria.
- Acho que o Hugo tem um fraquinho pela Isabel! – disse finalmente a Alexa.
- Já não era sem tempo! – respondeu o Rui, instantaneamente o copo que Alexa segurava partiu-lhe na mão. – Tens mesmo que tratar desse feitio…
- E tem que pagar o copo! – gritou o Marcelo.
Alexa voltou a revirar os olhos enquanto limpava a mão com sangue a um pano.
- Quer dizer que vocês estão de acordo com o que o meu irmão está a fazer?
- Sim, e sei que ele melhor do que ninguém entende o que é passar por isso sozinho e de certeza que não vai querer que isso aconteça a ninguém…
- Mas e se…
- Ela não é uma psicopata! – voltou a gritar o Marcelo.
- Acho que devíamos confiar no teu irmão… Se ele acha que a deve ajudar, então vamos confiar nisso!  - respondeu olhando para o balcão sujo com o sangue de Alexa. – Vais limpar isso tudo! Tenho que ir lá fora por uns minutos… - terminou ele enquanto dava um retoque no cabelo em frente ao vidro da porta.
- Acho que realmente não fazia mal nenhum ter mais uma mulher por aqui! – brincou ela.

Rui saiu em direção ao café e caminhou calma e confiantemente por entre as mesas até se sentar numa delas. Samanta que estava a estudar levantou os olhos surpreendida pela ousadia.
- Até pedia desculpa pela intromissão, mas tendo em conta que me andas a seguir,  acho que não vale a pena estar com clichés..
- Desculpa? – perguntou ela tentando parecer surpreendida.
- Vá, acho que consegues fazer melhor… - brincou ele rindo, ela fitou-o chateada. – Bem, tendo em conta que vamos passar muito tempo a nos cruzarmos, porque não nos apresentamos? – questionou ele com um sorriso encantador. – Sou Rui Castro… - acrescentou estendo-lhe a mão num gesto simpático e amistoso.
- Samanta Maia! – respondeu ela apertando a mão dele.
- Muito bem Samanta, diz-me lá. O que te traz por estas bandas além de me andares a seguir?
Samanta teve que sorrir, havia algo no charme dele que a cativava e a maneira como ele dava a volta ao contexto da realidade era bem interessante tendo em conta que ele deveria ter cerca de 18 anos.
- Por acaso estava só a estudar. – disse ela apontando para os livros, Rui também fitou os livros e ficou admirado, aparentemente todos eles estavam repletos de códigos e formulas matemáticas que ele não conseguia compreender.
- Não és nova de mais para estares na faculdade?
- Não é velho de mais para estares no secundário? – atirou ela rapidamente. Ele soltou um “autch” e simulou uma pequena facada no peito. Samanta pensou que provavelmente tinha ido longe de mais e apressou-se a pedir desculpas.
- Desculpem interromper… - disse a Alexa aproximando-se da mesa. – Rui, temos que ir a um sítio…
- Vou já. – disse ele esperando que ela se afastasse, depois fitou a Samanta que observava Alexa enquanto ela se afastava. – Gostava de te convidar para sair, mas alguma coisa me diz que te vou ver em breve, por isso vou guardar o convite para uma próxima vez que me decidas seguir!
- Eu não te estou a seguir!!! – respondeu ela chateada apesar de saber que o que ele dizia era verdade.
- Claro que não… - brincou ele rindo e levantando-se e saindo do café."

Se ainda não tiveste a oportunidade de ler...   

1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo7º Capítulo | 8º Capítulo9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capitulo |

 

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Youtube | Pinterest

45 comentários:

  1. Picardias de Sal e Pimenta
    quem aguenta ? ( humor )

    Boa e bela tarde com alegria, beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Devias lançar várioooos livros, escreves tão bem.
    Um beijinho,
    https://myheartaintabrain.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Está a ficar uma história direcionada, e muito profunda.
    Gosto
    :-)

    ResponderEliminar
  4. Está a ficar interessante, muita inspiração!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  5. Não tenho vindo muito aqui, por falta de tempo (gosto de me sentar no pc com calma). Vou agora retomar onde fiquei.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderEliminar
  6. This is fun! I like how Marcelo keeps popping in too. :)

    ResponderEliminar
  7. Mais um capítulo deste interessante romance aqui partilhas
    Parabéns!

    Votos de um excelente fim de semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Cada semana mais interessante. Continua!


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  9. Boa e bela tarde com alegria e saúde
    e prevenir é um passo dado
    pois a pandemia está de volta em cada lado
    deste nosso mundo bonito.

    Bom fim de semana Teresa, beijinhos ´.`)

    ResponderEliminar
  10. Mais um capítulo muito interessante.
    Você deveria publicar um livro.
    Beijinhos!

    galerafashion.com

    ResponderEliminar
  11. This chapter is very interesting like others, have a great weekend.

    ResponderEliminar
  12. Estou com o vontade de ler o livro :) Será que posso obte-lo em ebook?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A história original não tem nada em comum com esta, apenas estou a adaptar a ideia original, mas se eu editar esta história eu ofereço-te um!

      Eliminar
  13. Great chapter. I love the natural way in which you wrote the dialogue.

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde Teresa. Obrigado pelo grande capítulo. Bom início de semana.

    ResponderEliminar
  15. Thanks for sharing more of your writing :)
    Hope that you had a great weekend :) We put our Christmas decorations up yesterday :)

    Away From The Blue | Handbag Gift Guide

    ResponderEliminar
  16. Está a ficar uma história bem encorpada.
    Acho que sim
    :-)

    ResponderEliminar

Instragam