Translate

sábado, 11 de julho de 2020

# Capítulo # tinha tudo para correr mal

Tinha tudo para correr mal (90º Capítulo)

Finalmente ganhei coragem para escrever o tão desejado confronto entre a Agente a Inspetora. Acreditem ou não andei meses a imaginar como seria, e claro adorei conhecer os vossos palpites sobre quem seria a Inspetora, mas a verdade é que ninguém acertou. De qualquer forma, e para celebrar este tão desejado "confronto" tenho para oferecer 1 caneca do "Ontem é só Memória" e 3 blocos de notas, para as primeiras pessoas que comentarem esta publicação.
"Foi um mês de preparação. Um mês em que ambas as revistas se prepararam para o grande confronto entre a Agente e a Inspetora, foi feita uma enorme divulgação, e todos os fãs (e nem sabia que eram assim tantos) aguardam ansiosamente para saber o que vai acontecer.
Respiro fundo enquanto me fazem os últimos retoques na maquilhagem, e enquanto tento manter-me calma vejo o Fábio a entrar pela sala da maquilhadora com uma estranha calma.
- Já está tudo pronto. A transmissão vai ser feita em direto no nosso site e no site da revista concorrente. Tu estás nos nossos estúdios e a Inspetora nos estúdios deles, não vai ser bem um confronto, mas sei que vai deixar com os nervos em franja, por isso, preparei-te uma surpresa! - Diz-me o meu chefe.
- Sabes que eu não gosto de surpresas... Além disso muita coisa pode correr mal e vão estar centenas de pessoas a ver...
- Desta surpresa tu vais gostar. Anda comigo!
Assim que entro no estúdio (que mais parece um estúdio de uma radio), vejo que na cabine ao lado,  sete cabeças que bem conheço espreitam e sorriem para mim. Percebo nesse momento que o Dinis e o Fábio vão coordenar a emissão. Neste espaço serei eu, eles e um computador que me vai mostrar a minha rival.
Devia ter tomado um calmante, ou dois, ou três... Nunca pensei que isto fosse tão difícil. Hoje vou revelar que sou a mulher que inspirou muitas outras mulheres, algumas cresceram a ler-me e moldei muitas opiniões com a minha opinião. Hoje vou deixar de ser anónima, hoje vou dar rosto à minha personagem.
- Estás pronta? - A voz do Fábio surge no meu auricular estrategicamente escondido pelo cabelo.
Apetece-me gritar que não estou pronta, que não gosto da camisa preta que o guarda-roupa me escolher e que sinto a boca seca como se tivesse passado a noite inteira a lamber selos. Mas limito-me a beber água a acenar com a cabeça.
O espetáculo vai começar, e a emissão é em direto. Passa no ar uma introdução feita por uma das nossas jornalistas (um dos rostos mais queridos das nossas noticias online), no site dos adversários a mesma coisas, e...
3...
2...
1...
- É agora! Estás no ar! - Diz-me a voz no auricular.
Tinha um texto decorado, fabuloso, ao estilo das minhas crónicas, um texto que transpirava a Agente que existe dentro de mim, mas fico sem voz quando percebo que nos pregaram uma rasteira.
Só tenho segundos e preciso de pensar... Dentro da cabine todos os olhos estão esbugalhados porque estão a ver que eu e não sabem se liguem para advogados, para os diretores da outra revista ou se simplesmente gritem. Mas nada acontece parece que tempo parou.
Do outro lado da câmara está efetivamente uma pessoa, mas está, ao contrario de mim que pareço uma Barbie de tão arranjada que estou, vestida apenas com uma camisola com capuz e o maldito capuz cobre-lhe estrategicamente a cabeça e quase todo o rosto, apenas vejo um ligeiro traço do nariz da minha adversária e nada mais, parece que ela está dentro de um buraco negro enquanto eu estou iluminada e exposta para centenas de pessoas.
Nem me atrevo a olhar para o contador que mostra o numero de pessoas que estão online a ver esta transmissão. Vai ser o meu fim e o fim desta revista se eu não tomar as rédeas contra a desconhecida.
Ela levanta um papel que diz apenas "Olá!". Só me faltava agora que ela fosse muda, e que fosse ganhar pontos de simpatia pela sua deficiência contra a Barbie que se intitula de Agente.
- Faz alguma coisa! - É a voz do Fábio no meu auricular.
Faço um ligeiro aceno com a cabeça.
- Olá Inspetora! - Digo. - Como tens passado?
Ela pega noutro papel (aposto que está alguém por baixo da mesa a escrever isto). No papel apenas diz "Estou bem, obrigada, e tu?"
- Estou bem, feliz por te conhecer, mas preocupada...
Atiro a deixa, espero uns segundos e surge um novo papel "Então porquê?".
- Porque neste momento estou a colocar a tua integridade em causa. - Atiro a resposta, dentro da cabine, existem dois tipos de expressão, a dos incrédulos, e a dos que perceberam o que eu estou a fazer. - Anunciamos uma grande revelação aos nossos leitores, durante semanas dissemos que nos íamos enfrentar, conversar e mostrar quem eram os rostos por trás das personagens, mas tu, continuas escondida... - Abano a cabeça com uma expressão de falso pudor. - Isso não se faz!
Nem espero que surja outro papel, nem espero por indicações do meu chefe que está perplexo. Tenho a confiança dele para fazer o que achar melhor e é isso que vou fazer. Olho fixamente para a câmara quero chegar a todos os meus leitores, a todas as mulheres, às adolescentes que me leem e cresceram comigo, e é isso que vou fazer.
- Olá a todos, o meu nome é Eduarda Teixeira, e sou a Agente. Do outro lado, temos a Inspetora que aparentemente deve estar sobre o programa de proteção de testemunhas pois continua com o rosto escondido. Este tão anunciado "confronto" - faço o gesto das aspas com os dedos". - Vai ser um pouco aborrecido, porque sou só eu que estou a falar.
Espreito para a cabine, e tenho a sensação que o Fábio está congelado de tão imóvel que está, dava-me jeito que ele me desse indicações em vez de confiar totalmente em mim para lidar com esta crise.
Do outro lado a Inspetora mexe-se na cadeira vejo-lhe melhor a ponta do nariz, que me parece pouco feminino. Será que ela é uma daquelas muito feias e que por isso tem receio de mostrar a cara?
- Olá! - Diz uma voz do outro lado, mas para nossa surpresa, em vez de surgir uma voz aguda e feminina, eis que surge uma voz grave, não muito, mas o suficiente para eu questionar se estarei realmente perante uma mulher. - Olá Eduarda, e olá a todos aqueles que nos estão a ver...
Esperem lá!!! Eu conheço esta voz, olho para a cabine, vejo pela cara da Carlota, da Ana, e do Ivo que eles também reconheceram, mas tal como eu, não sabem de onde.
Tenho a cabeça a mil! Durante todo este tempo eu conheci a Inspetora... ou o Inspetor... Eu sei lá o que pensar...
A Inspetora volta a falar com a sua voz grave.
- Sei que todos me conhecem como a Inspetora, mas na verdade o termo correto seria Inspetor!"

Gostaram da surpresa? O que acham que vai acontecer a seguir?
Relativamente à caneca e aos blocos que eu tenho para oferecer, enviem-me um e-mail para pequenabonecadetrapos@gmail.com, com todos os dados para o envio dos miminhos que tenho para vocês.

1ª Parte - Eduarda
1º Capítulo | 2º Capítulo | 3º Capítulo | 4º Capítulo | 5º Capítulo | 6º Capítulo | 7º Capítulo | 8º Capítulo | 9º Capítulo | 10º Capítulo | 11º Capítulo | 12º Capítulo13º Capítulo | 14º Capítulo | 15º Capítulo | 16º Capítulo | 17º Capítulo18º Capítulo | 19º Capítulo | 20º Capítulo | 21º Capítulo | 22º Capítulo | 23º Capítulo | 24º Capítulo | 25º Capítulo | 26º Capítulo | 27º Capítulo

2ª Parte - Rodrigo
28º Capítulo | 29º Capítulo | 30º Capítulo | 31º Capítulo | 32º Capítulo | 33º Capítulo | 34º Capítulo | 35º Capítulo | 36º Capítulo | 37º Capítulo | 38º Capítulo | 39º Capítulo 

3ª Parte - Carlota
40º Capítulo | 41º Capítulo | 42º Capítulo | 43º Capítulo | 44º Capítulo | 45º Capítulo | 46º Capítulo | 47º Capítulo | 48º Capítulo | 49º Capítulo | 50º Capítulo | 51º Capítulo | 52ª Capítulo | 53º Capítulo | 54º Capitulo |

4ª Parte - Artur
55º Capítulo | 56º Capítulo | 57º Capítulo | 58º Capítulo | 59º Capítulo | 60º Capítulo | 61º Capítulo | 62º Capítulo | 63º Capítulo64º Capítulo | 65º Capítulo | 66º Capítulo | 67º Capítulo |

5ª Parte - Eduarda
68º capítulo | 69º capítulo | 70º Capítulo | 71º Capítulo72º Capítulo73º Capítulo74º capítulo | 75º Capítulo | 76º Capítulo | 77º Capítulo | 78º Capítulo | 79º Capítulo | 80º Capítulo | 81º Capítulo | 82º Capítulo | 83º Capítulo | 84º Capítulo | 85º Capítulo | 86º Capítulo | 87º Capítulo | 88º Capítulo | 89ª Capítulo |


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

18 comentários:

  1. Great story! I love the surprise! Can't wait for the next chapter!

    xoxo
    Lovely

    http://mynameislovely.com

    ResponderEliminar
  2. Achei que já íamos saber quem é a inspetora, quer dizer, o inspetor? O meu coração não aguenta :p

    ResponderEliminar
  3. Boa surpresa. Querem ver que o inspetor é o vizinho chato? Sempre estive convencida de que a Inspetora era a Carlota. Bom esperemos que venhamos a saber quem é a personagem antes do Natal.
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que se vai saber antes do natal! Já se vai saber para a próxima semana!

      Eliminar
  4. Muito interessante a história!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderEliminar
  5. Bom resto de Domingo com alegria em dia
    que o calor aperta '_~)))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Espectacular este capítulo!!! Mas como estive nestas últimas semananitas um bocadinho ausente deste cantinho... nem desconfio!... Mas acho que o mistério se resolverá no capítulo seguinte!...
    Beijinhos! Bom domingo! Ando ainda um bocadinho ausente, descansando um pouco deste desgastante 2020, depois de resolver um pequeno percalço de saúde, com um problema circulatório da minha mãe... mas visitando os amigos, neste interregno...
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar

Instragam