Translate

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

# animais # animais de companhia

O dia-a-dia das patudas cá de casa

Engana-se quem pensa que ter animais de estimação não tem uma rotina. A verdade é que os animais adaptam-se às rotinas dos donos e criam as suas próprias rotinas.
Pequeno-Almoço
A Egas acorda assim que eu me levanto, mas a Becas só se apresenta , já quando estamos a tomar o pequeno-almoço. É certo que desde o pequeno-almoço até sair de casa, elas vão ficar comigo enquanto me organizo para sair, depois de sair de casa, voltam a dormir uma grande parte da manhã, apesar de terem sempre companhia em casa.

A Becas é a sombra do meu pai
Se o meu estiver em casa (o que acontece muitas vezes porque ele trabalha por turnos), é certo que a Becas vai passar o seu dia à volta dele. Se ele estiver a dormir, ela vai dormir com ele, se ele andar pela casa a fazer alguma coisa ela vai andar atrás dele, se ele se sentar no computador, ela senta-se ao lado dele. Por isso, como podem ver, a rotina da Becas gira em torno da rotina do meu pai (nunca percebemos porque motivo mas sempre foi assim).
A Egas faz exatamente a mesma coisa, mas com a minha mãe. Se a minha mãe estiver no computador, ela vai-se deitar à beira dela, se a minha mãe estiver a arrumar uma divisão, lá está a gata de novo... Todos os dias é assim...

Brincar
Sem dia dia ou hora marcada, as duas começam a brincar uma com a outra, ora correm, ora saltam... Por vezes fingem que se mordem, e passam ainda algum tempo nestas brincadeiras.

A cozinha é um templo
Assim que começa a existir movimento na cozinha elas surgem (seja onde for que estejam) e senta-se a olhar para nós, claro que não estão a olhar por nós, mas sim para qualquer pedaço de comida que possa cair... Mas pronto perceberam a ideia.

Sesta
Nem a Egas nem a Becas dispensa a sesta depois do almoço, cada uma no seu canto (a Egas com a minha mãe, a Becas com o meu pai), dormem uma grande parte da tarde, mas também se divertem a fazer algumas asneiras, ou a brincar sozinhas ou entre si. Não é de admirar que elas estejam cheias de energia quando chego a casa.

Depois de eu chegar esta na hora de as encher de mimos e de brincar um pouco, geralmente enquanto ajudo a fazer o jantar elas estão pela cozinha a fazer-me companhia (só que não), e lá vão brincando entre si.
Enquanto eu e a minha mãe arrumamos a cozinha é muito usual encontrarmos as duas sentadas à mesa à espera de algo (nunca soube o que era). Só quando acabamos de arrumar é que a gata vai para a beira da minha mãe mais um pouco, e claro a Becas vai para a beira do meu pai (quem diria).
A Egas dorme sempre comigo ou no meu quarto, já a Becas (quem diria), dorme com os meus pais, a única exceção é quando o meu pai está a fazer noites, ai ela vem dormir comigo (quem diria também).

Relativamente a outras rotinas, é importante que os outros donos de animais percebam que eles estão habituados a seguir padrões, por exemplo:
- A Becas vai sempre lá fora (temos a sorte de ter um pátio grande para ela correr e fazer as suas necessidades), de manhã cedo quando eu saio para o trabalho, de tarde (antes da sesta) e à noite logo após o jantar. Tem dias que ela prefere passar mais tempo lá fora, mas como devem imaginar depende muito do clima.
- A Egas pede para ir ao terraço (o terraço é fechado para ela não fugir) todos os dias de manhã mal acorda, e à noite. Se o clima for favorável ela passa mais tempo lá for, mas se estiver frio ela só vai mesmo quando está aflita.
- Tanto a Becas como a Egas tem uma dose diária de alimentação (não contam os petiscos que os meus pais lhes vão dando ao longo do dia), a Becas come sempre antes das nossas refeições, e se sentir fome ela pede a comida antes abanando o prato. A Egas gere a sua própria ração, encho o prato dela de manhã e às vezes a meio da noite dou conta de ela ir comer o que sobrou.

E vocês, conhecem as rotinas dos vossos animais de estimação? Contem-me tudo.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

14 comentários:

  1. Verdade, Isy! Hoje em dia, só crio peixes; mas, assim que entro no quarto onde ficam e acendo a luz do aquário, eles vêm correndo... já sabem que a comida está próxima! :) Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  2. É mesmo verdade que eles se adaptam a nossa rotina, pois sei bem o que é isso, tenho saudades do meu
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que não esteja a ser fácil, mas ele de certeza que foi muito feliz quando esteve contigo, e quem sabe um dia, podes adoptar outro...

      Eliminar
  3. São uma grande companhia, parte da família, acho...

    Boa semana

    ResponderEliminar
  4. Quando fico com o cão do meu tio, que faz de conta que é meu, ele dorme comigo!! Adora brincar connosco e está sempre a desafiar.nos para brincadeiras. O que é um facto é que a nossa vida com animais é muito melhor!!
    Gostei de ler o teu post!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  5. Adoro as rotinas deles :) Tenho saudades de acordar com a minha gata, ela seguia-me para todo o lado, e sim, o sitio preferido dela da casa tambem era a cozinha :)
    Beijocas*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a cozinha aqui de casa é uma espécie de templo dos animais ah ah ah!

      Eliminar
  6. nice post!
    HAPPY WEEK
    xoxo
    https://stylishpatterns.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Ola!! Os bichanos ca de casa passam muito cerca de 8 a 9 horas sozinhos. O Baunilha (gato) e a Nuvem (coelha anã). Não são muito amigos um do outro, mas gostavamos de ver o que fazem enquanto não estamos. Quando nos levantamos o Baunilha já está à porta do quarto á nossa espera e anda sempre atras de nos enquanto nos despachamos para sair de casa. No final do dia está à porta à nossa espera. Os tapetes nunca estao no mesmo sitio ahah mas tirando isso parece que passou o dia a fazer ronha na sua caminha. Bjs

    ResponderEliminar
  8. Não tenho animais de estimação mas já tive uma cadelinha e sei que é necessário as rotinas... Bj

    ResponderEliminar

Instragam

Follow Us @soratemplates