Translate

domingo, 27 de janeiro de 2019

# escrever # guest post

Guest post: O Teu sonho é escrever um livro?

Então, este post é para ti! Eu também tinha esse sonho e quando o realizei obtive valiosas aprendizagens que gostava de partilhar contigo.

Antes de escrever o meu livro Caminhos Controversos, escrevia apenas quando sentia inspiração. No entanto, sempre senti que gostava de escrever mais, mas que os meus textos não tinham valor. Acho que este pensamento é comum a todas as pessoas que apenas gostam de escrever sem nunca pesquisado ou estudado mais sobre como os outros escritores fazem.

Quando estava a sentir-me perdida na minha vida pessoal e profissional arrisquei enviar uma história para uma editora. O livro foi publicado, mas a história não tem um final feliz. Eu acredito que os nossos pensamentos e sentimentos influenciam a nossa vida. Talvez porque eu acredite nisso ou porque a vida seja realmente assim, tive várias críticas positivas e negativas sobre o meu primeiro livro. Mesmo nas positivas eu encontrava sempre algo depreciativo e estava sempre a pensar que não sabia nada ou que o livro não era bom o suficiente. A minha falta de confiança era o meu maior problema, o segundo a minha falta de conhecimento.


Como Ganhar Confiança na Tua Escrita?
Para ganhar a confiança comecei a tirar cursos, a ver o que os outros autores estavam a fazer para ter sucesso. Por vezes, quanto mais via menos segura ficava, pensamentos como «eu nunca vou conseguir fazer aquilo» ou «mas ele escreve melhor do eu» assaltavam-me. Não vou dizer que estou completamente imune a eles, porque não estou. A minha conclusão foi que o mais importante na escrita é:
  1.     A mensagem que queres passar;
  2.     O que o leitor quer ler ou a forma como o teu trabalho é útil para ele;
  3.     O quanto gostas de escrever.
Ter uma mensagem clara nem sempre é fácil. Tens de encontrar a mensagem que queres dizer ao mundo e colocá-la nos teus textos de forma implícita ou explícita. Eu ainda tenho dúvidas, mas continuo a treinar uma mensagem em cada texto até encontrar uma que englobe todo o meu trabalho. E a tua sabes qual é?
Concentra-te no teu leitor ideal: qual é o género que mais gostas de escrever? Quem iria adorar os teus textos? Como a tua escrita pode influenciar o teu leitor? Como pode servi-lo?
O quanto gostas de escrever? Custa-te a escrever ou sentes mais leve quando o fazes? Consegues fazer todos os dias?
Se conseguires ter estes três pontos em mente, consegues ver que o importante é o teu leitor e como chegares a ele. Concentrares-te nisso é o principal. Como um jogador de futebol ou uma bailarina, tens de fazer vários treinos antes de o espetáculo. Assim, vais ganhar confiança no teu trabalho. É assim que treino a minha. Comecei por marcar uma hora apenas para escrever. Se não escrever livros, escrevo artigos ou até mesmo apontamentos pessoais. O importante é que treino e reflito sobre o que quero fazer.

Para treinar, fiz um e-book com 52 Desafios de Escrita que podes descarregar ao subscrever o meu blogue Escrita em Desafios. Convido-te a treinares comigo.

Segue sempre os teus sonhos e mesmo que o teu sonho não seja escrever não deixes de treinar e de dar sempre o teu melhor.

Boa sorte!




Muito obrigada Marta Sousa pela tua colaboração, foi um prazer receber-te aqui no meu cantinho.


Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

36 comentários:

  1. Rúben Teixeira disse....

    Putugal e uma merda! E verdade e verdade!!

    ResponderEliminar
  2. Gostei de conhecer um pouco mais sobre esse sonho
    Beijinhos
    Novo post //Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Atendendo a que é um dos meus sonhos, esta publicação veio mesmo a calhar. Obrigada a ambas por isso *-*

    ResponderEliminar
  4. A lançar dentro de dias o meu segundo livro, encontrei neste texto muito do que eu própria faço.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  5. Se temos um sonho temos que batalhar por ele
    E aqui tem dicas relevantes
    Obrigada pela partilha
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Ah da não desisti deste meu sonho nem que seja quando for velhinha hehe :)
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  7. mt bacana esse post, acho que todo mundo que gosta de ler e escrever ja quis escrever um livro

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderEliminar
  8. Tendo em conta que gostava de escrever um livro, esta publicação é para mim :D
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  9. Eu amo escrever. Acho que deveria escrever mais um pouco.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blogs amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pelo convite e a todos que gostaram do artigo! Espero que tenham muito sucesso na vossa escrita! Beijos! :)

    ResponderEliminar
  11. Pessoalmente não gosto de livros com mais 300 páginas. é logo factor de exclusão. Gosto de livros com fio condutor e com história. Isto é que nos façam ter expetativas pelo capítulo seguinte.
    Não gosto de livros que enrolam.

    ResponderEliminar

Instragam

Follow Us @soratemplates