Translate

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

# fazer # primeira pessoa

Fazer nada

Nunca vos aconteceu acordarem um dia e sentirem-se tão cansados que só querem ficar escondidos debaixo dos lençóis e dormir até não aguentar mais?
Ultimamente tenho-me sentido assim, esgotada, sem forças e sem vontade de fazer seja o que for. Nos últimos meses (senão anos), tenho-me desdobrado em mil.
Tenho um trabalho de 40 horas semanais como qualquer pessoa, tenho um part-time aqui no blog que adoro e que me dá um pequeno rendimento extra que dá sempre muito jeito, sou uma filha atenta, uma amiga presente, tento ser uma mulher organizada, que planeia a sua vida, as suas refeições de forma a atingir os objetivos a que me propor, mas no meio disto tudo onde está o tempo que eu tiro para mim?
Não falo em tempo que tiro para fazer uma máscara fácil, ir arranjar as unhas, ou hidratar o cabelo, falo em tempo para não fazer nada. Eu sei que parece estranho, mas por vezes não fazer nada faz bem e é necessário, não só nas férias, mas no dia-a-dia. Gosto de tudo o que faço, e queria fazer muito mais, mas preciso de desligar. A semana passa a correr, e o fim de semana é aproveitado para fazer tanta coisa que ficou pendente que o conceito de descanso muitas vezes se limita a uma sesta.
Preciso urgentemente de não fazer nada...Mas não vai ser já... Mas um dia destes vou desligar e vou-me dedicar a esta atividade de não fazer nada.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

5 comentários:

  1. Fazer nada cansa. E ficar na cama mais do que 5 horas deixa-me os ossos de tal jeito que não me posso mexer, e não é coisa de velha porque fui assim.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Há dias que também acordo assim, mas tento levantar para fazer as coisas
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Todos os dias da semana passada que, felizmente já terminou.

    ResponderEliminar

Instragam

Follow Us @soratemplates